50 mil foram a Manchester dizer a Ariana que não têm medo

Nigel Roddis / EPA

Ariana Grande no palco no concerto de solidariedade pelas vítimas de Manchester

Ariana Grande no palco no concerto de solidariedade pelas vítimas de Manchester

Pharell Williams, Miley Cyrus, Take That e Robbie Williams foram alguns dos artistas que se juntaram a Ariana Grande no concerto solidário que decorre em Manchester, no Reino Unido, em favor das vítimas do atentado ocorrido naquela cidade.

Sob fortes medidas de segurança, o espetáculo “One Love Manchester” decorreu no campo de Old Trafford, com capacidade para 50 mil pessoas, e a receita de bilheteira, que esgotou em 20 minutos, reverte para um fundo de emergência criado pela autarquia de Manchester e pela Cruz Vermelha britânica.

Promovido por Ariana Grande, o concerto acontece depois de um atentado ocorrido a 22 de maio junto ao Manchester Arena, no final de um concerto da artista norte-americana, e que causou 22 mortos e 116 feridos. O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque.

No espetáculo atuaram nomes como Robbie Williams, Katy Perry, Marcus Mumford, que protagonizou um minuto de silêncio pelas vítimas do atentado, Take That, Pharrell Williams, Niall Horan, Usher, Justin Bieber e Miley Cyrus.

Foram exibidas mensagens de solidariedade de celebridades como Stevie Wonder, Bono e do futebolista David Beckham, estrela da selecção inglesa e do Manchester United.

Ariana Grande, de 23 anos, surgiu em muito emocionada e e com os olhos em lágrimas, enquanto cantava ‘Be Alright’ e ‘Break Free’. “Manchester, nós vamos ficar bem“, disse a cantora aos milhares de fans presentes em Old Trafford.

Grande regressou ao palco para cantar ‘Where is the love’ com os Black Eyed Peas, mas o momento mais emocionante do espetáculo terá sido a interpretação de ‘Somewhere over the rainbow’, durante a qual a cantora não conseguiu conter as lágrimas – no que foi acompanhada de uma parte significativa dos milhares de presentes.

O espetáculo, que em Portugal foi visto através da RTP1, foi transmitido em direto na televisão e rádio pela BBC. A MTV assegurou a transmissão internacional do concerto, que foi também transmitido ao vivo em streaming no Twitter, iTunes, e no próprio canal de Ariana Grande no YouTube, onde agora está disponível na íntegra.

Na sexta-feira, Ariana Grande tinha estado em Manchester para fazer uma visita a algumas das pessoas que ficaram feridas no atentado. A cantora partilhou na sua conta no Instagram uma fotografia onde aparece ao lado de Jaden, uma das meninas feridas no atentado, na cama de hospital, uma imagem que acompanhou com o ícone de um coração.

arianagrande / Instagram

Ariana Grande com Jaden, uma das meninas feridas no atentado de Manchester

Ariana Grande com Jaden, uma das meninas feridas no atentado de Manchester

No dia 11 a cantora norte-americana atua pela primeira vez em Portugal, com um concerto marcado no Meo Arena, em Lisboa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Estudo mostra como diferentes espécies de polvos coexistem no mesmo ambiente

Existem mais de 300 espécies de polvos a viver em diversos habitats que abrangem recifes de coral, leitos de ervas marinhas, planícies de areia e regiões de gelo polar. Mas de que forma cefalópodes tão …

As máquinas estão "muito longe" de serem mais inteligentes (mas muito perto de agir como pessoas)

A especialista em inteligência artificial Daniela Braga considera que as máquinas estão "muito longe" de substituírem totalmente os humanos ou serem mais inteligentes, mas estão "muito perto" de interagirem como as pessoas. "Acho que estamos muito …

Secreto e lucrativo, o mercado de venda de "fezes de cachalote" pode também ser violento

O âmbar cinza é altamente raro, mas também altamente valioso. Usada na indústria dos perfumes, o mercado deste material pode ser muito perigoso. Deixa na pele uma resina oleosa e tem um cheiro a tabaco, madeira, …

Empresa norueguesa garante que pode "parar" furacões antes que estes se tornam destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de "cortina de bolhas" proposto pela empresa pode provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, uma startup norueguesa, assegura que a sua nova tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem …

Afeganistão: Familiares consideram "insuficientes" pedido de desculpas dos EUA

Familiares dos civis afegãos mortos por "engano" durante um ataque de um avião não tripulado 'drone' norte-americano no final de agosto em Cabul consideraram este sábado "insuficiente" o pedido de desculpas de Washington, numa entrevista …

Descoberta de pegadas fossilizadas em Espanha revela a existência de um "berçário" de elefantes

Pegadas fossilizadas foram encontradas numa praia no sul da Espanha e mostram o que pode ter sido o berçário de uma espécie extinta de elefantes. O local costeiro, situado na região de Huelva, estava normalmente coberto …

Morreu aos 98 anos o historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França

O historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França morreu este sábado, aos 98 anos, na casa de saúde de Jarzé, perto da cidade francesa de Angers, disse à Lusa a pintora Emília Nadal, sua …

Ventura: "Não vejo outra possibilidade senão a ministra da Saúde ou pedir desculpa ou ser afastada"

O Chega vai questionar formalmente o Governo pelo “facto de a ministra da Saúde ter utilizado um carro do Estado” para ir a uma ação de campanha no Porto na sexta-feira, anunciou este sábado André …

Ouvir 30 segundos de uma sonata de Mozart pode reduzir ataques de epilepsia

Ouvir a Sonata para Dois Pianos em Ré Maior (K448), de Wolfgang Amadeus Mozart, durante pelo menos 30 segundos, ajuda a reduzir a atividade elétrica cerebral associada à epilepsia resistente a medicação. Os resultados também sugerem …

Astrónomos resolvem mistério cósmico com 900 anos

Um mistério cósmico com 900 anos, em torno das origens de uma famosa supernova observada pela primeira vez na China no ano 1181, foi finalmente resolvido. Uma nova investigação, publicada dia 15 de setembro no The …