Visão forçada a publicar na íntegra texto de Câncio que “enterra” Sócrates

(cv) TVI24

A jornalista Fernanda Câncio na TVI24

A jornalista Fernanda Câncio na TVI24

A revista Visão viu-se obrigada a publicar na íntegra o texto de Fernanda Câncio, depois das críticas da jornalista pela forma como foi tratado o artigo onde fala do que sabia sobre o dinheiro e a vida de José Sócrates.

A publicação divulgou, esta segunda-feira, o texto de Fernando Câncio em versão integral, sem acrescentar qualquer tipo de esclarecimento, tratando-se evidentemente de uma reacção às críticas que a jornalista fez a partir do blogue jugular.

Fernanda Câncio resolveu contar o que sabe sobre José Sócrates, num artigo de nove páginas na revista Visão, pretendendo com isso responder ao Correio da Manhã, que vem implicando a jornalista na Operação Marquês, nomeadamente citando várias escutas telefónicas do tempo em que namorava com o ex-primeiro-ministro e tentando intervir no processo de forma a que esta fosse constituída arguida.

DR Visão

Capa da revista Visão de 12/05/2016

Capa da revista Visão de 12/05/2016

No entanto, o tratamento que a Visão deu ao seu texto mereceu-lhe fortes críticas, nomeadamente falando em “abuso” e “falta de respeito” pelo título escolhido para a capa – “Sócrates, o caso Marquês e eu” -, que garante ter vetado.

A jornalista diz que foi ela que contactou a Visão, com o intuito de publicar a sua versão dos factos, perante o envolvimento do seu nome no processo por parte do Correio da Manhã, e nota que impôs “condições: ou era publicado como estava ou não era de todo”.

Assim, lamenta a forma como a Visão explorou o assunto, salientando que a revista “não faz uma única referência ao Correio da Manhã nas peças que fez sobre o texto”.

“A Visão não se limita a querer vender revistas, todas as que conseguir, à conta de um texto que lhe ofereci; quer vender-me a mim e à minha dignidade“, atira.

Fernanda Câncio vinca que o seu artigo visa defender-se das “calúnias lançadas pelo Correio da Manhã e restantes publicações da Cofina, expondo os métodos desses média e a perversidade do sistema judicial”.

“Não se trata de um texto sobre Sócrates, e muito menos de um texto sobre Sócrates e eu”, constata, garantindo que não é com aquilo que escreve que “vão perceber ‘como José Sócrates se relacionava com o mundo e com o dinheiro'”.

A percepção dos leitores pode não ser bem essa. Por exemplo, num artigo de opinião no semanário Sol, Vítor Rainho afirma que o que mais ressalta do texto da jornalista é que dezenas de artigos dos jornais não tinham conseguido “enterrar” tanto Sócrates” como este texto de Fernanda Câncio.

A jornalista escreve que “se fizesse ideia da relação pecuniária entre Carlos Santos Silva e José Sócrates teria feito perguntas por considerar a situação, no mínimo, eticamente reprovável”.

SV, ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Coitadinha da inocente!… E eu sou o Pai Natal!… REalmente este tipo de gente pensa que todos os portugueses são otarios, mas olha que não somos…

RESPONDER

MP deteta omissões nos diplomas sobre o controlo das bases de dados do SEF

O Conselho Superior do Ministério Público detetou falhas e omissões nos diplomas sobre o controlo das bases de dados do SEF e a transferência das competências administrativas. O Diário de Notícias escreve, esta quarta-feira, que o …

Talibãs confiscam fortunas de antigos funcionários do Governo afegão

O novo Governo talibã confiscou milhões de dólares em dinheiro e ouro de antigos funcionário do Governo do Afeganistão. O Banco Central do Afeganistão, agora controlado pelos talibãs, diz ter confiscado mais de 10 milhões de …

Seis recordes (indesejados) no Sporting-Ajax

Aos 68 segundos já havia um registo inédito em Alvalade. FC Porto continua bem fora de casa, Atlético de Madrid continua mal em casa. Pelo segundo ano consecutivo, o início do Sporting numa competição europeia foi …

Jovem de 16 anos do Real Massamá blindado com uma cláusula de €15 milhões

Amadu Baldé estreou-se este ano pela equipa sénior do Real Massamá. O jovem de 16 deixou tão boas impressões que o clube renovou-lhe o contrato e blindou-o com uma cláusula de rescisão de 15 milhões …

Portugal tem 80% da população com a vacinação completa. Faltam administrar 400 mil doses — mas a quem?

De acordo com as previsões das autoridades de saúde, Portugal deveria atingir a meta de 85% da população com o esquema vacinaal completo em outubro, pelo que ficam a faltar 400 mil doses. Portugal atingiu esta …

Entidade para a Transparência está há dois anos para sair do papel (e pode só chegar em 2024)

A nova Entidade para a Transparência está há dois para sair do papel e até pode só começar a funcionar em 2024. A lei que a criou é de 13 de setembro de 2019, mas até …

Sheriff, o clube que representa um país que oficialmente não existe, faz história na Champions

Na sua estreia absoluta na Liga dos Campeões, o Sheriff Tiraspol venceu o Shakhtar por 2-0. O clube representa um país que, oficialmente, não exista: a Transnístria. Sheriff Tiraspol foi fundado em 1997 por antigos membros …

Costa foi dar um empurrão ao "amigo" Manuel Machado (e tirou da cartola uma maternidade para Coimbra)

Manuel Machado corre o risco de perder a autarquia e, por isso, António Costa foi dar-lhe um empurrão esta quarta-feira, com a promessa de uma nova maternidade que irá avançar três semanas depois das eleições. …

Entre críticas às “ciclovazias”, Medina ouviu mais e falou menos (e ainda houve um debate à esquerda)

O último debate dos candidatos à Câmara de Lisboa aconteceu ontem na RTP, sendo que os temas de maior destaque voltaram a ser a habitação, mobilidade, turismo e alterações climáticas. Os doze candidatos não pouparam esforços …

Farmácias já estão a aceitar reservas de vacinas contra a gripe

Este ano, as farmácias portuguesas vão voltar a administrar gratuitamente a vacina contra a gripe a pessoas com mais de 65 anos. Para já, ainda não há data para o início da venda e imunização, mas …