Tancos. Sindicato dos procuradores sugere que ordem para não inquirir Costa e Marcelo é ilegal

Clara Azevedo / Portugal.gov.pt

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o primeiro-ministro, António Costa

O Sindicato dos procuradores sugere que a ordem do diretor do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) que travou a inquirição de António Costa e de Marcelo Rebelo de Sousa, como testemunhas no caso de Tancos, é “ilegal”.

Num longo comunicado com seis páginas, intitulado “Restabelecer a legalidade no Ministério Público” e citado pelo jornal Público, o SMMP insurge-se contra práticas “ilegais” que se instituíram nesta magistratura, por vezes de forma informal, à margem do Código Processo Penal e pede à procuradora-geral da República, Lucília Gago, e ao Conselho Superior do Ministério Público para proibirem e punirem as “práticas ilegais”.

A posição pública surge uns dias antes do órgão máximo de gestão do Ministério Público discutir na próxima terça-feira como se concilia a autonomia dos procuradores com os poderes da hierarquia. O tema foi sugerido no último plenário por um dos membros, o advogado Arala Chaves, que manifestou “preocupação sobre as notícias que têm vindo a público sobre a interferência da hierarquia na investigação criminal”.

Outros dois advogados que integram o órgão, Magalhães e Silva e Castanheira Neves, também apoiaram uma discussão sobre o tema.

“O superior hierárquico não pode dar ordens ao magistrado do Ministério Público titular de um inquérito para este acusar ou arquivar um processo contra determinada pessoa”, lê-se no comunicado. “O superior hierárquico não pode igualmente ter interferência nas diligências de produção de prova, isto é, não pode determinar ou impedir a realização de buscas ou interceções telefónicas, a constituição de arguidos ou inquirição de testemunhas, tal como também não pode determinar o teor de perguntas, sugerir que se façam outras ou se suprimam algumas que entenda não serem adequadas”.

Esta descrição, segundo o Público, encaixa no que aconteceu no caso de Tancos, onde através de um despacho que não ficou no processo, no qual o director do DCIAP, Albano Pinto terá invocado a “dignidade e o prestígio do cargo” de Marcelo e de Costa para impedir a sua audição.

Albano Pinto terá ordenado aos três procuradores titulares do inquérito que limpassem dos questionários por escrito que se preparavam para enviar para João Cordeiro, ex-chefe da Casa Militar do Presidente da República, e para Rovisco Duarte, ex-chefe de Estado-Maior do Exército, qualquer referência a Marcelo Rebelo de Sousa. Terão sido assim suprimidas 48 questões, que na sua opinião, não tinham qualquer “utilidade” e que o DCIAP não tinha competência para fazer.

Esta não é, porém, a única situação a alarmar o sindicato, que informa que já iniciou “um levantamento de todas as ordens, instruções ou orientações hierárquicas ilegais ou abusivas que persistam”. Por exemplo, o facto de em alguns departamentos de investigação e ação penal haver “instruções” para que os procuradores não deduzam acusações sem antes as submeterem à apreciação do seu superior hierárquico.

O sindicato condena outras orientações para que os procuradores não peçam absolvições em julgamentos nem alterações substanciais de factos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sim, as pessoas ficam mais bonitas quando estamos bêbados

Uma investigação acaba de provar a teoria dos "óculos de cerveja": depois de ingerirmos álcool, as outras pessoas tornam-se mais atraentes para nós. Uma equipa de investigadores da Edge Hill University, no Reino Unido, resolveu investigar …

Leverkusen vs FC Porto | Luis Díaz mantém “dragão” à tona

O FC Porto perdeu na Alemanha, na visita ao Bayer Leverkusen, por 2-1, e tem tudo em aberto na perspetiva de chegar aos oitavos-de-final da Liga Europa. Após uma primeira parte difícil, na qual praticamente não …

Ex-presidente do Tribunal da Relação Vaz das Neves arguido na Operação Lex

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa foi constituído arguido no processo Operação Lex, em que também são arguidos o desembargador Rui Rangel e a sua ex-mulher e juíza Fátima Galante. A fonte adiantou à …

Rangers vs Braga | "Braveheart" romeno estraga noite "guerreira"

  O Sporting de Braga perdeu em casa dos escoceses do Rangers por 3-2, esta quinta-feira, em jogo da primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa de futebol em que esteve a vencer …

Morreu Joaquim Pina Moura, antigo ministro da Economia e das Finanças

O ex-ministro da Economia e das Finanças morreu em casa, em Lisboa, aos 67 anos, devido a doença neurodegenerativa, disse à agência Lusa o filho, o fotojornalista João Pina. Natural de Loriga, Seia (distrito da Guarda), …

Duran Duran e A-ha levam anos 80 ao Rock in Rio

Os noruegueses A-ha, responsáveis por Take on me, tema que fez sucesso na década de 80, estrear-se-ão em palcos portugueses no Rock in Rio Lisboa, atuando no mesmo dia em que os ingleses Duran Duran. Segundo …

Maior avião comercial do mundo vai ser reciclado (mas vende lembranças)

O primeiro Airbus A380 vai ser dividido em peças para futuras substituições, mas vai voltar aos céus através de etiquetas de bagagem. O MSN003 começou a ser fabricado em 2004 e tornou-se o primeiro avião super …

Caso Roger Stone. Ex-consultor de Trump condenado a 40 meses de prisão

O ex-consultor do Presidente dos Estados Unidos foi condenado, esta quinta-feira, a mais de três anos de prisão, apesar da interferência do procurador-geral para reduzir a recomendação de sentença. Um tribunal federal condenou o ex-consultor de …

Shakhtar D. vs Benfica | "Águia" perde mas sai viva

Ainda não foi esta quinta-feira que o Benfica regressou à senda dos bons resultados. Na visita a Kharkiv, casa emprestada do Shakhtar Donetsk, os campeões nacionais perderam por 2-1. Os três golos nasceram todos na etapa …

Após 40 anos, a Casa dos Amantes de Pompeia abre ao público

Pela primeira vez após 40 anos, a Casa dos Amantes, rica em frescos e decorações e uma das jóias de Pompeia, vai abrir ao público. Encontrada durante escavações em 1933, a Casa dos Amantes, em Pompeia, …