Sócrates critica Marcelo e acusa Cavaco de planear “inventona” para o derrubar

Mário Cruz / Lusa

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

José Sócrates dispara em todas as direcções, repetindo as acusações ao juiz Carlos Alexandre, mas criticando também a Procuradora Joana Marques Vidal e o Presidente da República. O ex-primeiro-ministro ainda se queixa de que Cavaco Silva o tentou derrubar.

Em entrevista à TSF, após ter sido anunciado o adiamento por mais seis meses do processo de investigação da Operação Marquês, Sócrates critica a ida do Presidente da República às instalações do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), em Lisboa, no início deste mês de Setembro.

Uma decisão de Marcelo Rebelo de Sousa que não foi inocente, considera Sócrates à TSF.

Fez um sinal político, que não me escapou. O senhor Presidente da República decidiu, do ponto de vista simbólico, visitar o DCIAP para sinalizar que está do lado de uma instituição, contra o indivíduo“, destaca o ex-governante.

“O Senhor Presidente da República foi eleito pelos cidadãos, não pelas instituições”, queixa-se ainda Sócrates.

A “inventona” de Cavaco

Mas na mira do ex-primeiro-ministro está igualmente, o ex-Presidente Cavaco Silva, nomeadamente por causa do caso das escutas a Belém, em 2009.

Este assunto foi retomado com o lançamento do livro de Fernando Lima, ex-assessor de Cavaco Silva, que afiança na obra “Na Sombra da Presidência” que Sócrates mandou espiar Belém.

Sócrates reage salientando que “Cavaco Silva planeou uma inventona contra um governo com vista a prejudicá-lo e a deitá-lo abaixo a poucos dias das eleições”.

“Ele [Fernando Lima] foi ter com um jornalista, inventou uma história segundo a qual estava a ser vigiado, sem nenhuma base, o jornalista foi cúmplice dessa inventona das escutas e fizeram isso com um objectivo político“, destaca Sócrates na TSF, realçando que o ex-assessor assume no livro que agiu “a mando” de Cavaco.

“O Senhor Presidente da República e os jornalistas decidiram construir essa história com o objectivo de prejudicar o governo que estava em funções, de me prejudicar a mim pessoalmente e impedir-me de ganhar as eleições que acabei por ganhar em 2009″, acrescenta Sócrates.

“Insinuação covarde e torpe”

Depois de ter acusado o juiz Carlos Alexandre de “abuso de poder”, no seguimento da entrevista à SIC do responsável pela Operação Marquês, em que Sócrates é arguido, o ex-primeiro-ministro volta a acusá-lo de imparcialidade e diz que fez uma “insinuação gravíssima” e “absurda e estapafúrdia”.

Referindo-se à declaração de Carlos Alexandre que disse não ter “dinheiro em nome de amigos” e considerando que o visa directamente, Sócrates sublinha que “se alguma coisa está provada no processo, é que essa acusação é falsa“.

“Foi uma insinuação covarde e torpe que o senhor juiz fez a meu respeito”, constata ainda o ex-governante, realçando que Carlos Alexandre “faltou e falhou aos seus deveres”.

“Fê-lo sem haver acusação, sem haver julgamento, abusou do seu poder, ultrapassou todas as fronteiras“, salienta.

Investigação concentrada nos negócios da PT

Alvo das críticas de Sócrates é ainda a Procuradora Geral da República, Joana Marques Vidal, que acusa de “cinismo” depois de ter anunciado o adiamento do processo por mais seis meses.

Um adiamento justificado com o aparecimento de “novos factos” e “indícios” e que vai fazer com que a investigação da Operação Marquês passe a “concentrar atenções” em negócios da Portugal Telecom (PT) e nas suspeitas de que Sócrates teve dedo nesses processos e que terá “recebido comissões” nesse âmbito, conforme avança o Diário de Notícias.

O jornal cita um relatório de 146 páginas dos inspectores tributários Paulo Silva e Pedro Tinoco e frisa que os investigadores vão analisar casos como a OPA da Sonae, a venda da participação na brasileira Vivo à espanhola Telefónica e a posterior entrada da Oi, com olhos focados também no envolvimento do Grupo Espírito Santo (GES) e nomeadamente, no “papel” do seu chamado “saco azul”, a empresa ES Enterprises com sede no Panamá.

SV, ZAP

RESPONDER

Não, os EUA não declararam guerra à Coreia. Mas não lhes abatam os aviões

Os Estados Unidos negaram hoje ter declarado guerra à Coreia do Norte e frisaram que Pyongyang não pode disparar contra os seus aviões em águas internacionais, em resposta a uma ameaça do ministro dos Negócios …

Casal canibal detido na Rússia por ter comido 30 pessoas

Um homem e uma mulher da cidade de Krasnodar, no sul da Rússia, poderão ter sido responsáveis pelo assassinato de cerca de 30 pessoas, que terão posteriormente comido. Os suspeitos, um instrutor militar de 35 anos …

Portugal pagou menos 213ME em juros à 'troika' até agosto

Portugal pagou 1.161,2 milhões de euros em juros à 'troika' até agosto, menos 213,1 milhões em termos homólogos, devido à extensão da maturidade de parte do empréstimo e aos reembolsos antecipados ao FMI. O Estado reduziu …

"Príncipe da Pontinha" detido pela GNR na Madeira

A Guarda Nacional Republicana deteve, esta segunda-feira, o autointitulado "príncipe do ilhéu da Pontinha" por este se ter oposto a uma ordem de execução judicial de encerramento de instalações, informou o porta-voz do comando territorial. "A …

Vacina contra a gripe gratuita para diabéticos e bombeiros

Direção-geral da Saúde justifica alargamento da gratuitidade com os riscos que o frio representa para os diabéticos e com a assistência na saúde prestada pelos bombeiros. A vacina contra a gripe vai ser este ano pela …

Morreu Abd El Aty, a mulher que chegou a pesar 500 quilos

Aos 37 anos, Eman Ahmed Abd El Atya estava a ser submetida a um tratamento intensivo nos Emirados Árabes Unidos. Mas acabou por morrer na sequência de complicações cardíacas. A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, …

Turquia encerra fronteira e ameaça petróleo em represália a referendo curdo iraquiano

O Presidente da Turquia, forte opositor do referendo sobre a independência do Curdistão iraquiano, anunciou esta segunda-feira que encerrará em breve a fronteira terrestre com aquela região autónoma do Iraque, bem como ameaçou bloquear as …

Comentador do Benfica diz que foi agredido por administrador do Sporting

O comentador da Benfica TV e advogado António Pragal Colaço apresentou queixa-crime contra o administrador da SAD do Sporting, Nuno Correia da Silva, acusando-o de agressão. O caso é divulgado pelo Correio da Manhã (CM) que …

Políticos e militares negam relatório de Tancos (Expresso promete novas revelações)

O Exército continua a negar a existência de um relatório das secretas militares sobre o roubo de Tancos, tal como o Presidente da República, o primeiro-ministro e o ministro da Defesa. Mas o director do …

Sondagem: Isaltino ganha Oeiras

A candidatura de Isaltino Morais - Inovar Oeiras de Volta - lidera a sondagem com 13 pontos percentuais acima do atual presidente da autarquia Paulo Vistas, antigo vice presidente de Isaltino Morais. As eleições autárquicas estão …