Sócrates critica Marcelo e acusa Cavaco de planear “inventona” para o derrubar

Mário Cruz / Lusa

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

José Sócrates dispara em todas as direcções, repetindo as acusações ao juiz Carlos Alexandre, mas criticando também a Procuradora Joana Marques Vidal e o Presidente da República. O ex-primeiro-ministro ainda se queixa de que Cavaco Silva o tentou derrubar.

Em entrevista à TSF, após ter sido anunciado o adiamento por mais seis meses do processo de investigação da Operação Marquês, Sócrates critica a ida do Presidente da República às instalações do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), em Lisboa, no início deste mês de Setembro.

Uma decisão de Marcelo Rebelo de Sousa que não foi inocente, considera Sócrates à TSF.

Fez um sinal político, que não me escapou. O senhor Presidente da República decidiu, do ponto de vista simbólico, visitar o DCIAP para sinalizar que está do lado de uma instituição, contra o indivíduo“, destaca o ex-governante.

“O Senhor Presidente da República foi eleito pelos cidadãos, não pelas instituições”, queixa-se ainda Sócrates.

A “inventona” de Cavaco

Mas na mira do ex-primeiro-ministro está igualmente, o ex-Presidente Cavaco Silva, nomeadamente por causa do caso das escutas a Belém, em 2009.

Este assunto foi retomado com o lançamento do livro de Fernando Lima, ex-assessor de Cavaco Silva, que afiança na obra “Na Sombra da Presidência” que Sócrates mandou espiar Belém.

Sócrates reage salientando que “Cavaco Silva planeou uma inventona contra um governo com vista a prejudicá-lo e a deitá-lo abaixo a poucos dias das eleições”.

“Ele [Fernando Lima] foi ter com um jornalista, inventou uma história segundo a qual estava a ser vigiado, sem nenhuma base, o jornalista foi cúmplice dessa inventona das escutas e fizeram isso com um objectivo político“, destaca Sócrates na TSF, realçando que o ex-assessor assume no livro que agiu “a mando” de Cavaco.

“O Senhor Presidente da República e os jornalistas decidiram construir essa história com o objectivo de prejudicar o governo que estava em funções, de me prejudicar a mim pessoalmente e impedir-me de ganhar as eleições que acabei por ganhar em 2009″, acrescenta Sócrates.

“Insinuação covarde e torpe”

Depois de ter acusado o juiz Carlos Alexandre de “abuso de poder”, no seguimento da entrevista à SIC do responsável pela Operação Marquês, em que Sócrates é arguido, o ex-primeiro-ministro volta a acusá-lo de imparcialidade e diz que fez uma “insinuação gravíssima” e “absurda e estapafúrdia”.

Referindo-se à declaração de Carlos Alexandre que disse não ter “dinheiro em nome de amigos” e considerando que o visa directamente, Sócrates sublinha que “se alguma coisa está provada no processo, é que essa acusação é falsa“.

“Foi uma insinuação covarde e torpe que o senhor juiz fez a meu respeito”, constata ainda o ex-governante, realçando que Carlos Alexandre “faltou e falhou aos seus deveres”.

“Fê-lo sem haver acusação, sem haver julgamento, abusou do seu poder, ultrapassou todas as fronteiras“, salienta.

Investigação concentrada nos negócios da PT

Alvo das críticas de Sócrates é ainda a Procuradora Geral da República, Joana Marques Vidal, que acusa de “cinismo” depois de ter anunciado o adiamento do processo por mais seis meses.

Um adiamento justificado com o aparecimento de “novos factos” e “indícios” e que vai fazer com que a investigação da Operação Marquês passe a “concentrar atenções” em negócios da Portugal Telecom (PT) e nas suspeitas de que Sócrates teve dedo nesses processos e que terá “recebido comissões” nesse âmbito, conforme avança o Diário de Notícias.

O jornal cita um relatório de 146 páginas dos inspectores tributários Paulo Silva e Pedro Tinoco e frisa que os investigadores vão analisar casos como a OPA da Sonae, a venda da participação na brasileira Vivo à espanhola Telefónica e a posterior entrada da Oi, com olhos focados também no envolvimento do Grupo Espírito Santo (GES) e nomeadamente, no “papel” do seu chamado “saco azul”, a empresa ES Enterprises com sede no Panamá.

SV, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Deputado Lobo d'Ávila abre portas ao futuro no CDS. "Não digo não" ao partido

O ex-deputado Filipe Lobo d'Ávila afirmou que não afasta a possibilidade de se candidatar à liderança do CDS. O potencial candidato à sucessão de Assunção Cristas indicou que a estratégia do partido, nos últimos anos, …

Só o Governo prevê uma aceleração em 2020. OCDE também está pouco otimista (e deixa um conselho a Centeno)

A economia portuguesa vai abrandar nos próximos anos, segundo antecipa a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE). No Economic Outlook publicado esta quinta-feira, as previsões para a economia nacional aponta para um crescimento …

Trump exige que se pare "a caça às bruxas" em reação a testemunho de embaixador

"Esta caça às bruxas deve parar agora. Tão prejudicial para o nosso país!", escreveu Donald Trump no Twitter, em reação ao testemunho do seu embaixador da União Europeia. O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, manifestou …

Seis embaixadores portugueses mudam de países

Há seis embaixadores portugueses que vão mudar de cidade. O Presidente da República já assinou o decreto que rege a nomeação de novas chefias para tutelar as embaixadas de Portugal em Berlim, Madrid, Praga e …

Rúben Dias pede dois milhões por ano. Vieira não está disposto a pagar tanto

A negociação de contrato entre Rúben Dias e o SL Benfica atingiu um impasse. O jogador não se contenta com um salário inferior a dois milhões de euros líquidos por ano, mas Vieira não está …

Secretarias de Estado instaladas em "casa" dos governantes

As três secretarias de Estado que ficarão fora de Lisboa serão instaladas nas terras natal dos seus respetivos governantes. Esta medida do Governo faz parte de um esforço de descentralização. O Governo decidiu avançar nesta legislatura …

Governo quer bolsas do Ensino Superior automáticas para alunos de ação social escolar

O Governo quer que os alunos do secundário com direito à ação social escolar tenham direito, de forma automática, a bolsas do ensino superior, algo que pode acontecer já no próximo ano letivo. Segundo noticiou o …

Modelo económico do Google e Facebook "ameaça" direitos humanos, diz Amnistia Internacional

A Amnistia Internacional criticou esta quinta-feira o modelo económico "baseado na vigilância" dos gigantes da internet Google e Facebook, considerando que é uma "ameaça sistémica aos direitos humanos". Num relatório, a organização não-governamental argumentou que, ao …

Da Amora a Lima. Jorge Jesus "está a dois passos de alcançar a eternidade"

A cumprir a 31.ª época da sua carreira de técnico, iniciada há 30 anos, na temporada 1989/90, ao serviço do Amora, Jesus precisa de bater os argentinos do River Plate, os detentores do título, para …

Revolucionários colombianos estão a recrutar crianças venezuelanas para guerrilha

A Federação de Associações de Professores Universitários da Venezuela (FAPUV) denunciou na quarta-feira que grupos e subversivos da vizinha Colômbia estão a recrutar crianças em idade escolar para a guerrilha. "Temos jovens e crianças, especialmente nas …