Panama Papers revelam rota do dinheiro do caso Sócrates

Arquivo ITU

O ex-Primeiro-ministro José Sócrates

O ex-Primeiro-ministro José Sócrates

Os Panama Papers ajudam a traçar o mapa do dinheiro no domínio da investigação da Operação Marquês. É o que revela o Expresso, constatando que os documentos comprovam que as alegadas “luvas” pagas a José Sócrates passaram pelo “saco azul” do Grupo Espírito Santo (GES) no Panamá.

O Expresso refere que o “dinheiro do caso Sócrates veio do saco azul do GES”, notando que as supostas “luvas” que Sócrates recebeu através do amigo Carlos Santos Silva terão sido pagas pela Espírito Santo Enterprises, uma offshore com sede no Panamá.

Esta offshore é vista como o “saco azul” do GES porque permitiria fazer pagamentos sem que os destinatários dos mesmos fossem identificados. E terá sido a partir dela que terão passado as alegadas contrapartidas recebidas por Sócrates em troca de favores, como no caso do empreendimento de Vale do Lobo, no Algarve.

O luso-angolano Hélder Bataglia, ex-presidente da Escom, terá servido de intermediário no processo, passando cerca de 12,5 milhões de euros recebidos do “saco azul” do GES para Carlos Santos Silva, e é citado pelo Expresso a notar que as “transferências foram feitas a partir da Espírito Santo Entreprises”.

Os advogados de José Sócrates refutam esta tese, considerando, conforme cita o Diário de Notícias, que o ex-primeiro-ministro “não tem, nem nunca teve, directamente ou indirectamente, designadamente através de offshores, qualquer relação negocial com o senhor Hélder Bataglia”.

“A criação e a divulgação destas novas “suspeitas” são, pois, totalmente infundadas, abusivas e caluniosas“, referem os advogados de Sócrates.

Salgado e Rendeiro terão comprado imóveis através de offshore

No âmbito dos Panama Papers, cujos dados têm sido divulgados a conta-gotas pelo Expresso e pela TVI, numa mega-investigação internacional, são ainda divulgados novos dados sobre os ex-banqueiros Ricardo Salgado e João Rendeiro.

A TVI adianta que Ricardo Salgado, ex-presidente do BES, teria contas offshore nas Ilhas Caimão e no Panamá no valor de 37 milhões de euros, dos quais repatriou apenas uma parte, a partir de 2005, beneficiando de amnistias fiscais.

A estação revela ainda que João Rendeiro, ex-presidente do Banco Privado Português (BPP), adquiriu a sua moradia na Quinta Patiño, em Cascais, através de uma offshore criada pela Mossack Fonseca, a empresa de advogados no centro dos Panama Papers.

Essa offshore é a Penn Plaza Management Inc., criada em 1997 através da Gestar SA, uma empresa do GES com sede na Suíça, e que terá sido usada tanto por Rendeiro como por Salgado para adquirir imóveis em Portugal, nomeadamente lotes na luxuosa e cara Quinta Patiño, onde fica a residência do segundo.

A associação de Rendeiro à Penn Plaza faz parte de um processo em que o Ministério Público acusa o ex-banqueiro de branqueamento de capitais e de fraude fiscal por ter alegadamente desviado quase 30 milhões de euros do BPP em benefício próprio.

ZAP

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Tem toda a razão Enzo, há mta gente a defender esse crápula. Se a justiça não tivesse nada contra ele, não continuariam com a investigação. Até pq Socas diz que foi um prisioneiro político e mta gente o defende. Qual seria a intenção de juizes honestos estarem a investigar a vida de um fulano que desmente tudo o que aparece na imprensa, mas tinha dinheiro para pagar férias aos amigos, ajudar em mtos milhares de euros a ex, ajudar o companheiro da ex, ajudar várias amigas, ajudar filhos de amigos, pagar férias caras nos locais mais caros, gozar a vida à grande e à francesa. Para quem já ouviu algumas escutas não resta a menor dúvida das acusações que lhe fazem… o homem está em todos os escândalos que são publicados na imprensa. Onde há porcaria, lé está ele metido!!! Chiça penico!!! Mas que grande vigarista que tapou e continua a tapar os olhos a tanta gente!!! São mto néscios quem ainda acredita na inocência dele!!!!

  2. Esses crápulas do Sócrates, Salgado e Rendeiro já para a prisão e todos os seus bens arrestados, pelos danos que causaram aos portugueses. São muitos milhares de milhões de euros que temos de pagar agora. Ladrões nojentos.

  3. Cadê os outros BILDERBERG. Há muitos mais socrates nesta praça franca. a divida é 200.000.000.000€ e ele só desviou 20 ou 30. Cadê os outros BILDERBERG.

  4. Que anjinhos…
    Parece que agora o Sócrates é o único mal do mundo e os outros são todos “santos”…
    Não que o Sócrates seja alguém exemplar (ou sequer desculpável), mas há muitoS piores que se estão a rir…

  5. Sem duvida que este crápula deveria estar preso juntamente com outros de outras cores politicas. Todas elas. Agora defender este homem é sinal de extrema demência ou então de gente que ganhou e ganha com ele. Só consigo ver desta forma!

  6. Por favor,mostrem as provas indesmentível. Nem todos somos totós ou Coelhos. Entretanto o Costa lá vos vai sintonizando…

  7. Esta gente fala como se alguma coisa já tivesse sido provada…
    Prenderam-no porque tinham “provas irrefutáveis” e andam ainda nisto? Afinal foi preciso os jornalistas divulgarem os documentos offshor para descobrirem agora, as provas irrefutaveis porque o prenderam já há mais de um ano?
    Mas quem são aqui os crápulas no meio disto tudo?

  8. Todos os que roubaram este país deveriam ser presos com os bens arrastados. A começar com o Mário Soares, Cavaco, Dias Loureiro, Isaltino, Manuel pinho, o já mé, etc etc

  9. o pior é que verdade ou não nunca acontece nada a esta gente… roubam milhões e mais milhões e…. não lhes acontece nada!

RESPONDER

"Grande erro" da Europa é não usar máscaras, considera especialista chinês

George Gao, diretor dos Centros de Controlo e Proteção de Doenças da China (CDC), considera que o "grande erro" da Europa no combate à pandemia de covid-19 é o facto de as pessoas não usarem …

Obama critica de Trump. "Cada um de nós deve exigir mais dos nossos líderes"

O ex-Presidente norte-americano, Barack Obama, considerou esta terça-feira que o seu sucessor, Donald Trump, ignorou os avisos sobre os riscos de uma pandemia do novo coronavírus, e recordou o mesmo comportamento quanto às alterações climáticas, …

Covid-19. Hotel cinco estrelas na Austrália vai acolher sem-abrigo

A Austrália vai levar a cabo um projeto piloto que visa retirar das ruas alguns sem-abrigo e transferi-los para hotéis de luxo, protegendo-os assim do novo coronavírus oriundo da China (Covid-19).  O projeto, Hotels With Heart, …

Red Bull equacionou infeção voluntária dos seus pilotos

Um responsável da Red Bull admitiu que propôs aos pilotos da marca austríaca, que participa no Mundial de Fórmula 1, uma estratégia de infeção voluntária de covid-19, visando ficarem imunes no início da temporada. Helmut Marko …

TAP avança com lay-off para 90% dos trabalhadores (e reduz atividade para cinco voos semanais)

Numa mensagem enviada aos seus funcionários, a TAP revelou que vai mesmo avançar com um processo de 'lay-off' para 90% dos trabalhadores e com a redução do período normal de trabalho em 20% para os …

Estado vai devolver 3 mil milhões em reembolsos do IRS

O Estado vai devolver 3 mil milhões de euros aos contribuintes em reembolsos do IRS, cuja entrega arranca esta quarta-feira e se estende até 30 de junho. A informação foi avançada pelo ministro de Estado, …

Há quatro infetados no sistema prisional. Estão todos em isolamento domiciliário

O Ministério da Justiça revelou esta terça-feira que aumentou para quatro o número de infetados com covid-19 no sistema prisional e que estão todos em isolamento domiciliário segundo indicação da saúde pública. Em comunicado, o Ministério …

Sousa Cintra diz que Rafael Leão "não ficou no Sporting porque foi apertado"

Sousa Cintra, ex-líder da SAD do Sporting no tempo da Comissão de Gestão, lamenta a rescisão do jogador Rafael Leão, considerando que "ele não continuou porque foi apertado". O jovem jogador foi, recentemente, condenado a …

Portugal tem há cinco dias os mesmos 43 recuperados. DGS e especialistas explicam porquê

Portugal regista, desde o passado dia 27 de abril, os mesmos 43 recuperados da Covid-19, segundo os boletins epidemiológicos diários da Direção-Geral da Saúde. Questionado pela agência Lusa sobre a estagnação no número de altas hospitalares …

Morreu o coronel Andrade de Moura, um dos capitães de Abril

A Câmara Municipal de Estremoz, no distrito de Évora, prestou esta terça-feira homenagem ao coronel Andrade de Moura, um dos capitães de Abril de 1974, que morreu no passado dia 23 de março aos 86 …