Sócrates: seis meses de abuso, de arbítrio e mentiras para “impedir o PS de ganhar as eleições”

Arquivo ITU

O ex-Primeiro-ministro José Sócrates

O ex-primeiro-ministro socialista José Sócrates reivindicou a condição de preso político e atribuiu a sua prisão a uma tentativa de impedir a vitória do PS nas próximas eleições legislativas.

Numa entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, Sócrates rejeita, “indignado”, as acusações de ter recebido, direta ou indiretamente, contrapartidas para a adjudicação de contratos.

“Rejeito, indignado, essas acusações. Nunca, em nenhuma circunstância, intervim ou recebi contrapartidas com o intuito de favorecer quem quer que fosse em concursos públicos”, afirmou, negando que esta situação pudesse ter ocorrido através do seu amigo Carlos Santos Silva.

No balanço que faz do período da sua detenção, Sócrates insiste neste argumento: “Seis meses de prisão preventiva e sem acusação. Seis meses de uma violenta campanha de difamação efetuada e dirigida pela acusação. Seis meses impedido de me defender. Seis meses de ameaças e intimidação (“pessoas próximas ainda em liberdade”, julgo ser a linda expressão que usam)”.

“Seis meses de abuso, de arbítrio e mentiras. Seis meses de caça ao homem. Ainda assim, não venceram. Dirão, bem sei, que a lei lhes permite um ano de prisão preventiva sem acusação. Mas nem sempre o que a lei permite, a decência autoriza”, acrescenta.

O ex-líder socialista afirma mesmo que “a verdadeira intenção da minha detenção abusiva e da minha prisão sem fundamento não foi perseguir crime nenhum mas tão só impedir o PS de ganhar as próximas eleições legislativas“, concluindo que o que está em causa é “a fundada suspeita de se pôr a justiça ao serviço de objetivos políticos”.

/Lusa

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. A teoria da conspiração versão reformulada.
    A investigação ainda no uso pleno do dever de o acusar até Novembro é agora, ela própria, acusada de estar envolvida no processo eleitoral! Por ele próprio, o tal que um disse “as dívidas dos estados não são para pagar”

    • Lá que parece parece… Pois se dá tanto jeito ao seu pessoal!
      As dívidas do estado, pagam-se umas e contraem-se outras, é assim que fizeram anteriores governos e também o actual…

      • Repito: Somar e subtrair não é “sumir”, nem mesmo ao calibrar a capacidade de vergência de um sistema óptico vulgo dioptrias…
        Sabe, por vezes a ‘coisa’ está mesmo ali… Não a vêem quanto mais alcançá-la ?

  2. pois mas quando lhe perguntaram sobre a sua vida faustosa depois de sair da politica e sobre os empréstimos de Carlos Santos Silva o que respondeu ? Disse que não respondia, que essa era a linha de interrogatório do Ministério Publico. Assim é a democracia, responder apenas ao que dá mais jeito e nada dizer sobre os factos que o comprometem.

  3. Danadinhos para nos falirem de novo os campeões da demagogia e da estroinice.
    Nas rotundas da Tugalândia estacionou um símio amigo das pessoas!…
    Abram os olhos tugas.
    A corja tem sede de vingança e de escravos.
    Sim escravos! Antes faliram, agora condenam-nos a escravidão perpétua.

  4. Ao orgãos dos amigos DN e TSF, Sócrates ao trombone:
    “Seis meses de caça ao homem” – Independentemente da engenharia que for esta não cola pela razão simples de estar já “dentro”! Tudo serve à estratégia do menino de coro, o coitadinho que nem sabia onde estavam os quadros da sala quanto mais quem os comprou (Na casa da mulher a dias da mãe)…
    “Dirão, bem sei, que a lei lhes permite um ano de prisão preventiva sem acusação.” Corrijo: “…permite um ano…” Não é verdade. ATÉ um ano, isso sim é verdade.
    Ao que tu chegaste.

  5. Sim. Claro, o Eng. 44 fez os possiveis e os impossiveis para conseguir que o PS não ganhe as eleições. Aliás, podemos mesmo dizer que fez milhões de ações para tal.

RESPONDER

Praga de milhões de ratos está a aterrorizar a Austrália

O fim da seca de três anos e dos consequentes incêndios florestais permitiu à Austrália respirar de alívio. Em contrapartida, criaram-se as condições perfeitas para a pior praga de ratos da última década. "As pessoas estão …

Banca com nova vaga de saída de trabalhadores e admite despedimentos

Os grandes bancos vão reduzir milhares de trabalhadores este ano, um processo que vem acontecendo desde a última crise mas que em 2021 deverá atingir um novo pico, tendo mesmo BCP e Santander Totta admitido …

Cuba está a criar o seu próprio smartphone (e conta com a ajuda da Huawei)

O Governo cubano está a trabalhar na produção de um novo smartphone, que terá um sistema operativo original e conta com a ajuda da empresa chinesa Huawei. De acordo com a revista Vice, o projeto é …

Funcionários russos que recusem vacina arriscam licença sem vencimento

Os funcionários russos que recusem vacinar-se contra o novo coronavírus, em regiões onde a vacina seja obrigatória, arriscam-se a uma licença sem vencimento, anunciou o ministro do Trabalho da Rússia, Anton Kotiakov. "Se as autoridades de …

Vacina cubana com eficácia de 62% após segunda das três doses previstas

A vacina cubana contra a covid-19 atingiu uma eficácia de 62% após a injeção de duas das três doses previstas, um resultado que excede os 50% exigidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS), anunciou o …

Miguel Oliveira em segundo lugar no GP da Alemanha de MotoGP

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) terminou hoje na segunda posição o Grande Prémio da Alemanha de MotoGP, oitava prova do Mundial de velocidade de motociclismo, vencida pelo espanhol Marc Márquez (Honda). Miguel Oliveira, que partiu …

Mais três mortos e 941 novos casos de covid nas últimas 24 horas

Portugal voltou a registar nas últimas 24 horas uma ligeira redução no número de infeções confirmadas pelo coronavírus SARS-CoV-2, com 941 casos, e três mortes associadas à covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde. O boletim epidemiológico …

"Cemitério verde". Estado de Oregon irá permitir (brevemente) a compostagem de corpos humanos

O estado de Oregon tornou-se o terceiro dos Estados Unidos a legalizar um novo processo de compostagem do corpo humano. A governadora do Oregon, Kate Brown, aprovou o projeto de lei que irá permitir o sepultamento …

Responsável pelo RGPD demitido por Medina trabalhava há 33 anos na Câmara de Lisboa

O encarregado de proteção de dados da Câmara Municipal de Lisboa, que o presidente Fernando Medina exonerou devido à polémica da partilha de dados de ativistas com a embaixada da Rússia, trabalhava na autarquia há …

Portugal quase a entrar na "zona vermelha de risco". Variante Delta prevalece em Lisboa e Vale do Tejo

A região de Lisboa está sobre pressão há algumas semanas, mas o resto do país também está prestes a entrar numa situação epidemiológica menos boa. A incidência nacional encontra-se próxima dos 120 casos por 100 …