Ricardo Salgado usou perdões fiscais para legalizar 34 milhões de euros

Nisopedia / Wikimedia

Ricardo Salgado, ex-presidente do BES

Ricardo Salgado, ex-presidente do BES

Ricardo Salgado beneficiou de três perdões fiscais que lhe permitiram recuperar para contas em Portugal mais de 34 milhões de euros que estavam na Suíça.

Dados avançados pelo jornal Correio da Manhã revelam que Ricardo Salgado, ex-presidente do Banco Espírito Santo (BES), declarou mais de 34 milhões de euros no âmbito do RERT, o Regime Excepcional de Regularização Tributária, que permitiu recuperar para as contas nacionais elevadas quantias que estavam depositadas no estrangeiro.

Ricardo Salgado terá beneficiado de perdões fiscais nos anos de 2005, 2010 e 2012, argumentando sempre que estes valores, que se encontravam na Suíça, eram provenientes de trabalho feito exclusivamente no estrangeiro.

Além de Ricardo Salgado, outros elementos do universo BES terão usufruído também de perdões fiscais, adianta o Correio da Manhã.

O jornal cita os casos de António Ricciardi, pai de José Maria Ricciardi, de José Manuel Espírito Santo, Manuel Fernando Espírito Santo e de três filhos de Mário Mosqueira do Amaral.

O CM nota que, em conjunto, os membros da família de Salgado declararam às Finanças mais de 54 milhões de euros que estariam em contas na Suíça.

A legalização desta avultada quantia terá rendido ao Fisco 3,42 milhões de euros em impostos.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. 54 milhões de euros terão rendido ao Estado 3,42 milhões de euros em impostos. Parece porreiro, pá! mas eu desconto muito menos a título de IRS, mas a que corresponde uma percentagem muito superior. Obviamente, sou um ilustre desconhecido, não tenho amigos na política. Mas, será que para os partidos socialistas e sociais-democrata esta repartição de taxas observa os princípios da justiça social? Não estarei com os meus poucos milhares de impostos pagos, a contribuir com muito mais esforço?
    Do que os partidos têm dado sinais, é que nada disso está para alterar, é que a lei fiscal tem sido feita para beneficio dos poderosos, do que resulta, o Estado e as instituições (Salgado era uma instituição, pelo que distribuía pelos partidos) não terem estado a cumprir com a Constituição, com os princípios da moral, nem terem mostrado qualquer preocupação com o Interesse Público e o bem comum, quando estão envolvidos os poderosos cá do jardim. É de chancas que tomam decisões

Urgência pediátrica do Garcia de Orta encerra à noite a partir de segunda-feira

O serviço de urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta, em Almada, vai fechar à noite a partir de segunda-feira, disse a ministra da Saúde, que prolongou o horário de duas unidades de saúde para …

Hipercarro elétrico da Aspark pulveriza recorde de aceleração

O novo hipercarro elétrico Aspark Owl vai começar a sua produção já no próximo ano e conta já com o recorde de aceleração. O carro vai dos 0 aos 100 km/h em 1,69 segundos. Depois de …

Pelé desafia Ronaldo a bater o seu recorde de 1.283 golos

O ex-futebolista internacional brasileiro Pelé desafiou esta quinta-feira o avançado português Cristiano Ronaldo a superar o seu recorde de 1.283 golos. “Espero que, com a quantidade de golos que já marcou, e foram muitos, tenha saúde …

A automatização pode acabar com 800 milhões de empregos em cerca de 15 anos

Uma análise do Bank of America Merrill Lynch revelou que cerca de 800 milhões de empregos podem desaparecer em todo o mundo até 2035. Esse resultado deve-se à diminuição do custo de automatização. Segundo noticiou o …

Portugueses que ganham até 660 euros mensais podem ficar isentos de IRS em 2020

Os portugueses que auferem até 660 euros mensais, num total de 14 meses, alcançando um máximo anual de 9.224,2 euros podem ficar isentos de IRS em 2020, avança o Jornal de Negócios. De acordo com o …

Milhares de aves encontradas mortas junto a lago na Índia. Desconhecem-se ainda as razões

No passado domingo, 2.400 pássaros - incluindo 20 espécies migratórias - foram encontrados mortos perto do Sambhar Salt Lake, na Índia. Os locais alertaram as autoridades florestais, que esperam os resultados das análises para determinar …

João Félix deve regressar aos relvados na próxima semana

O internacional português João Félix deve regressar aos relvados na próxima semana e pode mesmo vir a ser opção do Atlético de Madrid para o jogo frente ao Granada, marcado para o próximo dia 23 …

Vítimas do franquismo pedem investigação à origem das jóias que a família Franco vai leiloar

A Associação para a Recuperação da Memória Histórica (ARMH), que inclui familiares das vítimas do franquismo, pediu ao Governo espanhol que investigue a origem das jóias que a família Franco vai leiloar. De acordo com …

"Sem dúvida". Montenegro diz que era capaz de derrotar Costa

O antigo líder parlamentar do PSD Luís Montenegro, que é agora candidato à liderança do partido, afirmou, em entrevista ao jornal Público e à Rádio Renascença, que era capaz de derrotar António Costa.  "Acho que era …

Rússia quer legalizar comércio de 'diamantes de sangue' africanos

Os diamantes exportados da República Centro-Africana estão associados à corrupção, à violência, à guerra civil, a violações e assassinatos. Agora, Moscovo anunciou que quer o fim do embargo internacional, buscando legalizar na totalidade a sua …