PS separado da coligação por apenas um ponto

José Sena Goulão / Lusa

O secretário-geral do PS, António Costa, com Carlos César (esq) e Eduardo Ferro Rodrigues (dir)

Apenas um ponto percentual separa o PS da coligação PSD/CDS, o que se traduz num empate técnico. Costa continua a ser o candidato mais popular, apesar de Passos registar finalmente saldo positivo no que toca à popularidade.

Trata-se da menor diferença registada, desde que António Costa chegou à liderança do PS, nas pesquisas da Eurosondagem, feitas para o Expresso e para a SIC.

Os resultados da sondagem de setembro, a um mês das eleições, colocam os socialistas à frente com 36% das intenções de voto, seguidos pela coligação Portugal à Frente, com 35%. Enquanto o PS recuou 0,3 pontos percentuais face ao último barómetro, a coligação subiu 0,2 p.p. durante o último mês.

Depois do debate desta semana entre Catarina Martins e Jerónimo de Sousa, o Bloco de Esquerda mantém os resultados e a CDU sobe 0,4 p.p. nas intenções, estando agora com 10,4%. A fatia de eleitores indecisos ainda representa 21,1% dos inquiridos.

Em maio a diferença entre das duas forças era de 4,5 pontos percentuais, em junho passou para 3,6 p.p., em julho 2,1 p.p., em agosto 1,5.

Também noutras sondagens, feitas por outras empresas, os dados apontam para perdas para os socialistas e ganhos para os partidos do Governo. Apenas uma pesquisa até agora – a última da Católica para a RTP antes do verão – deu uma ligeira vantagem à coligação, mas de apenas 1%.

No que toca à popularidade, António Costa ainda é o líder com o melhor balanço entre as opiniões positivas e negativas, mas Passos entrou este mês em terreno positivo, o que já não acontecia desde outubro de 2012. A diferença entre os dois, ainda assim, permanece elevada – de 22,4 pontos contra 1. Entre ambos ficam Portas, Jerónimo de Sousa e Catarina Martins, por esta ordem.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Por António Costa do Partido Socialista, diariamente, são já mais as promessas que as promessas que o próprio programa continha! A dispersão e o ror de promessas descredibiliza!
    Por outro lado, a ausência de promessas da coligação antes enfatizando os sacrifícios dos portugueses, enaltece o percurso em crescendo pós troika assente na credibilidade reconquistada por Portugal!

  2. Acabei de ver na CMTV o sr. Paulo Portas a sair de um hotel do norte e a entrar num carro com o passo acelarado isto porque á porta desse mesmo estariam algumas dezenas de pessoas a manifestarem-se por causa do dinheiro que lhes foi roubado pelo antigo BES, ou pelo Novo Banco ou terá sido pelo Governo, nao sei…. Sr. Paulo Portas em tempos votei em si, hoje voltaria a votar mas era para o mandar para outra galáxia…mas que cara de pau!!!! As pessoas ficaram sem o seu dinheiro e vç sai do hotel a sorrir e acenar ás pessoas que ali estavam e que somente lhe queriam fazer algumas perguntas, mas que covardia, bom o que lhe vale é que não está sozinho ha muitos covardes ao seu lado…Bem o Sr Socrates recebeu luvas (é o que se diz), vç ( governo) fecham um Banco e o dinheiro desaparece… Portugueses, bora lá votar…… QUE NOJO

RESPONDER

Ainda há esperança. Corais do Atlântico reproduziram-se pela primeira vez em laboratório

Este é um avanço histórico que poderia ajudar a salvar corais em todo o mundo, incluindo o ameaçado recife da Flórida, nos Estados Unidos. O Aquário da Flórida, nos Estados Unidos, conseguiu que o coral Dendrogyra …

Cientistas descobrem a melhor maneira de ensinar uma nova língua a crianças

As pessoas muitas vezes assumem que as crianças aprendem novas línguas facilmente e sem esforço, independentemente da situação em que se encontram. Mas será verdade que as crianças absorvem linguagem como esponjas? Estudos mostraram que as …

Cientistas descobrem que as mantas gostam de socializar e de fazer amigos

Embora já tenham sido consideradas criaturas solitárias, um novo estudo descobriu que as mantas formam relações sociais e escolhem parceiros sociais. De acordo com o IFLScience, uma equipa de cientistas estudou mais de 500 grupos sociais …

Planta que não se reproduzia há 60 milhões de anos no Reino Unido revivida pelas alterações climáticas

Há 60 milhões de anos que as cicas não se reproduziam no Reino Unido. Agora, com a subida das temperaturas devido às alterações climáticas, fizeram-no pela primeira vez. As cicas são plantas lenhosas muito parecidas com …

Líderes políticos e religiosos ultraconservadores reunidos secretamente em Fátima

A reunião foi promovida pela International Catholic Legislators Network (ICLN). O encontro começou na quinta e termina este domingo. Entre muitos, conta com a participação do primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán. Vários líderes políticos e religiosos ultraconservadores …

Rio alerta para "divórcio violento" e medo de Costa em perder votos para o BE

O líder do PSD, Rui Rio, disse este sábado que as críticas de António Costa ao Bloco de Esquerda refletem "ingratidão" e o "medo" que o Partido Socialista tem em "perder" votos para os bloquistas …

Trump diz que Boris é "o homem certo" e promete "grande acordo comercial"

Os dois líderes estiveram reunidos à margem da cimeira do G7. Trump elogiou Boris e garantiu que o acordo comercial com o Reino Unido será rápido depois do Brexit. Johnson diz que será "fantástico". O Presidente …

Uma impressora 3D construiu uma casa em apenas 12 horas

A impressora 3D S-Squared (SQ3D) construiu um protótipo básico de uma casa em cerca de 12 horas. A estrutura tem 46 metros quadrados e foi construída através de uma mistura de cimento em camadas. O trabalho …

Uma estrela supermassiva explodiu e aniquilou tudo à sua volta

Uma estrela renegada, que explodiu numa galáxia distante, forçou os astrónomos a colocar de lado décadas de investigação e a concentraram-se num novo tipo de supernova que pode aniquilar completamente a sua estrela-mãe - não …

G7: Macron e Trump com "elementos de convergência" sobre Amazónia, Irão e comércio

O Presidente francês, Emmanuel Macron, conversou este sábado com o Presidente norte-americano, Donald Trump, durante o almoço, que durou duas horas, sobre "elementos de convergência" relativos ao comércio, ao Irão e aos fogos na Amazónia, …