“Presos políticos”. Detidos dois líderes de grupos independentistas na Catalunha

Alberto Estevez / EPA

Os líderes das duas principais associações independentistas da Catalunha, acusados de sedição (sublevação pública para impedir o cumprimento da lei), foram esta terça-feira colocados em prisão domiciliária por uma juíza da Audiência Nacional espanhola, indicaram fontes judiciais.

O presidente da Assembleia Nacional Catalã (ANC), Jordi Sánchez, e o presidente da Òmnium Cultural, Jordi Cuixart, que foram pela segunda vez presentes a tribunal, numa instância encarregada dos assuntos de segurança nacional, são acusados de sedição, por “promoverem” o ataque à Guardia Civil a 20 de setembro, durante uma operação para impedir o referendo de 1 de outubro, sobre a independência da Catalunha.

A juíza Carmen Lamela tomou esta decisão em ata, a pedido do Ministério Público, depois de ter rejeitado outro pedido, o de enviar para a prisão pelos mesmos factos o dirigente da polícia regional catalã, os Mossos d’Esquadra, Josep Lluis Trapero, a quem impôs medidas de coação mais leves.

O chefe da polícia da Catalunha fica obrigado a apresentar-se quinzenalmente e proibido de se deslocar ao estrangeiro. Apesar de não ter atendido o pedido do MP, a juíza advertiu o major Trapero que se não cumprir as medidas cautelares agora anunciadas arrisca-se a que estas possam ser agravadas.

Antes do líder da polícia regional, a juíza já tinha deixado sair em liberdade a intendente da polícia regional da Catalunha, Teresa Laplana, com as mesmas condições: apresentações quinzenais obrigatórias, entrega do passaporte e proibição de sair de Espanha. No caso da intendente, o Ministério Público tinha pedido prisão com fiança de 400 mil euros.

Sánchez e Cuixart, aos quais a juíza atribui o papel de “promotores e dirigentes” das concentrações em frente a instalações do ministério da Economia do governo regional catalão, em Barcelona, impedindo durante horas a saída de agentes da polícia nacional que efetuavam buscas, são os únicos dos quatro investigados por sedição neste caso que foram colocados em prisão domiciliária.

O porta-voz do governo regional da Catalunha qualificou esta decisão, na segunda-feira à noite, como uma “provocação do Estado espanhol”. “O Estado está a provocar (…), mas as pessoas não caem na provocação”, afirmou Jordi Turull, acrescentando compreender a “indignação” quando os dois dirigentes apenas apelaram para a realização de manifestações pacíficas.

“Espanha aprisiona os dirigentes saídos da sociedade civil por terem organizado manifestações pacíficas. Temos de novo, tristemente, presos políticos“, declarou também, na sua conta no Twitter, o presidente do Governo catalão, Carles Puigdemont.

Várias manifestações são esperadas hoje na Catalunha para protestar contra a prisão domiciliária dos dois importantes responsáveis independentistas. “Apelamos à sociedade catalã a manifestar-se, evidentemente, de forma pacífica”, disse aos jornalistas o secretário-geral da associação independentista Omnium Cultural, Jordi Bosch.

Madrid avançou com um novo prazo a Puigdemont, que termina esta quinta-feira de manhã, para que renuncie a declarar a independência da região.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu a atriz e encenadora Fernanda Lapa

A atriz e encenadora faleceu, esta quinta-feira, aos 77 anos, em Cascais, onde estava hospitalizada, anunciou a Escola de Mulheres, companhia que dirigiu desde a sua fundação. "É com profundo pesar e imensa tristeza que a …

PJ acredita ter detido homem que ateou fogo que matou animais em canil de Santo Tirso

A Polícia Judiciária (PJ) está "convencida" de que o autor do fogo que teve origem em Valongo e se estendeu a Santo Tirso, onde dezenas de animais morreram, é um eletricista que foi esta quarta-feira …

O nosso cabelo sabe o que comemos, onde moramos e quanto custou o corte

Milímetro a milímetro, o cabelo constrói um registo da nossa dieta. Como os fios de cabelo são construídos a partir de aminoácidos, preservam os traços químicos da proteína da comida que ingerimos. Os fios de cabelo …

Não foram meteoros. Uma forte atividade vulcânica arrefeceu a Terra há 13 mil anos

Porque é que a Terra arrefeceu repentinamente há 13 mil anos? Sedimentos antigos encontrados numa caverna no Texas, nos Estados Unidos, parecem ter resolvido este grande mistério. Alguns cientistas acreditam que o fenómeno que arrefeceu repentinamente …

Novo método prevê erupções solares com algumas horas de antecedência

Um novo método capaz de prever explosões solares poderia ajudar a Humanidade a preparar-se contra possíveis desastres causados por este fenómeno explosivo da nossa estrela. As erupções solares são explosões que ocorrem na superfície do Sol …

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …