Há um português na equipa de investigação à morte de Jamal Khashoggi

Ali Haider / EPA

O ex-presidente do Instituto Nacional de Medicina Legal, Duarte Nuno Vieira, integra a equipa de três peritos internacionais que irá investigar a morte do jornalista saudita Jamal Khashoggi, ocorrida na Turquia.

Questionado sobre o que poderá fazer a equipa de investigação internacional que atuará sob a égide da ONU, Duarte Nuno Vieira não quis antecipar cenários.

Só o poderei dizer quando regressar. Vamos ver o que é que temos, o que é que existe, em termos de indícios, de vestígios, vai ser um inquérito, uma avaliação da situação”, afirmou o também diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra e especialista em Medicina Legal.

“Quando regressar e avaliar e quando estiver também autorizado a falar, é que poderei dizer alguma coisa”, enfatizou.

Segundo Duarte Nuno Vieira, a comissão de inquérito começará a trabalhar segunda-feira e integra, além do próprio perito forense, a francesa Agnes Callamard, Relatora Especial das Nações Unidas para as Execuções Arbitrárias, Sumárias e Extrajudiciais, e a advogada britânica baronesa Helena Kennedy.

Enquanto especialista forense, Duarte Nuno Vieira integrou já diversas missões internacionais em cerca de 30 países da Europa à América Latina, Ásia e África, no âmbito dos direitos humanos, sob a égide de instituições como a ONU, Cruz Vermelha Internacional, Comissão Europeia ou Amnistia Internacional, entre outras.

Na terça-feira, o Governo turco anunciou a preparação de uma investigação internacional ao assassínio do jornalista saudita. Em declarações à agência estatal Anadolu, o ministro dos Negócios Estrangeiros turco, Mevlut , indicou que a Turquia tinha preparado as bases para uma investigação e que em breve adotará as “medidas necessárias”, mas não forneceu mais pormenores.

A 2 de outubro, o jornalista Jamal Khashoggi, que morava nos EUA, entrou no consulado da Arábia Saudita em Istambul, na Turquia, com o objetivo de tratar de alguns documentos para poder casar-se com uma cidadã turca.

O jornalista não voltou a sair do consulado, onde foi morto por agentes sauditas, que saíram da Turquia e retornaram à Arábia Saudita logo após o assassínio do jornalista.

A justiça da Arábia Saudita indiciou 11 pessoas pela morte de Khashoggi e anunciou, na semana passada, que pedirá a pena de morte para cinco delas. A Turquia pediu à Arábia Saudita a extradição dos suspeitos e já admitira que poderia pedir uma investigação internacional sobre o caso.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Europeias: PS com candidatos "escondidos", CDU só observa e Rangel já faz rimas ao primeiro-ministro

A dias do escrutínio para o Parlamento Europeu, PS acusou o BE de ser ambíguo, CDS critica respostas de Costa sobre Tancos e PSD quer ver "candidatos escondidos" do PS. Até já há rimas para …

Na corrida às Europeias, o PS está à frente do PSD (e o Bloco já vale o dobro do CDS)

O PS e a Esquerda crescem, o PSD e a Direita perdem. Segundo uma sondagem da Pitagórica para o Jornal de Notícias e TSF, os socialistas somam 32,4% da intenção de voto, enquanto o PSD …

CGD ainda é dos bancos que têm mais crédito para investir em ações

Os bancos cortaram nos empréstimos para a compra de ações desde a crise. Mas têm ainda um valor elevado de financiamentos deste tipo. Este crédito é visto com cautela pelos supervisores e levaram a que bancos …

Partido de Modi a caminho de resultado histórico na Índia

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, e o seu partido nacionalista hindu lideram a contagem de votos nas legislativas do país. Às 10h05 (05h35 em Lisboa), o Partido Bharatiya Janata (BJP, ou Partido do Povo Indiano, no …

Hells Angels saem em liberdade (mas com várias proibições)

Os 17 elementos do grupo Hells Angels detidos pela Polícia Judiciária na terça-feira saíram todos em liberdade, após primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Lisboa, disseram à agência Lusa advogados no …

Arqueólogos resolveram o mistério dos "porcos" de Barbados

Em Barbados, país insular soberano nas Pequenas Antilhas, existe um mistério histórico desde que os primeiros colonos ingleses chegaram em 1627. À chegada, os exploradores encontraram o que pensavam ser uma vara de porcos europeus selvagens. …

230 professores que pediram pré-reforma ainda não tiveram luz verde

Foram 230 os pedidos de professores interessados em pedir a pré-reforma que chegaram à Direção-Geral da Administração Escolar (DGAE). Mas até agora nenhum deles teve luz verde para avançar. A pré-reforma com suspensão da prestação de …

Theresa May pode demitir-se esta sexta-feira

A pressão sobre Theresa May tornou-se insuportável, segundo o jornal britânico The Times, que cita fontes dos conservadores próximas de May, após mais uma demissão no executivo de Londres. De acordo com o jornal, a primeira-ministra …

Os percevejos andaram ao lado do T-rex (e sobreviveram ao asteróide que matou os dinossauros)

Percevejos têm sido companheiros parasitas de outras espécies além dos humanos durante mais de cem milhões de anos, tendo caminhado na terra ao mesmo tempo que os dinossauros. Uma equipa internacional de cientistas comparou o ADN …

Soflusa em greve pela contratação de mais profissionais

Esta quinta e sexta-feira, os mestres da Soflusa fazem greve parcial de três horas por turno e greve às horas extraordinárias pela contratação de novos profissionais. Os mestres da Soflusa, empresa responsável pelas ligações fluviais entre …