Partido Comunista e Bloco vão votar a favor do orçamento na generalidade

drcursor / Flickr

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa

O secretário-geral comunista, Jerónimo de Sousa, anunciou este domingo que o PCP vai votar favoravelmente o Orçamento do Estado para 2016, na generalidade, mas avisa que vai marcar a sua posição contra “vários aspectos”, e “intervir com determinação” na especialidade.

Jerónimo de Sousa anunciou o acordo do PCP à proposta do Governo, mas avisa que “o partido vai lutar na especialidade por medidas que considera essenciais”.

O voto favorável comunista, revela o jornal Público, foi decidido na reunião deste domingo do Comité Central do PCP, que durou oito horas.

“O PCP votará a favor na generalidade do Orçamento do Estado”, anunciou Jerónimo de Sousa, em conferência de imprensa, após a reunião do Comité Central.

Este voto é inseparável da avaliação quanto ao seu enquadramento, desenvolvimento e repercussões políticas e de elementos positivos, que registamos na proposta de orçamento, e que podem dar resposta a problemas imediatos dos trabalhadores e do povo português”, acrescentou.

O secretário-geral comunista alertou, no entanto, que “o PCP vai intervir com determinação no debate na especialidade, para que o orçamento possa corresponder, o melhor possível, às necessidades, expectativas e aspirações dos trabalhadores e do povo”.

As restrições impostas aos trabalhadores e serviços da Administração Pública com impacto nos seus rendimentos, progressões, vínculos e direitos, e o não cumprimento da Lei de Finanças Locais são alguns dos aspectos que vão contar com a oposição do PCP.

Por outro lado, o aumento real do valor das pensões de reforma, o alargamento das condições de atribuição do subsídio social de desemprego, o não aumento das propinas e a redução da taxa de IMI são algumas das medidas pelas quais o PCP se vai agora bater, na discussão do orçamento.

“O que de positivo está no Orçamento do Estado não apaga as muitas limitações e insuficiências que resultam das opções do governo PS. É necessário e possível ir mais longe”, realçou Jerónimo de Sousa.

Esquerda.Net / Flickr

-

A porta-voz do Bloco de Esquerda, Catarina Martins

Bloco também vai viabilizar Orçamento do Estado

Catarina Martins, porta-voz do Bloco de Esquerda, anunciou este domingo, em Torres Novas, que o partido vai votar favoravelmente o Orçamento do Estado para 2016 na generalidade, pois “não falha aos compromissos” que assume.

A porta-voz do Bloco diz que o OE2016 que vai ser debatido e votado na generalidade na segunda e terça-feira no parlamento “não é o orçamento do Bloco de Esquerda” mas do Governo do Partido Socialista.

Catarina Martins assegurou que, tendo resultado de um “percurso” de que o partido fez parte, este orçamento “não falha” aos seus compromissos.

“Na sua generalidade, o Orçamento do Estado vai de encontro ao que foram as negociações feitas com o Bloco de Esquerda e permite a recuperação de rendimentos pela primeira vez em cinco anos a quem trabalha ou trabalhou toda a vida em Portugal”.

“Portanto, o BE vai fazer este debate não contra ao orçamento, mas para viabilizar o orçamento”, declarou Catarina Martins.

ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Já não me voltam a enganar.
    Afinal votar nestes 2 partidos, PC e Bloco, foram sempre votos perdidos.
    A saída da Europa já não é saída, as scut ficam na mesma, apoiaram o aumento dos impostos sobre os combustíveis, devolveram as subvenções vitalícias com retroactivos, para os políticos , enquanto as pequenas pensões aumentaram 0.41€ por Ano, afinal o Governo PSD/CDS governou mais à esquerda que estes senhores.
    Fazem completamente o contrário das promessas, Grandes aumentos para os políticos e para as pequenas reformas um aumento de 0.41€ por Ano.
    Depois do que estão a mostrar acredito que estes 2 partidos vão acabar extintos depois do resultado das próximas eleições.

    • Obviamente o Sr. não votou em nenhum destes partidos. O Sr. é um eleitor de direita e vem para aqui fingir que se trata de um eleitor de esquerda muito amargurado e desapontado com o caminho que se está a trilhar. Você é eleitor psd ou cds. E isso nota-se porque você só vai buscar as questões que quer falar. Não vai buscar aquelas em que se está a fazer verdadeiros progressos e que era preciso resolver desde há anos. Comparar o incomparável é falta de inteligência ou má fé. Escolha você aquela em que se insere.

  2. Esta troika governativa vai limitar-se a votar um esqueleto de todas aquelas medidas prometidas na altura do matrimónio, era mais do que evidente que para se dar de um lado que se teria de retirar do outro, para mais o país está sob vigilância europeia e daí vieram as recomendações de que a conversa do senhor Costa e companhia não tinha viabilidade política e este senhor mais o seu credenciado ministro das finanças mais não puderam fazer do que se limitarem a acatar as recomendações de Bruxelas, perante tal evidência PCP + BE têm que se limitar a engolir os sapos desfazendo-se em reuniões e explicações fazendo crer que afinal o monstro não é assim tão mau e um pouco melhorzinho do que aquele que Passos Coelho apresentaria aos portugueses caso fosse governo.

RESPONDER

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …

Quando chegaram à Europa pela primeira vez, as batatas eram "hereges"

Os espanhóis foram os primeiros europeus a encontrar batatas na América do Sul nos anos 1530. Porém, quando foram trazidas para o Velho Continente, não foram bem recebidas por todos. Depois de terem sido encontradas pelos …

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …

Maior ameaça ao crescimento português vem de Espanha

Diz o ditado popular que de Espanha nem bom vento, nem bom casamento. Mas, na verdade, o crescimento económico do país vizinho tem contribuído para puxar pela economia portuguesa. Agora, quando se prevê um abrandamento …

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …