PSD quer Centeno no Parlamento para explicar execução orçamental

Paulo Vaz Henriques / Portugal.gov.pt

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O PSD vai requerer a audição urgente do ministro das Finanças na comissão parlamentar de Orçamento, para Mário Centeno explicar os dados da execução orçamental e falar sobre a Caixa Geral de Depósitos.

OE 2016

Num requerimento ao presidente da comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa, que dará entrada esta manhã na Assembleia da República, os sociais-democratas consideram que os dados da execução orçamental divulgados na semana passada e as declarações posteriores de Mário Centeno, bem como a situação da Caixa Geral de Depósitos exigem a “presença imediata no Parlamento” do ministro das Finanças.

Em declarações à Lusa, o deputado do PSD Duarte Pacheco adiantou que foram essas questões que “precipitaram o pedido” de audição parlamentar, que deverá ocorrer “no máximo no início da próxima semana”, já que não pode esperar pelo processo orçamental.

Recordando que, na semana passada, foram divulgados resultados da execução orçamental que mostram “uma quebra muito grande na receita fiscal e uma economia estagnada”, Duarte Pacheco disse não compreender a “inverdade de todo o tamanho” que Mário Centeno transmitiu sobre esses mesmos números.

“O ministro disse que os dados estavam em linha com o que estava no Orçamento, quer do lado da despesa, quer do lado da receita”, lembrou, considerando que Centeno tem de explicar “o equívoco e corrigir as suas declarações”.

Relativamente à Caixa Geral de Depósitos, no requerimento o PSD fala na persistente “clara falta de rumo” sobre o plano de reestruturação – “não se percebendo quando vai ser realizado e qual o seu impacto” – e recorda as recentes declarações do presidente do banco público que referiu que o Governo não deu qualquer indicação à administração para proceder a uma auditoria independente e revelou que considera que tal auditoria não deveria ser da responsabilidade do banco, ao contrário do que determinou o Governo.

“Em junho o Parlamento discutiu uma proposta do PSD no sentido de ser efetuada uma auditoria externa e independente à CGD, rejeitada pelos partidos da esquerda com o argumento de que o Governo deliberara incumbir a CGD de proceder a uma auditoria idêntica, que incidisse sobre os atos de gestão praticados a partir de 2000 – a qual, soube-se agora, o Governo não deu instruções à administração da CGD para realizar”, lê-se no requerimento do PSD.

“Alguém não está a falar a verdade”, sublinhou Duarte Pacheco, defendendo que o ministro das Finanças tem de explicar “se pediu ou não a auditoria, se se esqueceu ou se mudou de ideias”.

No requerimento, os sociais-democratas indicam ainda dois outros temas sobre os quais gostariam de ter esclarecimentos de Mário Centeno: “os atrasos preocupantes na implementação da Lei de Enquadramento Orçamental e o ponto de situação do profundo reexame da despesa a todos os níveis da administração pública, com que o Governo português se comprometeu junto da Comissão Europeia”.

“Esta desorientação e falta de seriedade do Governo exigem, desde já, esclarecimentos cabais que tornam indispensável a audição urgente do ministro das Finanças, independente do processo orçamental que se avizinha”, salientam os sociais-democratas no requerimento.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Substituição de Carlos Costa em contra-relógio. E já há nomes para "render" Centeno

O jornal Público escreve esta segunda-feira que a substituição de Carlos Costa no Banco de Portugal (BdP) está a ser feita em "contra-relógio", uma vez que seu mandato como governador termina dentro de dois meses …

Pedrinho jogava futsal e agora tenta "agarrar um pouco do que Messi faz" no futebol

Pedrinho vê Messi como o seu ídolo no futebol e diz que tenta replicar um pouco daquilo que o argentino faz em campo. O jovem brasileiro assume ainda que assinar pelo Benfica foi "uma decisão …

Com 400 mortes, Suécia prepara-se para mudar de estratégia e aplicar medidas restritivas

A Suécia pode estar prestes a mudar a sua estratégia para combater a pandemia-de covid-19 e a aplicar medidas restritivas para conter o vírus, no momento em que regista mais de 6.800 casos positivos e …

Temido admite uso generalizado de máscaras contra a covid-19

A ministra da Saúde anunciou, em entrevista à RTP1, que a Direção-geral da Saúde pediu um parecer sobre o uso generalizado de máscaras para evitar a propagação do Covid-19, tendo sido aconselhada a equacionar a …

Disputa sobre os nossos ancestrais resolvida pela evidência genética mais antiga de sempre

Informações genéticas de um fóssil humano com 800 mil anos foram recuperadas pela primeira vez. Os resultados esclarecem uma das ramificações da nossa árvore genealógica. A evidência genética foi retirada de um dente pertencente a um …

"Claramente abusivo". Isabel dos Santos contesta arresto de ações da NOS

As empresas da empresária angolana Isabel dos Santos que, em conjunto com a Sonaecom, controlam a maioria do capital da operadora NOS, consideraram que o arresto das suas participações na empresa é “abusivo” e “excessivo”. A …

Boris Johnson hospitalizado para fazer mais exames à covid-19

O primeiro-ministro britânico, que deu positivo para o novo coronavírus há dez dias, foi hospitalizado, este domingo, para novos exames. "A conselho do seu médico, o primeiro-ministro foi internado no hospital para exames esta noite", indicou …

Mistura de nanopartículas carregadas pode ser o cocktail fatal das células cancerígenas

Uma equipa de investigadores da Coreia do Sul descobriu que podem dar um golpe fatal nas células cancerígenas com uma cuidadosa mistura de nanopartículas carregadas. Os lisossomas são os caixotes do lixo das células. Contêm enzimas …

Diretora-geral da Saúde da Escócia demite-se após furar confinamento que impôs

A diretora-geral da Saúde da Escócia, Catherine Calderwood, anunciou na noite de domingo a sua demissão após ter desrespeitado as regras de confinamento que impôs, ao deslocar-se por duas vezes à sua segunda casa durante …

Maduro pede aos norte-americanos que impeçam "novo Vietname" perto de casa

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, dirigiu este domingo uma carta aos norte-americanos, apelando a que travem as alegadas intenções de Trump de avançar para um conflito armado com a Venezuela e impeçam "outro Vietname …