/

Número de mortos de Barcelona aumenta para 16

David Armengou / EPA

Segundo um novo balanço divulgado pelo Governo da Catalunha, o ataque ocorrido hoje provocou pelo menos 13 mortos e mais 50 feridos.

O número de mortos dos atentados da Catalunha, Espanha, da semana passada aumentou para 16, após o falecimento hoje de uma cidadã alemã, de 51 anos, informou a proteção civil catalã.

“Esta manhã, uma mulher de 51 anos, de nacionalidade alemã, que tinha sido internada em estado crítico na unidade de cuidados intensivos do hospital do Mar de Barcelona, morreu”, anunciou o organismo, em comunicado.

No dia 20, morreu Julian Cadman, o menino australiano desaparecido no ataque de dia 17 das Ramblas.

Além de Julian, morreram no atentado cinco espanhóis, uma pessoa de nacionalidade belga, duas de nacionalidade italiana, dois argentinos, um americano, e duas portuguesas.

Espanha foi alvo na semana passada de dois ataques terroristas, em Barcelona e em Cambrils, na Catalunha, que fizeram 16 mortos e 125 feridos. Os ataques foram reivindicados pelos extremistas do autointitulado Estado Islâmico.

Segundo as autoridades espanholas, a célula responsável pelos ataques era constituída por 12 homens, oito dos quais foram abatidos e quatro detidos após os ataques. Dos quatro detidos, dois foram libertados condicionalmente e outros dois estão detidos sem fiança.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.