Munições de Tancos foram usadas nas pistolas roubadas à PSP

jfcbrunssum / Flickr

Militar português em treino com espingarda lança-granadas em Tancos

A investigação ao roubo de armas de guerra em Tancos encontrou ligações ao roubo de pistolas da PSP em 2017. Um dos oito detidos como autores materiais do furto é suspeito nos dois casos.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve oito pessoas no âmbito da investigação ao roubo de armas de Tancos, por suspeitas de serem os autores materiais do furto. Entre os detidos está um homem que já estava referenciado pelo alegado envolvimento no roubo de Janeiro de 2017 de 57 pistolas “Glock” da PSP, como avança o Correio da Manhã (CM).

O jornal nota que as munições roubadas em Tancos, que continuam desaparecidas, terão sido usadas nas pistolas “Glock”. Tratam-se de 1.450 munições de calibre 9 milímetros que não foram encontradas entre o material já recuperado.

A investigação aponta o ex-fuzileiro João Paulino, que já se encontrava detido, como o grande mentor do assalto.

O grupo de assaltantes terá contado com informações privilegiadas sobre “as rondas de vigilâncias, a localização das armas e o trajecto a fazer entre os paióis e a vedação nos Paóis Nacionais” de um furriel da base militar, como nota a Sábado.

Entretanto, haverá ainda um suspeito à solta, um ex-militar que conseguiu escapar à detenção por estar no estrangeiro, como refere o Diário de Notícias (DN). Este homem estaria a prestar serviço em Tancos aquando do roubo e terá entrado na GNR.

Os investigadores ouviram outro militar como testemunha no caso, por alegadamente ter incitado “os soldados da Guarda de Polícia” aos paióis a “prestarem falsas declarações“, mentindo sobre o facto de não terem realizado rondas de vigilância na noite do assalto, como constata o DN.

Além destes novos oito detidos e do ex-fuzileiro João Paulino, há mais oito militares implicados no caso, nomeadamente o ex-director-geral da Polícia Judiciária Militar, Luís Vieira, e o Major Vasco Brazão, chefe da equipa da Polícia Judiciária Militar que investigou o roubo.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Não dá para dizer grande coisa. Reparem só que tipo de gente (pode-se lhes dar outros nomes) que está metida nas nossas Forças Armadas, GNR e PSP, ao ponto de haver uma articulação de roubos, nas pistolas no Comando Geral da PSP, e nas munições em falta em Tancos, que serviriam perfeitamente nessas pistolas.

RESPONDER

Montezemolo revelou o sonho que Ayrton Senna não cumpriu

O antigo presidente da equipa da Ferrari, Luca di Montezemolo, revelou que o seu maior arrependimento foi não ter conseguido levar Ayrto Senna para a equipa. Em 1994, Ayrton Senna morreu de forma trágica quando perdeu o …

Friends: atores já terminaram as gravações do episódio especial

Ainda antes de os talk shows serem suspensos devido à COVID-19, Matt LeBlanc foi um dos convidados do The Kelly Clarkson Show, onde confirmou que as gravações do episódio especial de FRIENDS estavam concluídas. O programa …

YouTube remove vídeos que vinculam falsamente a Covid-19 ao 5G

A onda de teorias falsas que ligam a pandemia da COVID-19 ao 5G levou a uma série de incidentes, incluindo ameaças a engenheiros. Agora, o YouTube está a reprimir essa desinformação. O YouTube informou que removerá …

Engenheiros construiram um ventilador caseiro. Pode servir como "último recurso"

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, construiu um ventilador caseiro que pode ser usado como último recurso. A pandemia de covid-19 continua a desafiar as comunidades médicas e uma das ameaças …

Sepultura de genocídio encontrada no Ruanda pode conter 30 mil corpos

No Ruanda, foi encontrada uma sepultura que pode conter 30 mil vítimas do genocídio no país em 1994. Cerca de 800 mil tutsis e hutus moderados foram assassinados. Mais de 25 anos depois de um genocídio …

Belenenses SAD entra parcialmente em lay-off

"A indústria do futebol está entre as mais atingidas pelos efeitos da pandemia", que provocou a suspensão de praticamente todas as provas futebolísticas, destaca o Belenenses SAD. O Belenenses SAD, da I Liga de futebol, entrou …

Dois milhões de máscaras furtadas em Espanha podem ter sido vendidas em Portugal

O equipamento médico e sanitário furtado está avaliado em cinco milhões de euros e terá sido adquirido por uma empresa portuguesa que conhecia a proveniência do material. Um empresário de Santiago de Compostela foi detido por, …

Facebook terá tentado comprar um software de espionagem em 2017

O Facebook tem estado envolvido em vários escândalos e o mais recente está relacionado com a alegada compra da ferramenta Pegasus, usada para hackear iPhones. A empresa de segurança informática NSO Group, responsável pela Pegasus, alega …

Primeiro-ministro espanhol diz que coronavírus desafia o futuro da UE. E fá-lo em sete idiomas

O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez publicou no domingo um artigo em sete idiomas europeus, argumentando que o coronavírus pode ser a ruína da União europeia (UE) caso não sejam tomadas medidas mais drásticas para lidar …

Viseiras de Leiria despertam cobiça. Bélgica e EUA queriam comprar toda a produção

Várias empresas de moldes e plásticos da região de Leiria estão a fabricar viseiras de protecção contra a Covid-19. Uma adaptação em tempos de pandemia que está a levantar atenção no estrangeiro, com EUA e …