Remodelação de Costa já tem nomes. Secretários de Estado promovidos a ministros

João Relvas / Lusa

O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos (esq) com Mário Centeno

Depois de meses de expetativa, o primeiro-ministro decidiu retirar duas peças nucleares do Governo e colocá-las na linha da frente das próximas eleições, arriscando uma remodelação a poucos meses das legislativas.

Com a saída do já anunciado candidato Pedro Marques, a pasta das Infraestruturas e Planeamento é passada a dois ministros: Infraestruturas (e Habitação, que transita do Ambiente) para Pedro Nuno Santos e Planeamento, com enfoque na gestão dos Fundos Comunitários, para Nelson de Souza.

A saída de Maria Manuel Leitão Marques também se confirma, o que significa que a até agora ministra da Presidência e da Modernização Administrativa vai mesmo seguir nas listas a Bruxelas. Para o seu lugar, a escolha de Costa é Mariana Vieira da Silva.

Para a substituir a ela e a Pedro Nuno Santos, Costa foi buscar o número dois da Câmara Municipal de Lisboa, Duarte Cordeiro.

Pedro Nuno Santos, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, será promovido a ministro com a tutela das Infraestruturas e Habitação. No último congresso, o antigo líder da JS concentrou os holofotes, defendeu uma viragem à esquerda e posicionou-se como candidato à sucessão. A ousadia mereceu reprovação e um arrefecimento temporário da relação com Costa – mas não durou muito.

A saída de Pedro Marques para a campanha das eleições europeias promove a ascensão não apenas de Pedro Nuno Santos, mas também de Nelson de Souza, o secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão ficará com tutela dos fundos comunitários. Próximo de Vieira da Silva e Ferro Rodrigues, foi secretário de Estado nos governos de António Guterres e diretor municipal de finanças de Costa na Câmara de Lisboa.

O número dois de Fernando Medina está de saída da Câmara de Lisboa. Duarte Cordeiro sucede a Pedro Nuno Santos na secretaria de Estado dos Assuntos Parlamentares.

A atual secretária de Estado adjunta do primeiro-ministro passa a ocupar a vaga deixada em aberto por Maria Manuel Leitão Marques no Ministério da Presidência e Modernização Administrativa. Sendo uma figura dos bastidores, era a sombra do primeiro-ministro no Governo.

António Costa foi mais além e antecipou já uma alteração orgânica do executivo socialista, que aponta já para um próximo executivo, no pressuposto do PS voltar a formar governo, com uma eventual maioria de esquerda no Parlamento.

Os nomes foram aprovados pela Presidência da República e a tomada de posse está marcada para segunda-feira, às 15h00.

No site da Presidência indicam-se os novos ministros de António Costa:

  • Mariana Guimarães Vieira da Silva, Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa.
  • Ângelo Nelson Rosário de Souza, Ministro do Planeamento.
  • Pedro Nuno de Oliveira Santos, Ministro das Infraestruturas e da Habitação

Também os novos Secretários de Estado estão listados na página da Presidência do Governo:

  • José Duarte Piteira Rica Silvestre Cordeiro, Secretário de Estado Adjunto do Primeiro-Ministro e dos Assuntos Parlamentares (Primeiro-Ministro)
  • Tiago Barreto Caldeira Antunes, Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros (Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa)
  • Luís Filipe Loureiro Goes Pinheiro, Secretário de Estado Adjunto e da Modernização Administrativa (Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa)
  • Rosa Filomena Brás Lopes Monteiro, Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade (Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa)
  • Maria do Céu de Oliveira Antunes Albuquerque, Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional (Ministro do Planeamento)
  • Jorge Moreno Delgado, Secretário de Estado das Infraestruturas (Ministro das Infraestruturas e da Habitação)
  • Alberto Afonso Souto de Miranda, Secretário de Estado Adjunto e das Comunicações (Ministro das Infraestruturas e da Habitação)
  • Ana Cláudia da Costa Pinho, Secretária de Estado da Habitação (Ministro das Infraestruturas e da Habitação)

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pesquisem os currículos destes senhores e senhora. São de facto gente capaz. Gente que já demonstrou bem na vida que sem partido são uns autênticos zeros à esquerda. Enfim, cada vez mais penso que a política está para os desgraçados, porque ao contrário de George Orwell, acho que já nem os porcos a querem.

RESPONDER

Agência Europeia também investiga problemas nos novos aviões da TAP

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) confirmou à TSF que também estar a investigar os estranhos casos de enjoos nos novos aviões da TAP. A tomada de posição da EASA foi confirmada à …

PCP apresenta programa eleitoral que inclui “reforma fiscal”

O secretário-geral comunista, Jerónimo de Sousa, apresenta esta terça-feira formalmente o programa eleitoral do partido para as legislativas, que inclui um pacote de medidas de “reforma fiscal”, em cerimónia pública, num hotel lisboeta. O líder do …

Multa histórica ao Facebook deixou Zuckerberg mil milhões de euros mais rico

A multa histórica de 4,4 mil milhões de euros aplicada ao Facebook, no âmbito do escândalo Cambridge Analytica, não está a fazer mossa na empresa e até fez subir as suas acções em bolsa, com …

Vale paga 165 mil euros a familiares dos trabalhadores mortos em Brumadinho

A empresa brasileira acordou indemnizar cada familiar dos trabalhadores mortos na rutura da barragem de Brumadinho, ocorrida em janeiro passado. O acordo, firmado entre o Ministério Público do Trabalho e a companhia mineira Vale, determina que …

Novo currículo e novas metas. Peritos desafiam Costa a mudar tudo no ensino da Matemática

Um grupo de peritos constituído em dezembro pelo Ministério da Educação quer que o ensino da Matemática assente num novo currículo, deixando para trás documentos que considera contraditórios entre si. Coordenado pelo professor Jaime Carvalho e …

Johnson & Johnson investigada por risco de cancro do pó de talco

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos está a investigar a Johnson & Johnson para aferir se mentiu sobre o possível risco de cancro do seu pó de talco. Mais de 13 mil pessoas nos Estados …

Von der Leyen apresentou um "ramalhete" de promessas no Parlamento Europeu. Votação marcada para as 18h

A candidata à presidência da Comissão Europeia comprometeu-se esta terça-feira a tornar a Europa o primeiro continente a alcançar a meta da neutralidade carbónica em 2050, indicando que irá apresentar um “acordo verde” nos primeiros …

Em 2018, ficaram por pagar 12 milhões de euros em salários. É um aumento de 60% desde 2017

A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) identificou 6.618 trabalhadores com salários em atraso, no valor de 11,7 milhões de euros. É, de acordo com o Jornal de Notícias, um aumento de 59% no espaço …

Maior central elétrica do país está há oito meses à espera de uma nova licença ambiental

A maior central elétrica do país está há oito meses à espera que a sua licença ambiental, essencial para que possa permanecer em operação, seja renovada. Apesar da morosidade do procedimento, e de a licença original …

Esta terça-feira vai poder ver o eclipse parcial da Lua

A Lua vai estar, esta terça-feira, na sombra da Terra devido a um eclipse parcial que vai poder ser visto em Portugal. Este fenómeno vai ser visível, a partir das 21h01, hora em que a Lua …