Michael Jackson “abusou de nós centenas de vezes”, dizem alegadas vítimas

Wade Robson, de 36 anos, e James Safechuck, de 40, contaram que foram abusados sexualmente centenas de vezes por Michael Jackson, quando eram crianças.

Em declarações ao programa de Victoria Derbyshire, Wade Robson disse que o cantor abusou dele desde os 7 anos e que tentou violá-lo quando este tinha 14. Já James Safechuck alega ter sido abusado sexualmente “entre os 10 e os 14 anos”.

A família de Michael Jackson contesta as acusações, dizendo que não existe nenhuma prova de que as alegações sejam verdadeiras.

No documentário Leaving Neverland, que estreou no festival Sundance em janeiro, James e Wade fazem as mesmas acusações ao cantor. Quando questionados se os abusos tinham sido cometidos “centenas e centenas de vezes”, responderam afirmativamente.

“Todas as vezes que eu ficava com ele, todas as vezes que eu passava a noite com ele, ele abusava de mim”, contou Wade Robson. Segundo a alegada vítima, Michael Jackson acariciava-o, tocava-lhe “no corpo todo” e obrigou-o a assistir a um ato sexual. Quando tinha 14 anos, revelou, terá tentado violá-lo. “Essa foi uma das últimas experiência de abuso sexual que tivemos”, adiantou, acusando Jackson de ser manipulador.

Robson terá sido levado a acreditar que se amavam. “E é assim que nós mostramos o nosso amor”, disse o cantor. De acordo com Robson, Michael Jackson disse-lhe que, se alguém mais descobrisse o que estavam a fazer, iriam ambos para a prisão para o resto das suas vidas.

“Tudo isso foi assustador para mim”, contou. Naquela altura, Jackson era uma “figura de outro mundo, um deus”, que se tornou o seu “melhor amigo”, pelo que não conseguia conceber a ideia de ficar longe do artista.

Robson revelou que Jackson lhe terá dito que era o seu melhor amigo e a única pessoa com quem praticava aquele tipo de atos. Acreditou, por isso, que era “o escolhido”.

No mesmo programa, James Safechuck contou que os abusos começaram aos 10 anos de idade com beijos, aos quais se seguiram outros abusos e outros atos sexuais. Prolongaram-se durante anos porque, segundo o mesmo, Michael Jackson tornou-se bastante próximo da família e fez com que se isolasse das outras pessoas.

“Ao mesmo tempo que és abusado, uma parte de ti está a morrer“, disse Safechuck a Victoria Derbyshire. No entender de Wade e James, uma parte da responsabilidade dos alegados abusos é daqueles que se encontravam próximos do rei da pop, nomeadamente dos seus funcionários.

Após as acusações feitas ao cantor no documentário Leaving Neverland, a família Jackson manifestou-se, negando o que tinha sido dito. Taj Jackson, sobrinho, disse que, apesar de o comportamento do tio ser estranho, era “muito inocente”.

Em 2005, Michael Jackson foi absolvido de todos os crimes de abuso sexual de menores dos quais era acusado, num julgamento mediático que ocorreu no Tribunal do Condado de Santa Maria, na Califórnia. Mas a primeira denúncia do género tinha surgido em 1994, envolvendo Jordan Chandler.

Mais tarde, em 2013 e 2014, terão surgido outras queixas, apresentadas por Wade Robson e James Safechuck, mas foram arquivadas.

Em 2019 assinalam-se os dez anos da morte de Michael Jackson. O rei da pop entrou em paragem respiratória a 25 de junho de 2009, enquanto tentava adormecer sob o cuidado do seu médico pessoal, Conrad Murray, que tinha administrado o fármaco que motivou a morte do músico, Propofol, uma droga habitualmente usada apenas em ambiente hospitalar controlado.

Murray haveria de ser condenado a quatro anos de prisão por homicídio involuntário. Saiu em liberdade condicional ao fim de dois anos.

ZAP // BBC

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Gente, cadê o pai e mãe dessas crianças nessas ocasiões? Se issp ocorreu eles concorreram para tais ocorrências. É dever de pai e mãe ficarem com seus filhos e cuidarem deles. Cadê eles qdo isso ocorreu?

  2. Vi o documentário e estranhamente as alegadas “vítimas”, e respectivas famílias, pareciam bastante saudosas do “abusador”. Só se sentiram mal quando o MJ se afastou deles. Tem piada. Eu achava que uma pessoa abusada queria era pôr-se a milhas do abusador, vê-lo ao longe a virar a esquina e que o gajo fosse morrer longe, se não o pudesse atropelar numa rua escura. Mas estas, não. Passar a vida com o “malfeitor”, sabia-lhes a pouco…

  3. Eu acho que é tudo pelo dinheiro, acabar com a vida de uma pessoa com mentiras e calúnias. Pais de verdade não teriam aceito dinheiro para se calar, assim como eles falam, teria colocado ele na cadeia e a justiça ia mandar ou pagar o tratamento pisicologico dos meninos. Michael não queria se desgastar mais ainda e deu dinheiro, pois sabia que era só isso que queriam. Eu não acho que ele era abusador, só Deus sabe e só ele pode julgar.

    • Só Deus?
      É… e vê-se que esse Deus tem feito um bonito serviço!…
      Muitos bandidos andam por aí na boa e muitas pessoas honestas e trabalhadoras vivem num “inferno”!…
      Muito justo esse Deus…

RESPONDER

Japonês inventa sacos de plástico "comestíveis" (para salvar o veado sagrado de Nara)

Um empresário local no destino turístico japonês de Nara desenvolveu uma alternativa aos sacos de plástico de compras para proteger o veado sagrado da cidade. Hidetoshi Matsukawa, que trabalha na Nara-ism, um agente de souvenirs, disse, …

Emissão do programa de Ricardo Araújo Pereira cancelada. Humorista em isolamento

O programa de Ricardo Araújo Pereira na SIC não será emitido este domingo, uma vez que o humorista se encontra em isolamento profilático depois de ter estado em contacto com uma pessoa infetada com covid-19. …

Erro clínico. Centenas de hóspedes em quarentena em hotel da Austrália vão ter de fazer teste ao VIH

Centenas de pessoas que estiveram em quarentena no hotel Victoria, na Austrália, vão ter de fazer o teste de doenças transmitidas pelo sangue, incluindo VIH, devido a um erro dos profissionais de saúde daquele local …

Forças Armadas dos EUA estão a adquirir coletes à prova de bala adaptados para mulheres

As Forças Armadas dos EUA estão a dar grandes passos no que diz respeito à igualdade de género. A instituição está a começar a mudar os seus coletes à prova de bala, de forma a …

Abstenção do PCP no OE2021? É um excelente indicador, diz Costa

O primeiro-ministro, António Costa, considerou um “excelente indicador” o PCP ter anunciado a abstenção no Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) e resultado de um entendimento “para ter um bom orçamento para o próximo ano”. “É …

Egito abre restaurante com vista de luxo para as pirâmides de Gizé

O Egito inaugurou um novo restaurante com vista panorâmica para as pirâmides. O investimento faz parte de uma tentativa de reavivar o turismo no país. O Egito revelou novas instalações para os visitantes no planalto nas …

Novo recorde. Portugal regista mais 3.669 casos de covid-19

Portugal regista este sábado 3.669 novos casos de infeção com o novo coronavírus, responsável pela covid-19, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia, e mais 21 mortes relacionadas com a covid-19, segundo …

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …