Filha de Michael Jackson diz que “é óbvio” que o pai foi assassinado

Casta03 / Wikimedia

Michael Jackson em concerto

A filha de Michael Jackson lança novas suspeitas em torno da morte do pai. Paris Jackson revela as suas suspeitas, que diz serem mais do que apenas convicções, numa entrevista à revista Rolling Stone.

A jovem, que tinha 11 anos quando Michael Jackson morreu, em 2009, acredita que o “Rei da Pop” foi assassinado.

“Ele mandava bocas sobre as pessoas andarem atrás dele. E às vezes dizia: um dia ainda me vão matar. Parece uma teoria da conspiração da treta, mas toda a gente na família e todos os verdadeiros fãs sabem que foi assim. Foi uma cilada“, revela Paris na Rolling Stone, escusando-se a alongar nos comentários sobre uma eventual responsabilização dos possíveis culpados.

Divulgação

Paris Jackson na capa da Rolling Stone.

Paris Jackson na capa da Rolling Stone.

“É um jogo de xadrez que estou a tentar jogar correctamente. De momento não posso dizer mais nada“, refere Paris.

Naquela que é a sua primeira grande entrevista enquanto figura pública e que faz capa da revista de música, a filha de Michael Jackson também comenta as acusações de pedofilia que levaram o intérprete de “Thriller” a um julgamento muito mediático.

Imaginem o vosso pai a chorar porque o mundo o odeia por algo que não fez. Comecei a odiar o mundo por causa do que lhe faziam”, desabafa a jovem.

Paris, actualmente com 18 anos, fala ainda dos boatos que dizem que o artista não é o seu pai biológico, ao contrário do que o próprio e Debbie Rowe, a mãe da jovem, diziam.

Ele olhava-me nos olhos, espetava o dedo e dizia: és negra. Tens de ter orgulho nas tuas raízes. E eu pensava: é meu pai, porque é que havia de me mentir? Acredito no que me disse porque, tanto quanto sei, nunca me mentiu”, conta.

Paris e o irmão mais velho, Prince Michael, ambos frutos da relação do músico com a sua enfermeira pessoal Debbie Rowe, foram criados no seio da família Jackson. Só aos 10 anos é que Paris soube que a mãe era viva e conheceu-a aos 13, depois de pesquisar na Internet sobre Debbie, que enfrenta agora um cancro da mama.

Sobre a morte de Michael Jackson, Paris salienta ainda que continua a sentir a presença do pai nos seus sonhos. “Sinto-o comigo a toda a hora”, diz.

Dizem que o tempo cura. Mas não cura. Só nos habituamos. Eu vivo a vida com a mentalidade, ‘OK, perdi a única coisa que era importante para mim’. Por isso, qualquer coisa má que aconteça não pode ser nem de perto tão má quanto o que aconteceu antes”, desbafa Paris Jackson.

A jovem revela que foi abusada sexualmente por um estranho quando tinha 14 anos, e fala também da depressão, da dependência de drogas, de como tentou suicidar-se por mais do que uma vez e de como se auto-mutilava. Algumas das suas 50 tatuagens escondem as cicatrizes que ficaram na pele e nove delas são dedicadas a Michael Jackson.

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas condenam teorias da conspiração sobre a origem do surto do coronavírus

Um grupo de 27 cientistas da área de saúde pública condenou, através de um comunicado, o fluxo de histórias e um artigo científico que sigerem que um laboratório em Wuhan, na China, pode ser a …

Saída de juíza dita repetição da fase de instrução do caso Hells Angels

A saída do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC) da juíza que dirigiu cerca de 40 sessões da instrução do caso Hells Angels vai obrigar à repetição desta fase, revelou à Lusa fonte ligada ao …

Conselho Europeu termina sem acordo sobre Orçamento

O Conselho Europeu extraordinário em Bruxelas consagrado ao orçamento plurianual da União para 2021-2027 terminou, esta sexta-feira, sem acordo. O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, lamentou este desfecho e sublinhou que os líderes dos 27 Estados-membros …

Absolvidos médicos que não detetaram tumor cerebral em jovem de 19 anos

O Tribunal da Relação do Porto absolveu os quatro médicos que não diagnosticaram um tumor cerebral a uma jovem que acabou por morrer. O caso de Sara Moreira, a jovem de 19 anos que morreu com …

Isabel dos Santos está 100 milhões mais "pobre" (e uma das suas empresas em Portugal tenta evitar a falência)

A fortuna de Isabel dos Santos está avaliada em 2,2 mil milhões de dólares, o que a mantém como a mulher mais rica de África, mas a empresária angolana perdeu 100 milhões de dólares em …

Polícia indiana vai proteger Trump com fisgas (por causa dos macacos selvagens)

Polícia armada com catapultas foi designada para proteger o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de macacos selvagens durante a sua visita ao Taj Mahal, na Índia. Entre 500 e 700 macacos rhesus vivem no mausoléu …

Análises negativas a dois passageiros do navio Westerdam que chegaram a Lisboa

Dois residentes em Portugal que eram passageiros do navio MS Westerdam, que esteve atracado no Camboja, foram submetidos a análises laboratoriais para o novo coronavírus e os resultados foram negativos. Num comunicado divulgado hoje no seu …

Morreu o escritor Vasco Pulido Valente

O escritor e cronista morreu, esta sexta-feira, aos 78 anos de idade, em Lisboa. O Público, jornal no qual foi cronista desde a sua fundação, confirmou junto de fonte familiar que Vasco Pulido Valente morreu, esta …

Tribunal autoriza Tesla a derrubar floresta na Alemanha para construir fábrica

A justiça alemã permitiu à Tesla, empresa liderada por Elon Musk, destruir 92 hectares na Alemanha para construir uma fábrica de grandes dimensões. Esta será a sua primeira fábrica na Europa. Como informou o Deutsche Welle, citado …

Covid-19. Autocarros com ucranianos retirados da China recebidos à pedrada

Dezenas de manifestantes envolveram-se em confrontos com a polícia, esta quinta-feira, numa localidade no centro da Ucrânia, onde 70 pessoas vão ficar sob quarentena depois de terem regressado da China. Com receio da propagação do Covid-19, …