Filha de Michael Jackson diz que “é óbvio” que o pai foi assassinado

Casta03 / Wikimedia

Michael Jackson em concerto

A filha de Michael Jackson lança novas suspeitas em torno da morte do pai. Paris Jackson revela as suas suspeitas, que diz serem mais do que apenas convicções, numa entrevista à revista Rolling Stone.

A jovem, que tinha 11 anos quando Michael Jackson morreu, em 2009, acredita que o “Rei da Pop” foi assassinado.

“Ele mandava bocas sobre as pessoas andarem atrás dele. E às vezes dizia: um dia ainda me vão matar. Parece uma teoria da conspiração da treta, mas toda a gente na família e todos os verdadeiros fãs sabem que foi assim. Foi uma cilada“, revela Paris na Rolling Stone, escusando-se a alongar nos comentários sobre uma eventual responsabilização dos possíveis culpados.

Divulgação

Paris Jackson na capa da Rolling Stone.

Paris Jackson na capa da Rolling Stone.

“É um jogo de xadrez que estou a tentar jogar correctamente. De momento não posso dizer mais nada“, refere Paris.

Naquela que é a sua primeira grande entrevista enquanto figura pública e que faz capa da revista de música, a filha de Michael Jackson também comenta as acusações de pedofilia que levaram o intérprete de “Thriller” a um julgamento muito mediático.

Imaginem o vosso pai a chorar porque o mundo o odeia por algo que não fez. Comecei a odiar o mundo por causa do que lhe faziam”, desabafa a jovem.

Paris, actualmente com 18 anos, fala ainda dos boatos que dizem que o artista não é o seu pai biológico, ao contrário do que o próprio e Debbie Rowe, a mãe da jovem, diziam.

Ele olhava-me nos olhos, espetava o dedo e dizia: és negra. Tens de ter orgulho nas tuas raízes. E eu pensava: é meu pai, porque é que havia de me mentir? Acredito no que me disse porque, tanto quanto sei, nunca me mentiu”, conta.

Paris e o irmão mais velho, Prince Michael, ambos frutos da relação do músico com a sua enfermeira pessoal Debbie Rowe, foram criados no seio da família Jackson. Só aos 10 anos é que Paris soube que a mãe era viva e conheceu-a aos 13, depois de pesquisar na Internet sobre Debbie, que enfrenta agora um cancro da mama.

Sobre a morte de Michael Jackson, Paris salienta ainda que continua a sentir a presença do pai nos seus sonhos. “Sinto-o comigo a toda a hora”, diz.

Dizem que o tempo cura. Mas não cura. Só nos habituamos. Eu vivo a vida com a mentalidade, ‘OK, perdi a única coisa que era importante para mim’. Por isso, qualquer coisa má que aconteça não pode ser nem de perto tão má quanto o que aconteceu antes”, desbafa Paris Jackson.

A jovem revela que foi abusada sexualmente por um estranho quando tinha 14 anos, e fala também da depressão, da dependência de drogas, de como tentou suicidar-se por mais do que uma vez e de como se auto-mutilava. Algumas das suas 50 tatuagens escondem as cicatrizes que ficaram na pele e nove delas são dedicadas a Michael Jackson.

PARTILHAR

RESPONDER

"Breaking Bad" da vida real. Dois professores de Química acusados de produzir metanfetamina

Dois professores universitários de Química do estado do Arkansas, nos Estados Unidos, foram detidos no domingo por suspeitas de produzirem metanfetaminas. O caso tem atraído atenção mediática por se parecer inspirar no enredo da série …

TAP regista prejuízos de 111 milhões de euros até setembro

A TAP registou, nos primeiros nove meses deste ano, prejuízos acumulados de 111 milhões de euros que atribui a "variações cambiais sem impacto na tesouraria". "A TAP S.A. apurou um prejuízo acumulado, nos primeiros nove meses …

Coreia do Norte não está interessada em mais cimeiras com os EUA

A Coreia do Norte advertiu, esta segunda-feira, que "não está interessada" em mais cimeiras com os Estados Unidos, se Washington persistir na recusa em fazer concessões. A Coreia do Norte deu a Washington até ao final …

Refugiado detido que escreveu um livro pelo Whatsapp conquista a liberdade

O jornalista e escritor curdo-iraniano Behrouz Boochani, que estava detido há seis anos num centro de imigrantes na Austrália, conquistou a liberdade. Boochani escreveu, através de mensagens da rede social Whatsapp, o livro “No Friend But …

Pinto Luz não se resigna a disputar "campeonato dos pequeninos"

O candidato à liderança social-democrata afirmou, esta segunda-feira, não se resignar a um partido que disputa o "campeonato dos pequeninos" ou é "uma segunda escolha do PS", pedindo a "quem não gosta deste PSD" que …

Militares portugueses já salvaram mais de 14 mil migrantes no Mediterrâneo

Marinha, Polícia Marítima e Unidade de Controlo de Costa da GNR, ao serviço da agência Frontex, no sul de Espanha e de Itália, já resgataram 14.151 migrantes no Mediterrâneo desde 2014. As equipas militares portuguesas, a …

Estudantes de Medicina dizem adeus ao "terrível" Harrison

Mais de 2.700 recém-licenciados de Medicina realizaram, esta segunda-feira, a Prova Nacional de Acesso (PNA), que substitui o "terrível" Harrison. Esta segunda-feira, mais de 2.700 candidatos responderam pela primeira vez a 150 questões da Prova Nacional …

Vítimas de legionella de Vila Franca de Xira reclamam 2,6 milhões ao Estado

A Associação de Apoio às Vítimas do Surto de Legionella de Vila Franca de Xira reclama uma indemnização de 2,6 milhões de euros por falhas e omissões de entidades públicas em relação às vítimas que ficaram …

Pelo menos três mortos em tiroteio em supermercado no Oklahoma

Pelo menos três pessoas morreram, esta segunda-feira, num tiroteio num supermercado da cadeia Walmart em Duncan, cidade do Estado norte-americano Oklahoma. O responsável da polícia de Duncan, Danny Ford, citado pela televisão local TNN-ABC, indicou que …

Benfica tem 125 jogadores com contrato profissional. Sporting tem 123 e o FC Porto só 80

O Benfica tem assinado contratos profissionais com cada vez mais jogadores, ao longo dos últimos anos. Actualmente, o clube da Luz tem contrato com 125 atletas. O Sporting está lá perto, com vínculos profissionais com …