/

Golo na própria baliza põe País de Gales nos quartos

Rungroj Yongrit / EPA

O galês Gareth Bale celebra um dos golos da vitória sobre a Eslováquia

O País de Gales apurou-se hoje para os quartos de final do Euro2016 de futebol ao vencer a Irlanda do Norte por 1-0, num jogo muito britânico, equilibrado e decidido num lance infeliz de um defesa irlandês.

Esperava-se mais da seleção galesa, apontada como favorita para este jogo em função do que fez nos primeiros três jogos, nos quais assegurou o primeiro lugar do Grupo B com adversários como Inglaterra, Eslováquia e Rússia, mas a verdade é não foi superior à Irlanda do Norte em nenhuma vertente do jogo.

Aliás, foi um jogo ‘muito britânico’, em que predominou um futebol direto, que permitiu sempre às defesas, de frente para a bola, ganhar supremacia, razão pela qual as oportunidades de golos rarearam.

Mesmo assim, a Irlanda do Norte foi a equipa mais equilibrada na primeira parte, sabendo neutralizar as saídas do País de Gales para o ataque devido a uma pressão alta eficaz sobre os médios Joe Allen e Aaron Ramsey, e que mais vezes conseguiu chegar à área galesa com maior perigo.

Os três lances de perigo registados na primeira parte pertenceram todos à Irlanda do Norte, aos 10, 19 e 22 minutos, porque o País de Gales não conseguia sair do ‘colete de forças’ que os irlandeses montaram no meio-campo, a ponto de a bola não chegar a Gareth Bale ou chegar em más condições, forçando-o a recuar no terreno em busca da bola.

Na segunda parte, o País de Gales melhorou de rendimento com a entrada de Jonathan Williams para a saída de Joe Ledley, equilibrou mais o jogo e passou a ser capaz de chegar mais vezes à área irlandesa com a bola dominada.

Aaron Ramsey e Joe Allen, muito ‘apagados’ até ao intervalo, melhoraram, mas a perceção de quem via o jogo era de que este iria para prolongamento, a não ser que Gareth Bale tirasse um ‘coelho da cartola’.

Não tirou, é certo, mas foi uma jogada do jogador do Real Madrid, que recebeu um dos raros passe de rotura feitos ao longo do jogo, por Aarom Ramsey, para o flanco esquerdo, cujo cruzamento deu origem ao lance infeliz do defesa irlandês Gareth Mc Cauley, que introduziu a bola na própria baliza ao pretender cortá-la.

OITAVOS DE FINAL:

Sábado, 25 de Junho
Suíça – Polónia, 4 – 5
País de Gales – Irlanda do Norte, 1-0
Croácia – Portugal, 0-1

Domingo, 26 de Junho
França – Rep. Irlanda, 2-1
Alemanha – Eslováquia, 3-0
Hungria – Bélgica, 20:00

Segunda-feira, 27 de Junho
Itália – Espanha, 2-0
Inglaterra – Islândia, 20:00

Futebol 365

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE