Fisco já recebeu lista de portugueses ligados ao SwissLeaks

Rodrigo Gatinho / portugal.gov.pt

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio, já tem a lista de portugueses envlvidos no Swissleaks

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio, disse no Parlamento que a Autoridade Tributária recebeu esta sexta-feira a lista dos 611 contribuintes portugueses que, alegadamente, abriram contas no banco HSBC na Suíça para fugir ao fisco.

Falando aos deputados na comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Administração Pública, onde está a ser ouvido sobre o caso de fraude fiscal e branqueamento de capitais Swissleaks, Paulo Núncio disse que a “administração fiscal portuguesa recebeu hoje a lista de contribuintes portugueses alegadamente com contas bancárias na filial suíça do HSBC”.

O governante afirmou que a informação foi enviada “depois de ter sido efectuado o pedido às autoridades fiscais francesas” e de “intensas diligências das autoridades portuguesas”.

Segundo Paulo Núncio, essa lista será “cruzada com a informação que a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) já detém sobre os contribuintes portugueses com contas bancárias na Suíça e será objeto de todos os procedimentos previstos na lei”.

No início de fevereiro, o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ) divulgou documentos confidenciais sobre o ramo suíço do banco britânico HSBC Private Bank, revelando alegados esquemas de evasão fiscal.

Os contribuintes portugueses totalizavam de 969 milhões de dólares (855,8 milhões de euros) depositados no HSBC Private Bank, distribuídos por 778 contas bancárias de 611 clientes.

Na altura, e numa resposta à agência Lusa, o Ministério das Finanças disse que a AT estava a acompanhar o chamado caso Swissleaks e que tinha solicitado formalmente ao ICIJ o envio da lista dos 611 contribuintes portugueses, para cruzar essa lista com os elementos de que já dispunha.

Na sua declaração inicial esta tarde, o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais recordou que foi assinado em 2012 um acordo de troca de informações fiscais entre Portugal e a Suíça, para verificar os rendimentos auferidos pelos contribuintes portugueses e cruzá-los com as declarações de IRS, para “verificar se estão a declarar os seus rendimentos ou a ocultá-los deliberadamente”.

O governante disse que este acordo permite à AT “pedir informação à administração fiscal suíça sem justificar os pedidos”, acrescentando que o fisco suíço “não pode invocar sigilo bancário para não apresentar as informações pedidas” por Portugal.

“Em resultado deste acordo, a AT já efetuou pedidos de troca informação relativamente a mais de 700 contribuintes portugueses detentores de mais de mil contas bancárias abertas na Suíça”, divulgou Paulo Núncio.

Segundo os dados apresentados pelo secretário de Estado, os rendimentos originados em contas bancárias no exterior aumentaram 110% (mais do que duplicaram) entre 2010 e 2013, sendo que o valor acumulado nesse período é superior a 550 milhões de euros.

Para o governante, o acordo com a Suíça “permitiu obter informação sem dependência de listas” e “as listas são elementos complementares, não são o princípio da história”, defendendo que o combate à fraude e à evasão fiscal de natureza internacional “não pode estar dependente de listas”.

O envolvimento de portugueses neste esquema é conhecido desde 2010, quando o ex-funcionário do HSBC suíço Hervé Falciani entregou a lista dos clientes do banco às autoridades francesas. Na altura, o ministério das Finanças francês era liderado por Christine Largarde, hoje diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), e entregou a lista de clientes gregos a Atenas.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. De que serve o Fisco ter esta lista se também muitos estão lá metidos? Mais uns quantos que não se lembram para juntar ao rol de esquecidos do governo.

RESPONDER

Tia de Kim Jong-un faz a primeira aparição pública em mais de seis anos

Kim Kyong-hui, tia paterna do líder norte-coreano Kim Jong-un, reapareceu em público este sábado pela primeira vez em mais de seis anos, escreve a BBC. A emissora britânica, que avança a notícia citando a Agência Central …

Coronavírus. Madeira está a preparar-se para eventual surto

Região da Madeira “já está a delinear” quartos com pressão negativa e áreas isoladas, além de “fármacos, oxigénio, fatos protetores, máscaras e capacidade laboratorial”. O presidente do Instituto de Saúde (Iasaúde) da Madeira anunciou esta segunda-feira …

Luanda Leaks. Isabel dos Santos vai processar o consórcio de jornalistas

Depois de Rui Pinto ter assumido a autoria da divulgação dos documentos do caso Luanda Leaks, Isabel dos Santos avança que vai processar o consórcio de jornalistas. A empresária angolana Isabel dos Santos vai processar o …

Portugal vende cinco F-16 à Roménia por 130 milhões de euros

O ministério da Defesa Nacional oficializou hoje, na Base Aérea de Monte Real, no distrito de Leiria, a venda de cinco aviões militares F-16 à Roménia, num negócio de 130 milhões de euros. "Com este processo …

Pedro Proença e a violência no futebol: "É chegada a altura de o Governo assumir responsabilidades"

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol (LPFP), Pedro Proença, disse esta segunda-feira, depois de uma reunião no Ministério da Administração Interna (MAI), que o governo deve assumir responsabilidades sobre os recentes casos de violência …

Reconhecimento facial vai ser testado no acesso a serviços públicos online

O Governo quer criar um sistema de reconhecimento facial para usar a chave móvel digital, ferramenta que já permite aceder a vários serviços online do Estado. O Governo está a planear criar um sistema de reconhecimento …

Sem voz no clube, Raul José pondera abandonar o Sporting

Sem voz na pasta das contratações e construção do plantel, Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting, pode estar de saída do clube. Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting CP, estará …

António Costa vai responder por escrito a 100 perguntas sobre Tancos

Apesar de sempre ter defendido que o testemunho devia ser presencial, o Juiz Carlos Alexandre aceitou que António Costa possa depor por escrito sobre o caso do furto e recuperação das armas de tantos. O …

ERC regista como "publicação de informação" site de propaganda

A ERC registou o Notícias Viriato como "publicação de informação", em novembro do ano passado, quando o projeto do Medialab diz que se trata, na verdade, de um "site de propaganda". Segundo o Diário de Notícias, a …

Conselho da Europa pede que polícia portuguesa tenha mais treino sobre direitos humanos

O Conselho da Europa (CE) acredita que teria sido uma boa ideia incluir no próximo recenseamento da população portuguesa, marcado para 2021, uma questão sobre a origem étnica. A proposta chegou a ser avaliada por …