Nota artística: E agora, o Famalicão-Benfica em versão musical

Senhoras e senhores, bem-vindos à CoronaLiga 2020/2021. Não é ao mambo número cinco. O Lou Bega não sabe o que está a dizer. Ou a cantar.

David Lubega. Talvez muita gente não saiba que nasceu em Munique. É alemão. Uma nacionalidade que viria a dar jeito ao filho de Deus, em Famalicão.

A cidade e o Estádio Municipal 22 de Junho acolheram o jogo inaugural do campeonato. Varandas bem ocupadas. Quer as que rodeiam aquele recinto, quer o médico de Alvalade, que por esta altura tem muito para cuidar.

No relvado lá estavam as equipas, prontas: a da casa estava algo irreconhecível em relação à temporada passada, já que quase metade dos jogadores morava noutros lados, há poucos meses; o número quatro reinava na visitante – quatro reforços e quatro alterações em relação à tragédia grega. Ah, e quatro mais zero no ataque: cerca de 40 milhões de euros gastos só nos dois homens da frente.

A fase do domínio sérvio na Luz ficou lá atrás. Agora há mais toque germânico, com três futebolistas nascidos na Alemanha no 11 inicial. Um deles destacou-se neste encontro.

Como se supunha, o Benfica atacou mais, desde cedo, e o Famalicão defendia mais mas bem. Pouco perigo criado no primeiro quarto de hora, Gabriel e Taarabt perdiam a bola a meio-campo e, no banco, gritava um Jesus desesperado. Gritos que Luca ignorou. E marcou.

Dois minutos depois, Everton também percebeu como se marcava. Darwin quase fez o mesmo logo a seguir. As caras novas mostravam-se. Numa primeira parte a “jogar o triplo” de algumas primeiras partes da temporada transata, Grimaldo colocou um 3 no marcador. E Zlobin, que ainda há um mês estava na equipa adversária, ficou lá encostado à rede. Desolado, triste. Não chores, Zlobin. Ainda és um rapaz; e os rapazes não choram.

3-0 ao intervalo e podiam ser mais. Podiam e queriam. No segundo tempo o filho de Deus queria mais ataque, mais pressão, mais golos. Queria “arrasar”!

Rafa fez-lhe a vontade. Tal como em solo helénico, o internacional português marcou. E Luca bisou, na sua estreia a titular. Marcar dois golos no seu primeiro jogo pelo Benfica no campeonato? Só dois futebolistas fizeram o mesmo nos últimos 20 anos: Gonçalo Ramos e Karadas. Quem?

O Karadas. Um norueguês alto que esteve no Benfica durante um ano. E foi campeão. Não se lembram do Karadas? Azar.

Luca bisou e foi curioso ver os festejos claramente efusivos de Rui Costa. O diretor terá ficado contente, não porque o avançado é o herdeiro da sua camisola 10, mas sim porque o antigo médio foi peça essencial para trazer o jogador da Alemanha para Portugal.

Ah, e Luca esteve precisamente ao serviço da Alemanha, da seleção, há pouco tempo, mas não jogou. Por isso, no final da partida, o filho de Deus comentou que o avançado esteve de férias quando se juntou à comitiva do seu país. As férias fizeram-lhe bem.

A equipa da casa ainda amenizou a goleada, por Guga, mas isso não impediu o domínio encarnado nesta jornada inaugural. Um domínio transformado em vários golos, ao contrário do que aconteceu em parte do encontro com o PAOK. Como anunciou o filho de Deus, em versão brasileira: “Hoje fizemos cinco remates no golo e fizemos sete golos”.

Lá está, sete golos. O Lou Bega estava mesmo enganado no seu mambo.

Nuno Teixeira NMT, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas propõem que indústria da moda pague "royalties" pelo padrão leopardo

Cientistas de Oxford, no Reino Unido, propõem que a indústria da moda comece a pagar royalties pelo uso do padrão que imita a pele de leopardo, para tentar ajudar a reverter o declínio deste felino. "O …

André Ventura foi reeleito presidente do Chega com 97,3% (e deixou recados ao PSD)

André Ventura foi reeleito este sábado, com 97,3% dos votos nas eleições internas para a presidência do Chega. O presidente demissionário do Chega foi reeleito este sábado com 97,3% dos votos, percentagem que considerou legitimá-lo para …

Uma das maiores camas do céu. JetBlue revela a nova classe executiva do Airbus A321neo

Uma das maiores camas no céu deverá estrear dentro de alguns meses, quando a JetBlue começar a voar com os seus A321neo de Boston e Nova Iorque a Londres. No dia 26 de fevereiro, a norte-americana …

Putin diz que Internet pode destruir a sociedade se não for regida pela moral

 Internet pode destruir a sociedade a partir se não não for regida por valores e leis da moral, considerou Vladimir Putin. O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, advertiu que a Internet pode destruir a sociedade a …

China torna-se o primeiro país do mundo a ter mais de mil multimilionários

A China tornou-se o primeiro país do mundo a ultrapassar a marca dos mil multimilionários, tendo neste momento um total de 1058 pessoas que têm a sorte de poder fazer parte desse grupo restrito. De acordo …

Gil Vicente 0-2 Porto | Vida fácil para o “dragão” em Barcelos

O FC Porto venceu o Gil Vicente em Barcelos, por 2-0. Pepe e Corona saíram ao intervalo com problemas físicos. O Porto foi a Barcelos conquistar três pontos de forma tranquila, perante um Gil Vicente que …

Na Índia, o comércio ilegal de burros está a crescer. A sua carne é considerada afrodisíaca

Viagra? Não, a população do estado de Andhra Pradesh, na Índia, tem um novo método para aumentar o desejo sexual: carne de burro. Esta crença está a fazer com que o comércio ilegal de carne …

Com as fronteiras fechadas, companhia aérea australiana lança "voos mistério"

A companhia aérea australiana Qantas anunciou “voos mistério”, nos quais os passageiros não fazem ideia para onde vão, numa tentativa de atrair mais clientes. As fronteiras internacionais da Austrália estão atualmente fechadas e parece improvável que …

Açores e Madeira acusam DGS de não usar dados verdadeiros nos boletins

A Direção Regional da Saúde (DRS) da Madeira garantiu que os números reportados no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) esta sexta-feira não correspondem à realidade. A DRS dos Açores também assume a existência …

Resorts do Reino Unido criaram uma lista de "hóspedes indesejáveis" (com nomes irlandeses)

Uma rede de resorts da Grã-Bretanha tinha uma lista de "hóspedes indesejáveis" com apelidos irlandeses numa tentativa de impedir a entrada de membros da comunidade de viajantes irlandeses (Pavee). Esta notícia foi avançada por uma investigação …