Ex-ministro Manuel Pinho apanhado nos Panama Papers

José Sena Goulão / Wikimedia

Manuel Pinho, ex-ministro da Economia

O ex-ministro da Economia do governo de José Sócrates, Manuel Pinho, recebeu cerca de 180 mil euros da ES Entreprise, empresa que consta nos chamados Panama Papers e que seria uma espécie de “saco azul” do Grupo Espírito Santo (GES).

Manuel Pinho será um dos ex-ministros portugueses apanhados nos Panama Papers, conforme noticia o Público, reportando pagamentos da ordem dos 180 mil euros da ES Enterprise ao ex-titular da pasta da Economia.

Por esta empresa, que seria um “saco azul” do GES para efectuar pagamentos sem registo dos destinatários dos mesmos, terão passado movimentos superiores a 300 milhões de euros. A entidade está a ser investigada pelo Ministério Público desde 2014.

O Público nota que os 180 mil euros alegadamente pagos a Manuel Pinho podem estar associados “à actividade do economista no universo GES”, onde desempenhou vários cargos executivos, nomeadamente o de administrador do BES. Ele foi ainda vice-presidente do BES África, já depois de se ter demitido do governo após ter feito, em pleno Parlamento, o gesto de “corninhos” em direcção à bancada do PCP.

O Público lembra que o ex-ministro manteve um diferendo com o Novo Banco, reclamando uma reforma antecipada de 3,5 milhões de euros, que teria negociado com Ricardo Salgado, ex-presidente do BES, e a que teria direito desde os 55 anos, até à idade da reforma (os 65 anos).

De acordo com o jornal, Manuel Pinho recebia em 2014, quase 40 mil euros de vencimento mensal do BES África.

ZAP

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Mais um produto da era do bandalho do Sócrates.Ainda mais virão a lume neste caso do Pananmá papers como ainda no caso da empresa de manutenção Vem do brasil que foi comprada no tempo do Sócrates, Mário Lino e Paulo Campos…Um nojo de gente esta que esperamos venha a ser apanhada pela justiça pelo mal que fez ao país durante 6 anos de desgoverno no tempo do 44.

  2. Vasculhem, vasculhem!! Eu quero saber os nomes de muitos outros ex-ministros. O socas não deve estar isento de culpas. Este pinho era director do BES e é um dos grandes responsáveis pelo estado a que toda a porcaria chegou!!!

  3. Ainda só agora a procissão deve ir no adro…
    Venham mais revelações, para que saibamos o LIXO que tem ocupado lugares na política!

  4. Há alguns, que várias vezes foram visitar o Sócrates à prisão de Évora, e que tiveram cargos de topo, que se mostraram indignados pela prisão do seu amigo dizendo, que era uma grande injustiça, que estavam a fazer contra um homem que fez um trabalho brilhante ao país. Por acaso, um destes visitantes de Sócrates, estava a pensar no serviço brilhante que prestou ao país na entrega de mão beijada das nossas colónias.
    Isto, são zum, zuns que eu sempre ouvi por aí, mas que nunca ninguém vasculhou!
    Será, que temos de ter surpresas de terrorismo corrupto todos os dias e que nos deixamos vencer pelo dinheiro que sempre fala mais alto? Até quando é, que temos de gramar esta merda?
    Já chega, de cada vez mais e maiores surpresas se descobrem, mas não passamos disto.
    Um pobre, se se descuida em 1 cêntimo nos seus impostos, e logo evadido pela presença fiscal e, penhoram-lhe logo o ar que respira, os burlões de biliões, andam anos a serem apenas suspeitos e, depois passados alguns anos, fica tudo sem efeito. Os Portugueses, que se preparem para pagarem a indemnização imposta pelo Sócrates pela sua falsa inocência!!
    Xiu!!! Eu não disse nada ok?

  5. Senhor Manuel Teixeira, falar de entrega de mão beijada as colónias que nunca foram de Portugal, é simplesmente um absurdo, meu caro. Pelos vistos, vocemecê nunca entendeu que as chamadas colónias, sempre tiveram os seus legítimos donos e, foram 500 anos de posse ilícito do seu país , usurpando as suas riquezas, maltratando os seus legítimos donos, etc.
    Estes que agora você considera que entregaram de mão beijada as colónias, são de fato, reconhecedores dos erros dos seus compatriotas e devolveram as tais colónios aos seus verdadeiros donos.

  6. É incompreensível esta gente referir-se ainda à descolonização nestes termos. Como é que poderia ser feita de outra forma se o 25 de Abril aconteceu porque os soldados se recusaram a continuar a morrer na estúpida guerra, que tantos estropiados deixou, para defender os bens de meia dúzia de donos daquilo tudo ? Quem não concorda que pegasse em armas e fosse dar o peito às balas! Muitos dos nossos homens morreram lá para nada!! Os capitães de Abril gritaram bem alto:” Nem mais um soldado para as colónias!” Não é preciso dizer mais nada!

Responder a PJ Cancelar resposta

Prémios e dados pessoais. Worten alerta clientes para falso SMS em circulação

A Worten alerta os clientes para não partilharem dados pessoais em resposta a mensagens publicitárias falsas que estão a circular por SMS em nome da retalhista, a anunciar um prémio. "Alertamos que não devem ser facultados …

GNR já passou 2200 coimas por falta de limpeza de terrenos. Mais de cem câmaras multadas

Mais de uma centena de câmaras municipais foram multadas por falta de limpeza de terrenos, sendo a ausência de tratamento nas margens das estradas e junto às linhas de distribuição elétrica a principal infração registada …

Presidente do Governo da Catalunha pede a Filipe VI que abdique

O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, pediu na terça-feira ao rei Filipe VI que abdique e solicitou ao presidente do parlamento que convoque uma sessão plenária extraordinária para estabelecer uma "posição comum" …

Virologista chinesa diz que novo coronavírus foi "criado em laboratório militar"

A virologista chinesa que fugiu para os Estados Unidos deu mais uma entrevista onde assegura que o novo coronavírus foi "criado num laboratório militar". Numa nova entrevista, citada pelo jornal online Observador, Li Meng-Yan, a virologista …

Ministério da Saúde abre 435 vagas para médicos de família

É o maior número de vagas dos últimos anos colocadas a concurso para a contratação de médicos especialistas em medicina geral e familiar para o SNS. De acordo com o jornal Público, o Ministério da Saúde …

MP brasileiro processa pastor por anunciar cura com feijões para a covid-19

O Ministério Público brasileiro pediu a abertura de um processo contra o pastor evangélico Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus, que anunciaram a cura da covid-19 a partir do cultivo de …

Dívida do Estado à ADSE ascende a 200 milhões de euros

A dívida do Estado à ADSE, em 2019, ascendia a 198,2 milhões de euros, segundo o parecer do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) ao relatório e contas do ano passado, publicado no site do …

Governo dos Açores violou Constituição ao impor quarentena obrigatória

O confinamento obrigatório de 14 dias que o governo regional dos Açores tem imposto a quem chega à região autónoma é inconstitucional, dizem os juízes do Tribunal Constitucional. As autoridades açorianas violaram a Constituição ao impor …

China caminha a passos largos para a normalidade. Gaming, cerveja e Ikea dão empurrão

A China não regista, desde 17 de maio, vítimas mortais causadas pelo novo coronavírus. No entanto, há dois surtos ativos que parecem não impedir a população de caminhar em direção à normalidade. À semelhança do resto …

No regresso ao Superior, o Ministério recomenda aulas presenciais, com máscara e ao sábado

No regresso do Ensino Superior, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomenda que voltem as aulas em regime presencial com uso obrigatório de máscara e algumas das quais lecionadas ao sábado. Num comunicado …