/

Fisco está a investigar 165 contribuintes no quadro dos Panama Papers

Mário Cruz / Lusa

Fernando Rocha Andrade, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais

Fernando Rocha Andrade, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais revelou, esta terça-feira, em Bruxelas que a Autoridade Tributária está a investigar 165 contribuintes em Portugal, tanto pessoas coletivas como singulares, no quadro dos Panama Papers.

“Alertada para a questão, a Autoridade Tributária pegou naqueles elementos, apurou que havia naqueles ‘Panama Papers’ 165 contribuintes em Portugal, juntou-se, por iniciativa do Governo, a um grupo de trabalho que existia no seio da OCDE para trocar informações e métodos, e está a fazer o seu trabalho”, declarou Rocha Andrade.

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, que participou numa audição da comissão de inquérito do Parlamento Europeu que está a investigar alegadas contravenções ou má administração na aplicação das regras europeias relacionadas com o branqueamento de capitais e a elisão e a evasão fiscais (PANA), advertiu todavia que não se deve “esperar um enorme resultado em termos de cobrança” a partir de fugas de informação ocasionais.

Os Panama Papers, mais de 11 milhões de documentos da sociedade de advogados Mossack Fonseca, foram divulgados em abril do ano passado pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação e revelam a utilização de paraísos fiscais que escondem os rendimentos de pessoas e empresas de todo mundo.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE