Estado da Nação: os 7 pecados do Governo e as 10 pragas socialistas

José Sena Goulão / Lusa

O Primeiro-Ministro, Pedro Passos Coelho

O Primeiro-Ministro, Pedro Passos Coelho

O líder parlamentar do PS e o primeiro-ministro travaram esta quarta-feira um debate tenso, próprio do clima pré-eleitoral, com Ferro Rodrigues a apontar ao Governo “sete pecados capitais” e Passos Coelho a contrapor com as “dez pragas socialistas”.

Esta troca de acusações registou-se no primeiro frente-a-frente do debate sobre o Estado da Nação, na Assembleia da República, com os discursos de Ferro Rodrigues e de Pedro Passos Coelho, ao contrário do que tem sido habitual, a serem com frequência interrompidos por ruidosos protestos das bancadas adversárias.

Ferro Rodrigues fez um breve balanço da ação do executivo, considerando que o Governo está numa lógica de “propaganda irrealista” para encobrir os “sete pecados capitais” resultantes da sua política de “empobrecimento do Estado da Nação”.

Pedro Passos Coelho respondeu logo a seguir com outra imagem bíblica sobre as consequências da ação dos governos PS entre 2005 e 2011: “As dez pragas da herança socialista“, a começar pelas “obras faraónicas e pelas parcerias público-privadas” (PPP) no setor rodoviário.

Ferro Rodrigues abriu a sua breve intervenção a culpar o primeiro-ministro de fazer um discurso “déjà vu”, com “propaganda e irrealismo”, pretendendo fazer passar a ideia de que, com o PS eventualmente no poder, Portugal conheceria um regresso ao passado.

O líder da bancada do PS contrapôs então que foi o atual Governo quem levou o país a um regresso ao passado em indicadores como a pobreza, o desemprego ou a emigração.

“Essa imagem laranja e azul [as cores do PSD e CDS] do país, que os senhores das duas bancadas ensaiaram nos últimos dois dias, é desmentida logo nas últimas 24 horas”, disse, apontando então como exemplos negativos, a partir de notícias de jornais e da agência Lusa, o estado do défice da balança comercial, o crédito mal parado, as dívidas à Segurança Social, a “regressão” no nível de vida da generalidade dos portugueses ou a taxa de população emigrada.

Ferro Rodrigues ainda foi mais longe, acusando o primeiro-ministro de ter vencido as últimas eleições legislativas baseado “na mistificação e na mentira política”.

A terminar, o líder da bancada socialista ainda se referiu à situação na Grécia para criticar o líder do executivo de integrar uma linha favorável à colocação de “obstáculos” para contrariar um acordo na zona euro.

Neste ponto, o primeiro-ministro classificou como “risível” a referência de Ferro Rodrigues à sua conduta no caso grego e desafiou o líder da bancada do PS a comentar antes as afirmações públicas que têm sido proferidas por primeiros-ministros e ministros das finanças socialistas europeus a propósito das negociações entre as instituições europeias e o executivo de Atenas.

“Depois de fazer isso, a seguir, podemos ter uma conversa mais elaborada”, disse, dirigindo-se a Ferro e recebendo uma prolongada salva de palmas das bancadas do PSD e do CDS.

Pedro Passos Coelho, ainda a propósito das “dez pragas socialistas” herdadas por Portugal, além das obras faraónicas, apontou também os “sucessivos PEC” (programas de estabilidade) apresentados entre 2010 e 2011 pelo executivo de José Sócrates, as “enormes desigualdades sociais” geradas pelo pedido de resgate de Portugal, a existência de um “défice a rondar os dez por cento” e o “completo desgoverno que reinava no setor empresarial do Estado”.

O primeiro-ministro criticou ainda os governos socialistas “pela nacionalização do Banco Português de Negócios (BPN)”, pela existência de um elevado défice tarifário na eletricidade, por “um desemprego estrutural a rondar os dez por cento” e, finalmente, por ter levado Portugal “a um endividamento galopante, com o aumento a atingir os 20 pontos percentuais”.

“Já agora, o PS fala em vergonha das privatizações. Mas digo-lhe que o encaixe financeiro feito nesta legislatura atingiu o dobro daquele que estava previsto pelo último Governo socialista”, acrescentou o líder do executivo.

/Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Alguém do PS se esqueceu da “renegociação da dívida”, do “número de medidas/dia” que o governo teria de implementar no processo de ajustamento, as “eleições antecipadas”, “novo resgate”, “viabilidade do endividamento”, da colossal “dívida às pppe’s” (picos em 2015 a 2017) e do SNSaúde amortizadas!
    Regabofe da memória curta assente em trocadilhos e o resto foi semântica com aquela salva de “perguntas” dos deputados “desconhecidos” do PS ao PM em clara frente de campanha distrital.
    Como estávamos em 2011 e como estamos a meio de 2015? Boa pergunta para quem não se veja grego perante indicadores técnicos…

  2. A política é um lamaçal de hipocrisia onde estes profissionais da política que por cá temos se degladiam pelos tachos da governação. E porque o povo tem memória curta de vez em quando lá vamos levando com o chicote da austeridade por imposição do FMI.
    Mesmo assim continuamos a gastar mais do que produzimos e pior; continuamos a eleger para nos governar os mesmos que gastam à tripa forra deixando o país na miséria fazem porcaria depois saem de cena e lavam as mãos como Pilatos.
    Para aqueles que têm memória curta recordo aqui que das três vezes que o FMI veio a Portugal, 1977; 1983; 2011, este pobre país era desgovernado por socialistas; Mário Soares 2x e o célebre residente em Évora na última vez.
    E como somos um povo com um triste fado vamos lá votar no Costa para termos a visita destes amores do FMI pela quarta vez.

    • Querem ver que ainda vêem para umas de perna alçada a fazer estalar o chicote?
      Pois é 1977, 1983 alto dignitário de fundação fechada e suja em frente à assembleia da república – e 2011 – Obras faraónicas e PPPês um escândalo de mão ao bolso e depois aquele aeroporto de 33 Milhões a apodrecer… Não há vergonha… Imaginem alguém do centro ou da dirª – Freita do Amaral, Adriano moreira, o Coelho ou o Cavaco ou o portas – serem autores de tamanha “desfaçatez”! Nunca mais punham os pés na rua…
      Em 5 anos assistiu-se a um branqueamento total e como se nada se tivesse passado, não se deixaram de pavonear por aí e até com tempos de antena pagos no canal público… “Granda caxa”.

  3. Amigo Passos Coelho agradeço muito o empenho…mas a mensagem não chega lá…o costa é um blá,,blá…blá…
    Concentra-te no país e no que tens de concluir a seguir.
    CONTA COM O MEU VOTO!!
    E apelo ao povo para de uma vez por todas para destingir a politica Séria da politica aldrabona, mentirosa e FALSA…mais um detido, o armando amigo do costa, de que lado querem estar meu POVO?
    PASSOS COELHO E PORTAS….CONTEM COM O NOSSO VOTO!
    Abr

RESPONDER

Há uma rua no Texas onde todas as casas foram impressas em 3D

Esta é a primeira comunidade de casas impressas em 3D nos EUA que está pronta a receber habitantes. A construção torna as habitações mais resistentes ao fogo e a inundações. Chama-se East 17th Street e fica …

A filha de Picasso doou nove obras do artista espanhol a França

A família de Pablo Picasso doou nove obras do artista ao Estado francês, que serão agora integradas no Museu Picasso, em Paris. Maya, a filha de Pablo Picasso, doou nove obras do artista como parte de …

Dormir bem? Depois da pandemia, não

O novo coronavírus criou uma "nação" de pessoas com insónias. Trabalhar menos horas pode ajudar. Insónias. Já eram um problema para muita gente até ao início de 2020 mas a pandemia que mudou o mundo também …

"Não posso ficar sentado a ver-nos voltar a 1972". Médico desafia a lei no Texas e admite que já fez um aborto

Um médico texano escreveu uma coluna de opinião no Washington Post a admitir que já fez um aborto no estado, depois da lei que proíbe interromper as gravidezes após seis semanas ter entrado em vigor. Em …

A cidade mais segura do mundo foi revelada (e é europeia)

Copenhaga foi eleita a cidade mais segura do mundo em 2021 pelo Índice de Cidades Seguras (SCI), da Economist Intelligence Unit. Quando se trata de escolher o destino a visitar, a segurança é um dos aspetos …

Benfica 3-1 Boavista | Águia evolui com Darwin para a vitória

Desde 1982/83 que o Benfica não vencia os primeiros seis jogos no Campeonato. Pois bem, na noite desta segunda-feira, os encarnados venceram o duelo ante o Boavista e fizeram xeque-mate graças ao bis de Darwin …

Milhões de pessoas em risco de tráfico e escravidão devido à crise climática, revela relatório

Milhões de pessoas forçadas a deixar as suas casas por causa da seca severa e ciclones correm o risco da escravidão moderna e de tráfico humano nas próximas décadas, alertou um novo relatório publicado esta …

Mercado teme corrida ao imobiliário com o fim dos vistos gold

A partir de janeiro, segundo as novas regras aplicáveis aos vistos gold, vão deixar de estar abrangidos os investimentos em imobiliário com destino a habitação em Lisboa, no Porto e no litoral. O regime que visa …

Desempregados inscritos no IEFP caem 10% em agosto

O número de desempregados inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) voltou a cair, pelo quinto mês consecutivo. Agosto fechou com 368.404 desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego De acordo com os dados …

Agora que a catedral de Notre-Dame está estabilizada, pode dar-se início à reconstrução

Dois anos e meio após o incêndio que devastou a catedral de Notre-Dame, o edifício encontra-se seguro para iniciar o processo de reconstrução, que se espera estar concluído em 2024. Os trabalhos de segurança e consolidação …