Escusa de juíza próxima do PS atrasa recurso de Sócrates sobre Carlos Alexandre

José Sena Goulão / Lusa

Supremo Tribunal de Justiça autorizou escusa de juíza próxima do PS. Recurso de Sócrates sobre afastamento de Carlos Alexandre está para ser decidido desde novembro de 2017.

Desde novembro que José Sócrates, antigo primeiro-ministro, espera para saber o resultado do recurso no qual pede o afastamento do juiz Carlos Alexandre.

Para a demora terá contribuído o pedido de escusa da juiza Maria José Machado que alegou, a 4 de janeiro, que a sua proximidade ao Partido Socialista poderia pôr em causa a perceção pública da imparcialidade de uma futura decisão.

O Supremo Tribunal de Justiça concordou e a 5 de fevereiro o recurso foi distribuído a um novo desembargador cuja identidade não é revelada pela Relação de Lisboa.

A 9 de fevereiro tinha sido noticiado que o Tribunal da Relação de Lisboa recusou afastar o juiz Carlos Alexandre, mas, de acordo com o Observador que cita o juiz presidente Orlando Nascimento, essa notícia está incorreta.

“O processo do incidente de recusa de Carlos Alexandre está ainda por decidir”. O equívoco nasceu do facto de ter sido decidido no dia 8 de fevereiro o indeferimento de um pedido de recusa do juiz Ivo Rosa, o segundo juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal, apresentado pelo Ministério Público.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Acho piada a estes comentários. Queixam-se de que está tudo feito para atrasar o processo, contudo, se a juíza não tivesse pedido escusa, cá estariam os mesmíssimos comentadores, muito indignados, a queixar-se de que, sendo ela próxima do PS, estava tudo feito para ilibar “o 44”.

Cientistas estão a atirar rochas vulcânicas para telhados (para provar que são perigosas)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Canterbury está a lançar rochas vulcânicas para telhados na Nova Zelândia na esperança de ajudar os habitantes de Auckland a entender os perigos vulcânicos. "Auckland localiza-se num campo vulcânico …

A cordilheira Kong nunca existiu, mas esteve nos mapas durante um século

A cordilheira Kong nunca existiu, mas esteve durante 100 anos em muito dos principais mapas do continente africano. Acabaria por ser um militar francês, que explorou o rio Níger, a acabar com este "fantasma da …

"Continua a pairar perigosamente". Relógio do Juízo final mantém-se a 100 segundos do Apocalipse

A Humanidade nunca esteve tão perto do Apocalipse, alertam os cientistas responsáveis pelo "Relógio do Juízo Final", que decidiram mantê-lo na mesma posição do ano passado, a 100 segundos da meia-noite. O relógio, que é uma …

A primeira bateria doméstica de hidrogénio armazena três vezes mais energia do que uma da Tesla

Para usar energia solar doméstica, é preciso gerar energia quando o Sol brilha e armazená-la quando não aparece. Para isto, as pessoas usam normalmente sistemas de bateria de lítio. Porém, a empresa australiana Lavo construiu …

Um oásis LGBTQ, Budapeste é posto à prova pelo populismo e pela pandemia

Budapeste é um oásis para a comunidade LGBTQ, mas a cena drag da capital húngara vê-se ameaçada pela pandemia de covid-19 e pelas políticas conservadoras e populistas de Viktor Orbán. Durante muitos anos, Budapeste desfrutou a …

Coreia do Sul "ressuscitou" voz de uma superestrela. Chovem preocupações éticas

Pela primeira vez em 25 anos, a distinta voz da superestrela sul-coreana Kim Kwang-seok será ouvida na televisão nacional. O famoso cantor folk morreu em 1996. De acordo com a CNN, a emissora nacional da Coreia …

Maioria dos países africanos só terá vacinação em massa a partir de 2023

A maioria dos países africanos só terá imunização em massa a partir de 2023, segundo previsão da The Economist Intelligence Unit, que admite que, com o evoluir da pandemia, muitos dos países mais frágeis possam …

Mulher que "morreu" com covid-19 aparece viva 10 dias após funeral

Uma mulher de 85 anos ficou infetada com covid-19 num lar na Galiza, em Espanha. A 13 de janeiro a família de Rogelia Blanco recebeu a informação do lar de que a mulher tinha falecido. …

Familiares de vítimas na China pressionadas a não falar com OMS

As autoridades chinesas estão a pressionar as famílias das primeiras vítimas da covid-19 para que não entrem em contacto com os investigadores da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Wuhan, segundo familiares dos falecidos. Mais de …

Falsas vacinas à venda na Internet são grande risco para a saúde

Embora milhões de pessoas tenham sido já vacinadas contra a covid-19 nos países ricos, proliferam as fraudes na Internet com fármacos falsos que representam um grande risco para a saúde, alertaram peritos das Nações Unidas. As …