Documentário afirma que Maddie está viva

findmadeleine.com

Maddie McCann

O Desaparecimento de Madeleine McCann é o novo documentário da Netflix sobre a menina desaparecida na Praia da Luz, no Algarve, em 2007. A produção defende a tese de que a menor foi raptada por traficantes e que ainda está viva.

Madeleine McCann desapareceu há quase 12 anos, de um apartamento de férias na Praia da Luz, em Portugal. O caso teve um grande mediatismo durante vários anos e nunca se chegou a saber o que aconteceu à criança que, na altura, tinha apenas três anos.

O caso de Maddie vai agora ser explicado num documentário da Netflix. The Disappearance of Madeleine McCann, que estreia esta sexta-feira, surge na forma de série, com oito episódios, e inclui entrevistas inéditas – tanto a amigos da família McCann, como também a investigadores que trabalharam no caso, incluindo o português Gonçalo Amaral.

Segundo o Correio da Manhã, o novo documentário avança com uma nova teoria sobre o que terá acontecido à menina inglesa: raptada, levada por um grupo de traficantes de crianças e ainda viva.

Além de vários testemunhos de pessoas próximas à investigação, o documentário da Netflix explora a realidade das redes de tráfico de menores.

O The Sun avança que um dos entrevistados é o polícia inglês Jim Gamble, descrito como “o polícia especializado em crimes infantis de topo no Reino Unido”. O especialista em proteção de crianças, que esteve envolvido na primeira investigação deste caso, insiste nesta produção documental que, 12 anos depois, o mistério ainda será resolvido.

“Acredito absolutamente que, no meu tempo de vida, vamos descobrir o que aconteceu a Madeleine McCann. Devemos ter muita esperança nos avanços na tecnologia. De ano para ano os teste de ADN estão a ficar melhores E o reconhecimento facial também”, afirmou.

Gamble acredita “piamente” que se irá descobrir o que aconteceu a Maddie. “Da mesma forma que usamos essa tecnologia para revisitar e rever o que conseguimos no passado, é provável que algo que já conhecemos se venha a encaixar.”

O documentário, que demorou cerca de dois anos a ser concretizado, defende também que a criança pode ter sido mantida viva pelos traficantes porque pode ser financeiramente mais valiosa, tendo em conta que vem de uma família de classe médica britânica.

Segundo o Observador, o documentário terá custado 23 milhões de euros e já está disponível no serviço português da plataforma de streaming.

Kate e Gerry McCann recusaram-se a participar no documentário, alegando que a investigação policial ainda está em curso. “Não vimos na altura, e continuamos a não ver, como é que este programa ajudará na busca por Madeleine e, em particular, ajudar a investigação policial. Pode até potencialmente obstruí-la“, disseram os pais da criança.

A busca por Maddie tornou-se numa das mais longas, dispendiosas e famosas da história. Doze anos e doze milhões de euros depois, nada se sabe acerca do paradeiro da menina. Neste momento, os pais aguardam a resposta das autoridades ao seu pedido de mais fundos para que as buscas continuem.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Tantos inteligentes para na prática nada saberem, apenas poderão argumentar hipóteses e nada mais e depois de tantos milhões gastos em vão.

  2. Pois é, o desaparecimento só me faz lembrar uma parte de um poema:
    Todos presentes? Faltou algum?
    E os que partiram para não mais voltar?
    No pensamento de cada um
    Aqui vieram connosco estar.

  3. Tristeza, será possível que os pais não se enxergam? e o cheiro a cadáver que os cães identificaram em casa, nas chaves, no carro, ninguém fala disso? bando de interesseiros só vêm dinheiro.
    Os Ingleses não deviam ter filhos, só pelo fato de os deixarem sozinhos deviam ser punidos.
    Abram os olhos e vão pelo que diz o Gonçalo Amaral ele é que tem razão.

  4. Eu vi no YouTube nos comentários que um tal que fez parte da investigação que uma senhora que não tinha filhos inglesa pediu para raptaram a criança ela vive bem tem outro nome, estava terminando o colégio estava se preparando para faculdade. A nova mãe fica encima dos estudos não deixa ela ter acesso as redes sociais e controla tudo. Ela está viva .refere bem cuidada e se apaixonou pela cca no hotel.ela é riquíssima e ele falou q faltava alguma coisa para pegarem essa mulher. Problemas dela ter sido registrada neste país que mora. Pelo menos está viva e vive bem. Espero ser verdade.

"Nada nos vai fazer recuar". Macron desperta a raiva do mundo muçulmano (e enfurece Erdogan)

Emmanuel Macron, presidente de França, assumiu posições muito claras na defesa da liberdade de exibir as caricaturas de Maomé, no âmbito da homenagem ao professor decapitado na semana passada, suscitando protestos em vários países muçulmanos. "Nada …

Merkel avisa Alemanha que os próximos meses vão ser “muito difíceis”

A chanceler alemã, Angela Merkel, avisou a Alemanha de que os próximos meses vão ser "muito difíceis", já que o número de infeções por covid-19 continua a crescer diariamente, tendo-se registado 8.685 nas últimas …

Portugal acusado de bloquear lei europeia contra evasão fiscal pelas multinacionais

Os governos português e sueco estão a ser acusados de bloquear, no Conselho da União Europeia (UE), a deliberação de uma lei contra a evasão fiscal por parte de grandes empresas multinacionais digitais. Segundo anunciou esta …

Consumo de antibióticos desce 22% durante a pandemia. Menos 1,1 milhões de embalagens vendidas

O consumo de antibióticos registou uma descida na ordem dos 22% nos primeiros oito meses deste ano. Venderam-se menos 1,1 milhões de embalagens, quando comparado com igual período do ano passado. Entre janeiro e agosto deste …

Portugal regista mais 2.447 casos e 27 mortes por covid-19

Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais 2.447 casos positivos e 27 mortes por covid-19. A informação foi divulgada, esta segunda-feira, no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico divulgado hoje revela que …

Testes rápidos devem ser aplicados em surtos em escolas ou lares

A Estratégia Nacional de Testes para SARS-CoV-2, hoje publicada, determina que em situações de surto em escolas, lares ou outras instituições devem ser utilizados preferencialmente testes rápidos no sentido de aplicar "rapidamente as medidas adequadas …

Em Berlim, Marta Temido defende reforma e reforço de poder da OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) deve ser alvo de uma reforma substancial que leve ao reforço do seu poder internacional na sequência da pandemia de Covid-19, defendeu esta segunda-feira a ministra da Saúde, Marta …

PJ faz buscas à Fiscalização e Contratação da Câmara de Barcelos

A investigação, relacionada com contractos efetuados no pelouro da vereadora Anabela Real, estão a ser investigados pela Polícia Judiciária. A Polícia Judiciária (PJ) fez hoje buscas na Câmara de Barcelos, tendo como alvo principal os serviços …

Governo ordena "encerramento compulsivo" do Instituto Superior de Gestão e Administração de Leiria

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, determinou o "encerramento compulsivo" do Instituto Superior de Gestão e Administração de Leiria, instituição privada detida pelo grupo Lusófona, que deverá fechar portas até ao fim …

Em recuperação, Navalny fala sobre envenenamento. “Foi um projeto pessoal de Putin que falhou"

Em entrevista ao canal de televisão inependente Dozhd TV, Alexei Navalny, que se encontra em recuperação da tentativa de assassinato com o agente químico Novichok, garante que ninguém o vai parar e lança farpas a …