Documentário afirma que Maddie está viva

findmadeleine.com

Maddie McCann

O Desaparecimento de Madeleine McCann é o novo documentário da Netflix sobre a menina desaparecida na Praia da Luz, no Algarve, em 2007. A produção defende a tese de que a menor foi raptada por traficantes e que ainda está viva.

Madeleine McCann desapareceu há quase 12 anos, de um apartamento de férias na Praia da Luz, em Portugal. O caso teve um grande mediatismo durante vários anos e nunca se chegou a saber o que aconteceu à criança que, na altura, tinha apenas três anos.

O caso de Maddie vai agora ser explicado num documentário da Netflix. The Disappearance of Madeleine McCann, que estreia esta sexta-feira, surge na forma de série, com oito episódios, e inclui entrevistas inéditas – tanto a amigos da família McCann, como também a investigadores que trabalharam no caso, incluindo o português Gonçalo Amaral.

Segundo o Correio da Manhã, o novo documentário avança com uma nova teoria sobre o que terá acontecido à menina inglesa: raptada, levada por um grupo de traficantes de crianças e ainda viva.

Além de vários testemunhos de pessoas próximas à investigação, o documentário da Netflix explora a realidade das redes de tráfico de menores.

O The Sun avança que um dos entrevistados é o polícia inglês Jim Gamble, descrito como “o polícia especializado em crimes infantis de topo no Reino Unido”. O especialista em proteção de crianças, que esteve envolvido na primeira investigação deste caso, insiste nesta produção documental que, 12 anos depois, o mistério ainda será resolvido.

“Acredito absolutamente que, no meu tempo de vida, vamos descobrir o que aconteceu a Madeleine McCann. Devemos ter muita esperança nos avanços na tecnologia. De ano para ano os teste de ADN estão a ficar melhores E o reconhecimento facial também”, afirmou.

Gamble acredita “piamente” que se irá descobrir o que aconteceu a Maddie. “Da mesma forma que usamos essa tecnologia para revisitar e rever o que conseguimos no passado, é provável que algo que já conhecemos se venha a encaixar.”

O documentário, que demorou cerca de dois anos a ser concretizado, defende também que a criança pode ter sido mantida viva pelos traficantes porque pode ser financeiramente mais valiosa, tendo em conta que vem de uma família de classe médica britânica.

Segundo o Observador, o documentário terá custado 23 milhões de euros e já está disponível no serviço português da plataforma de streaming.

Kate e Gerry McCann recusaram-se a participar no documentário, alegando que a investigação policial ainda está em curso. “Não vimos na altura, e continuamos a não ver, como é que este programa ajudará na busca por Madeleine e, em particular, ajudar a investigação policial. Pode até potencialmente obstruí-la“, disseram os pais da criança.

A busca por Maddie tornou-se numa das mais longas, dispendiosas e famosas da história. Doze anos e doze milhões de euros depois, nada se sabe acerca do paradeiro da menina. Neste momento, os pais aguardam a resposta das autoridades ao seu pedido de mais fundos para que as buscas continuem.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Tantos inteligentes para na prática nada saberem, apenas poderão argumentar hipóteses e nada mais e depois de tantos milhões gastos em vão.

  2. Pois é, o desaparecimento só me faz lembrar uma parte de um poema:
    Todos presentes? Faltou algum?
    E os que partiram para não mais voltar?
    No pensamento de cada um
    Aqui vieram connosco estar.

  3. Tristeza, será possível que os pais não se enxergam? e o cheiro a cadáver que os cães identificaram em casa, nas chaves, no carro, ninguém fala disso? bando de interesseiros só vêm dinheiro.
    Os Ingleses não deviam ter filhos, só pelo fato de os deixarem sozinhos deviam ser punidos.
    Abram os olhos e vão pelo que diz o Gonçalo Amaral ele é que tem razão.

  4. Eu vi no YouTube nos comentários que um tal que fez parte da investigação que uma senhora que não tinha filhos inglesa pediu para raptaram a criança ela vive bem tem outro nome, estava terminando o colégio estava se preparando para faculdade. A nova mãe fica encima dos estudos não deixa ela ter acesso as redes sociais e controla tudo. Ela está viva .refere bem cuidada e se apaixonou pela cca no hotel.ela é riquíssima e ele falou q faltava alguma coisa para pegarem essa mulher. Problemas dela ter sido registrada neste país que mora. Pelo menos está viva e vive bem. Espero ser verdade.

RESPONDER

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …

Portugueses vencem "Óscares" de animação em Los Angeles

O filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” da realizadora portuguesa Regina Pessoa, venceu este domingo o prémio de Melhor Curta Metragem e Sérgio Martins venceu a Melhor Direção de Animação em Longa Metragem, pelo …

Juiz Neto de Moura muda nome com que assina acórdãos

O juiz Neto de Moura, envolvido em algumas decisões polémicas sobre violência doméstica, alterou o nome com que assina os acórdãos, avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa deste domingo. De acordo com …

Violenta tempestade faz pelo menos 30 mortos em Minas Gerais

A violenta tempestade que desde quinta-feira assola o estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil, já provocou pelo menos 30 mortos e 17 desaparecidos, anunciou este domingo a Proteção Civil. De acordo com o novo balanço, …

Descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham

Foram descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham usando as suas barbatanas. Ao todo são já conhecidas nove espécies deste tipo de tubarões. Investigadores encontraram tubarões que caminham nas águas do norte da Austrália e …

Caso suspeito de infeção por coronavírus em Portugal deu negativo

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou este domingo que o primeiro caso suspeita de coronavírus em Portugal, com um paciente sob observação no Hospital de Curry Cabral, em Lisboa, deu negativo após  análises. "A Direção-Geral da …

Francisco Rodrigues dos Santos é o novo líder do CDS

A moção de estratégia de Francisco Rodrigues dos Santos, sob o título "Voltar a Acreditar", foi a mais votada na madrugada domingo no 28.º congresso do CDS, em Aveiro, avançaram à agência Lusa fontes partidárias. A …

Cientistas descobrem proteína capaz de imitar os efeitos do exercício físico

A proteína, chamada de Sestrin, é capaz de proporcionar benefícios musculares muito semelhantes aos da prática de exercício físico. Um grupo de cientistas da Universidade de Medicina do Michigan, nos Estados Unidos, descobriu uma proteína …

Inscrição hebraica com 2.800 anos revela antigo nome bíblico

Uma equipa de arqueólogos encontrou um jarro com 2.8000 anos com a inscrição em hebraico "Benayo" no sítio arqueológico de Abel Beth Maacah, no norte de Israel, local várias vezes mencionado na Bíblia Hebraica.  De …