Documentário afirma que Maddie está viva

findmadeleine.com

Maddie McCann

O Desaparecimento de Madeleine McCann é o novo documentário da Netflix sobre a menina desaparecida na Praia da Luz, no Algarve, em 2007. A produção defende a tese de que a menor foi raptada por traficantes e que ainda está viva.

Madeleine McCann desapareceu há quase 12 anos, de um apartamento de férias na Praia da Luz, em Portugal. O caso teve um grande mediatismo durante vários anos e nunca se chegou a saber o que aconteceu à criança que, na altura, tinha apenas três anos.

O caso de Maddie vai agora ser explicado num documentário da Netflix. The Disappearance of Madeleine McCann, que estreia esta sexta-feira, surge na forma de série, com oito episódios, e inclui entrevistas inéditas – tanto a amigos da família McCann, como também a investigadores que trabalharam no caso, incluindo o português Gonçalo Amaral.

Segundo o Correio da Manhã, o novo documentário avança com uma nova teoria sobre o que terá acontecido à menina inglesa: raptada, levada por um grupo de traficantes de crianças e ainda viva.

Além de vários testemunhos de pessoas próximas à investigação, o documentário da Netflix explora a realidade das redes de tráfico de menores.

O The Sun avança que um dos entrevistados é o polícia inglês Jim Gamble, descrito como “o polícia especializado em crimes infantis de topo no Reino Unido”. O especialista em proteção de crianças, que esteve envolvido na primeira investigação deste caso, insiste nesta produção documental que, 12 anos depois, o mistério ainda será resolvido.

“Acredito absolutamente que, no meu tempo de vida, vamos descobrir o que aconteceu a Madeleine McCann. Devemos ter muita esperança nos avanços na tecnologia. De ano para ano os teste de ADN estão a ficar melhores E o reconhecimento facial também”, afirmou.

Gamble acredita “piamente” que se irá descobrir o que aconteceu a Maddie. “Da mesma forma que usamos essa tecnologia para revisitar e rever o que conseguimos no passado, é provável que algo que já conhecemos se venha a encaixar.”

O documentário, que demorou cerca de dois anos a ser concretizado, defende também que a criança pode ter sido mantida viva pelos traficantes porque pode ser financeiramente mais valiosa, tendo em conta que vem de uma família de classe médica britânica.

Segundo o Observador, o documentário terá custado 23 milhões de euros e já está disponível no serviço português da plataforma de streaming.

Kate e Gerry McCann recusaram-se a participar no documentário, alegando que a investigação policial ainda está em curso. “Não vimos na altura, e continuamos a não ver, como é que este programa ajudará na busca por Madeleine e, em particular, ajudar a investigação policial. Pode até potencialmente obstruí-la“, disseram os pais da criança.

A busca por Maddie tornou-se numa das mais longas, dispendiosas e famosas da história. Doze anos e doze milhões de euros depois, nada se sabe acerca do paradeiro da menina. Neste momento, os pais aguardam a resposta das autoridades ao seu pedido de mais fundos para que as buscas continuem.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Tantos inteligentes para na prática nada saberem, apenas poderão argumentar hipóteses e nada mais e depois de tantos milhões gastos em vão.

  2. Pois é, o desaparecimento só me faz lembrar uma parte de um poema:
    Todos presentes? Faltou algum?
    E os que partiram para não mais voltar?
    No pensamento de cada um
    Aqui vieram connosco estar.

  3. Tristeza, será possível que os pais não se enxergam? e o cheiro a cadáver que os cães identificaram em casa, nas chaves, no carro, ninguém fala disso? bando de interesseiros só vêm dinheiro.
    Os Ingleses não deviam ter filhos, só pelo fato de os deixarem sozinhos deviam ser punidos.
    Abram os olhos e vão pelo que diz o Gonçalo Amaral ele é que tem razão.

  4. Eu vi no YouTube nos comentários que um tal que fez parte da investigação que uma senhora que não tinha filhos inglesa pediu para raptaram a criança ela vive bem tem outro nome, estava terminando o colégio estava se preparando para faculdade. A nova mãe fica encima dos estudos não deixa ela ter acesso as redes sociais e controla tudo. Ela está viva .refere bem cuidada e se apaixonou pela cca no hotel.ela é riquíssima e ele falou q faltava alguma coisa para pegarem essa mulher. Problemas dela ter sido registrada neste país que mora. Pelo menos está viva e vive bem. Espero ser verdade.

RESPONDER

Os gorilas têm amigos para toda a vida (e fazem grandes festas anuais)

Cientistas concluíram que os gorilas têm amizades que duram para toda a vida, inclusive entre animais que não são parentes, e celebram grandes reuniões anuais. De acordo com o ABC, uma equipa de cientistas concluiu que …

Bengala que guiou bote salva-vidas após o naufrágio do Titanic leiloada por 44 mil euros

Quando o Titanic afundou em águas geladas perto de Newfoundland em 1912, um bote salva-vidas de sobreviventes usou a luz operada por bateria na bengala de uma mulher para iluminar o caminho para a segurança. Essa …

Amostras de sangue de animais de zoológicos ajudam a prever doenças em humanos

Os cientistas querem usar padrões genéticos similares, que estão presentes no sangue de humanos e animais há milhares de anos, para melhorar o prognóstico da doença assistida por computador. Os jardins zoológicos de Saarbrücken e Neunkirchen, …

Encontrado no topo dos Alpes um lago que não devia existir

Um montanhista capturou a formação de um lago "alarmante" no alto dos Alpes franceses depois de a neve glacial ter derretido durante a intensa onda de calor que atingiu a Europa central no final de …

Fogo na Sertã reacendeu e há aldeias cercadas pelas chamas

O incêndio no concelho da Sertã reacendeu à tarde depois de sido dado como dominado durante a madrugada, continuando os fogos no distritos de Castelo Branco a mobilizar mais de mil bombeiros e 15 meios …

Há uma cidade onde o dinheiro cresce das árvores

Morador da remota cidade de Skagway, no Alaska, há cerca de um ano, John Sasfai entra na cervejaria Skagway Brewing Co. e pede uma cerveja artesanal local à base de broto de abeto (árvore conífera …

Os gatos são um problema na Austrália. Matam mais de dois mil milhões de animais selvagens por ano

Quando os gatos vagueiam livremente, pequenos animais selvagens morrem. Na Austrália, a contagem de corpos já excede os dois mil milhões de animais nativos por ano. Na Austrália, investigadores ambientais analisaram centenas de estudos sobre os …

Morreu a antiga apresentadora da RTP Isabel Wolmar

Morreu a antiga apresentadora da RTP Isabel Wolmar. A cara histórica da estação pública tinha 86 anos. A notícia foi avançada pelo amigo Júlio Isidro na sua página oficial de Facebook. No Facebook, o apresentador da …

Cidade americana usa músicas infantis para afastar os sem-abrigo

https://vimeo.com/349252020 A cidade de West Palm Beach, no estado americano da Flórida, está a usar músicas infantis em loop para evitar que os sem-abrigo durmam no parque da cidade durante a noite. Numa tentativa desesperada e bizarra …

Nicolás Maduro acusa EUA de usarem sanções para se apoderarem do petróleo da Venezuela

O Presidente Nicolás Maduro acusou sábado os EUA de usarem as sanções contra a Venezuela como uma maneira de dominar o país para se apoderarem dos recursos petrolíferos venezuelanos. "Os EUA querem dominar-nos para controlar o …