Costa recusa responder a Sócrates. Carlos César reafirma “tristeza” e “raiva”

Mário Cruz / Lusa

O secretário-geral do Partido Socialista e atual primeiro-ministro, António Costa, com o presidente do PS, Carlos César

O primeiro-ministro António Costa recusou responder às críticas feitas por José Sócrates. Carlos César, presidente do PS, reafirma o que disse em 2018.

Este sábado, António Costa recusou responder às críticas feitas por José Sócrates e escudou-se na judoca Telma Monteiro para sublinhar que se deve ter presentes os “bons exemplos”.

Em Lisboa, à margem da condecoração da judoca com a medalha de Honra ao Mérito Desportivo, o governante foi questionado se queria responder às acusações do antigo primeiro-ministro e ex-líder socialista que, contestando ao dirigente socialista Fernando Medina, acusou o seu “mandante” na liderança do PS de “profunda canalhice”.

Costa não quis responder e disse apenas: “Hoje estamos a falar da Telma Monteiro, que é o que conta, são os bons exemplos que devemos ter presentes, que devemos seguir e que nos devem guiar”.

“Foi a Telma Monteiro que me trouxe aqui, foi o judo português que me trouxe aqui, e é sobre o judo português e a Telma Monteiro que eu quero falar”, acrescentou.

Por sua vez, Carlos César, presidente do PS, reafirmou as críticas que fez em 2018 ao ex-primeiro-ministro. “Não tenho nada a acrescentar ao que disse há três anos. Fi-lo e com o necessário vigor”, explicou ao Público.

Nesse ano, César foi uma das pessoas que criticou de forma mais dura Sócrates, tendo levado até à sua desfiliação do PS, como o próprio ex-primeiro-ministro tornou público.

“Evidentemente penalizamo-nos muito, ficamos entristecidos, até enraivecidos, que pessoas que se aproveitam de partidos políticos e designadamente do PS tenham comportamentos desta natureza. Evidentemente que ficamos revoltados. A vergonha até é maior [no caso Sócrates] porque era primeiro-ministro”, disse, na altura, na TSF.

As reações vão-se multiplicando, num partido que já não está a uma só voz, depois de José Sócrates ter sido ilibado dos crimes de corrupção na Operação Marquês.

Ivo Rosa acusou declaradamente José Sócrates de se ter “vendido” ao amigo Carlos Santos Silva, mas o crime já prescreveu e, portanto, o antigo PM está apenas acusado de branqueamento de capitais, arriscando até 12 anos de prisão.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Convenientemente “crime já prescreveu”… Depois de tanta “investigação” conseguiram deixar prescrever os crimes… É por estas e por outras que ninguém leva Portugal a sério, a justiça é uma anedota, só é bom mesmo para passar férias.

RESPONDER

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …

Morreu o "último nazi" canadiano, aos 97 anos

Um ucraniano que serviu como tradutor no regime nazi morreu na quinta-feira na sua casa, em Ontário, no Canadá, encerrando uma luta de décadas para deportá-lo e acusá-lo de cúmplice no assassinato de dezenas de …

No Sri Lanka, elefantes traficados foram resgatados. Mas voltaram às pessoas que os compraram ilegalmente

Um tribunal do Sri Lanka devolveu elefantes resgatados a pessoas influentes que foram acusadas de os terem comprado ilegalmente. Durante alguns anos, elefantes selvagens permaneceram na corda bamba de uma intensa batalha de custódia judicial entre …

Sporting 1-0 Marítimo | Porro volta a decidir de penálti

Que sofrimento! É normal ver os “grandes” dominarem por completo os seus adversários, mas nesta partida entre Sporting e Marítimo, em Alvalade, praticamente só houve uma equipa a atacar e a procurar o golo. Ainda assim, …

A falhar pagamentos e com 260 mil milhões de dívida - como é que a Evergrande chegou até aqui?

A situação da imobiliária chinesa Evergrande, que tem uma dívida maior do que a economia portuguesa, está a deixar o mundo ansioso sobre uma eventual repetição da história da crise de 2008, que começou com …