Constitucional rejeita mais um recurso de Sócrates e revela circuito das “luvas”

Arquivo ITU

O ex-Primeiro-ministro José Sócrates

O Tribunal Constitucional (TC) rejeitou mais um recurso de José Sócrates, revelando o circuito das alegadas “luvas” recebidas pelo ex-primeiro-ministro para comprovar o argumento da “especial complexidade do processo”.

No acórdão do TC publicado em Diário da República (DR) esta terça-feira, 1 de Março, é refutada a argumentação do recurso da defesa de Sócrates que alegava que o juiz de instrução, Carlos Alexandre, teria violado a Constituição com a decisão da “excepcional complexidade do processo” e dos “prazos da prisão preventiva”.

O TC rejeita esta ideia, contrariando duas das instâncias referidas pelos advogados de Sócrates e recusando analisar as outras 10 questões sob o argumento de que não se enquadram na Constituição.

Sócrates é assim condenado a pagar as custas do processo, no valor de 2.142 euros, depois de há cerca de seis meses ter visto o TC rejeitar outro recurso e imputar-lhe as custas de 2.550 euros.

Mais do que isso, esta resposta é um duro golpe para o ex-governante, que vê o Tribunal Constitucional divulgar ao público detalhes muito específicos da investigação da Operação Marquês para confirmar a sua argumentação da “especial complexidade do processo” e defender a decisão do juiz Carlos Alexandre relativamente ao tempo da prisão preventiva de Sócrates.

No acórdão de 20 páginas divulgado em DR, traça-se o circuito das “luvas” que terão beneficiado José Sócrates, conforme a tese do Ministério Público, depois de em Setembro passado, a pedido da defesa do ex-primeiro-ministro, estes dados terem deixado de estar em Segredo de Justiça.

O texto fala das transferências para as contas de Carlos Santos Silva na Suíça, do BESI, da compra da casa de Paris e do dinheiro transferido para o ex-motorista de Sócrates.

O acórdão especifica, por exemplo, que “no Verão de 2012, foram verificadas transferências para França, a débito de uma das referidas contas E. de um total de €2.867.300,00, que se indicia ter sido utilizado para o pagamento de um imóvel em Paris, onde veio a habitar o F. [José Sócrates]”.

No documento, o TC menciona ainda “uma transferência para Espanha, de cerca de €750.000,00, relacionado com um negócio de aquisição de direitos televisivos“, efectuada em 2011, e refere que, “desde 2012 até ao presente, foram identificadas várias outras formas de A. [Carlos Santos Silva] realizar atribuições de fundos a favor de F., sem qualquer justificação”.

Ainda se nota no acórdão “a realização de entregas de numerário, em montantes de cerca de €10.000,00 cada, quer pela simulação da aquisição de imóveis de familiares do mesmo F., caso de, pelo menos, três apartamentos, quer pelo pagamento de despesas pessoais”.

Nota-se também que “foram identificados depósitos directos de fundos, por cheques, na conta do motorista pessoal de F., em montante de cerca de €60.000,00, desde 2012″.

O TC torna também público que foi “identificado um outro circuito de justificação da atribuição de fundos a F. que simula o pagamento de uma actividade de consultoria prestada a uma sociedade do ramo farmacêutico [a Octapharma], mas que se suspeita que, na realidade, é suportada por A.“.

ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Afinal onde há fumo…
    Se o Tribunal Constitucional diz isto, o que estará ainda no resto do processo e que está (e bem) em segredo de justiça?
    Curiosamente, não leio ainda nenhum comentário dos apoiantes do 44.

  2. É de estranhar ! Onde estão agora os habituais defensores do dito? Os energúmenos que todos ofendem?
    O mais triste disto tudo é que é o próprio tribunal constitucional que vem descobrir a careca! Se calhar não é o mesmo tribunal constitucional !

  3. Este paspalho arrogante já merecia voltar lá para dentro… Realmente começam a faltar argumentos aos defensores (já nem a possibilidade de partilharem alguma da generosidade do amigo caridoso os move a inventar razões!)

  4. Tribunal dá razão ao CM. Este é o segundo recurso em seis meses que o Constitucional rejeita. Tem de pagar cerca de 5000 de euros de custas. Mas o que é isso para o cocas que tinha 23 milhões na Suiça em nome do amigo? Existe um batalhão de juizes e procuradores a tratar do assunto. Na verdade o processo é demasiado complexo e não pode ser esclarecido de um momento para o outro. Mas espero bem que dê frutos e que esse ladrão vá cair com os costados na Carregueira. É que o pintainho e o noronha já foram à vida. Isto agora fia mais fino!!!

RESPONDER

Organização cancela Marcha do Orgulho LGBTI+ de Lisboa (e critica a Direção-Geral da Saúde)

A Comissão Organizadora da Marcha do Orgulho LGBTI+ de Lisboa anunciou hoje o cancelamento da iniciativa e criticou a Direção-Geral da Saúde (DGS), que emitira parecer desfavorável. A marcha estava prevista para hoje. “Apesar das tentativas …

Dois eurodeputados portugueses não vão a Bruxelas há um ano. Nuno Melo diz que perde 300 euros todos os dias

Os eurodeputados Nuno Melo (CDS) Cláudia Monteiro de Aguiar (PSD) não voltaram a pôr os pés no Parlamento Europeu desde que foram decretados os trabalhos à distância por causa da pandemia de covid-19. Nuno Melo …

Missão difícil em Munique. 7 campeões europeus contra 5 campeões mundiais e a história

A seleção portuguesa de futebol pode garantir hoje o apuramento para os oitavos de final do Euro2020, mas terá de vencer a poderosa e favorita Alemanha, ainda à procura dos primeiros pontos no Grupo F. A …

Especialista britânico diz que terceira vaga está a caminho do Reino Unido

Uma terceira onda de infeções por covid-19 está a caminho do Reino Unido, onde os contágios diários ultrapassam de novo os 10.000 casos, afirmou o assessor do Governo no Comité Conjunto de Vacinação e Imunização …

Equipa portuguesa faz descoberta que pode travar a doença de Alzheimer

Uma equipa de investigadores portugueses identificou um novo mecanismo associado aos neurónios envelhecidos que pode abrir uma nova via terapêutica para travar a doença de Alzheimer. Hoje em dia, há cada vez mais pessoas a viver …

“Abuso de funções”. BE acusa Centeno de estar a "condicionar" as negociações do OE

As recomendações do governador do Banco de Portugal sobre as políticas que o país deve seguir, nomeadamente a estabilidade da legislação laboral, não caíram bem à esquerda. Em declarações ao ECO, o Bloco de Esquerda não …

Aberto inquérito-crime ao atropelamento mortal com carro de Cabrita. Não há câmaras no local do acidente

A GNR já está a investigar as circunstâncias do atropelamento mortal com um carro onde seguia o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita. Mas o inquérito-crime não poderá contar com imagens das câmaras de video-vigilância …

Nuno Mendes e João Félix fora do jogo com a Alemanha

Os jogadores Nuno Mendes e João Félix vão ficar fora do jogo deste sábado frente à Alemanha devido a uma mialgia muscular. Ambos vão assistir ao encontro na bancada e devem recuperar a tempo de defrontar …

Antigo governador civil desmente Medina (que explicou sem explicar o envio de dados a embaixadas)

O último governador civil de Lisboa, o socialista António Galamba, desmente Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, no âmbito das conclusões da auditoria ao envio de dados de manifestantes para embaixadas estrangeiras. E há …

Portugueses burlados em Munique. PSP alerta para a venda de bilhetes falsos

No dia em que Portugal joga contra à Alemanha na capital da Baviera, a PSP alertou que vários portugueses estão a ser burlados com a venda de bilhetes falsos para a partida. O intendente Pedro Colaço …