Conselho Europeu reúne-se para evitar uma guerra de vacinas. Biden é o convidado especial da hora do jantar

Stephanie Lecocq / AFP

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen

Esta quinta-feira, os chefes de Estado e de Governo da União Europeia (UE) vão reunir-se numa cimeira que tem como objetivo evitar bloqueios de exportações e guerras de vacinas desnecessárias. Por volta da hora do jantar, vão contar com a presença, por videoconferência, de um convidado especial: Joe Biden.

Segundo o Expresso, um alto responsável europeu revelou que vários países têm-se mostrado “prudentes quanto à aplicação” de um mecanismo que aperta o controlo das exportações para fora do bloco europeu.

Um dia depois de a Comissão Europeia ter proposto um reforço do controlo sobre as exportações de vacinas, os chefes de Estado e de Governo vão reunir-se esta quinta-feira com um objetivo comum: evitar um bloqueio de exportações por parte da UE, que pode criar problemas mais graves na cadeia de abastecimento global

A proposta da Comissão para reforçar o mecanismo de autorização de exportação de vacinas deverá funcionar como um alerta para se evitar uma guerra de vacinas desnecessária, nomeadamente com o Reino Unido.

De acordo com este princípio, a UE verificaria se os países para os quais são exportadas vacinas estão a devolver a solidariedade ou, se pelo contrário, estão a travar a chegada de doses e componentes à União Europeia. Nesse caso, as exportações arriscam ser bloqueadas.

O semanário avança, no entanto, que há vários países reticentes em aplicar a “ideia de reciprocidade“.

Na reunião desta quinta-feira, as vozes vão soar em uníssono e defender o aumento dos esforços para acelerar a produção e distribuição de vacinas e garantir que as farmacêuticas não criam mais atrasos.

A AstraZeneca continua debaixo de fogo pelas falhas na distribuição de vacinas à União Europeia. Além disso, as 29 milhões de doses encontradas numa fábrica em Itália lançou ainda mais confusão, pelo facto de ter sido avançado que seriam destinadas ao Reino Unido.

Os britânicos já negaram e a farmacêutica garantiu que as doses se destinam à União Europeia e aos países de baixos rendimentos.

Por volta da hora do jantar – 19h45 (hora de Lisboa) – os chefes de Estado e de Governo da UE vão ter um convidado especial a participar na reunião do Conselho Europeu: o Presidente norte-americano Joe Biden.

Este será o primeiro contacto do governante com os líderes europeus, que irá dirigir-se aos 27 para falar de cooperação e do futuro da relação transatlântica. No final, António Costa, enquanto presidente do Conselho da UE, deverá falar em nome dos restantes.

O Expresso avança que deverão ser abordados temas de interesse comum: o combate às alterações climáticas; o combate à pandemia de covid-19; e a relação com a Rússia.

A videoconferência de líderes arranca às 12h de Lisboa.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pianista de aeroporto ganhou 60 mil dólares em gorjetas

Tonee "Valentine" Carter, que toca piano num aeroporto norte-americano, ganhou 60 mil dólares (cerca de 50.800 mil euros) depois de um estranho partilhar um vídeo seu a tocar. Tonee "Valentine" Carter, de 66 anos, não é …

Youtubers denunciam campanha de fake news contra vacina da Pfizer

De acordo com a imprensa brasileira, uma agência de marketing terá tentado que influenciadores digitais de todo o mundo partilhassem desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. A denúncia foi feita por alguns dos influenciadores …

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …

Covid-19. Portugal regista 2.306 novos casos e aumento nos internados

Portugal registou este domingo 2.306 novos casos de infeção por covid-19 e mais oito mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).  Portugal regista este domingo oito mortes atribuídas à covid-19, 2.306 novos casos …

Birmânia. Líder da junta volta a prometer eleições até 2023, seis meses depois do golpe militar

O líder da junta militar birmanesa, no poder desde o golpe de 1 de fevereiro, comprometeu-se novamente a realizar eleições "até agosto de 2023". “Estamos a trabalhar para estabelecer um sistema multipartidário democrático”, disse, este domingo, …

Tóquio2020. Patrícia Mamona conquista medalha de prata no triplo salto (e melhora recorde nacional)

Patrícia Mamona conquistou este domingo a medalha de prata no triplo salto dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, ao conseguir 15,01 metros, novo recorde nacional, arrebatando a segunda medalha por atletas portugueses depois do bronze do judoca …

Trabalhadores da CP e IP iniciam hoje greve ao trabalho extraordinário e feriados

Os trabalhadores da CP - Comboios de Portugal e da Infraestruturas de Portugal (IP) entram este domingo em greve ao trabalho extraordinário e feriados, até 31 de agosto, por aumentos salariais. A greve, convocada pelo Sindicato …

Mesmo longe da Casa Branca, Trump foi o político republicano que mais arrecadou dinheiro em 2021

O ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump é o político do Partido Republicano que mais arrecadou dinheiro este ano, apesar de ter deixado o cargo a 20 de janeiro, segundo a imprensa local. Os comités políticos …

Marcelo satisfeito com reabertura “sensata”. Alívio das restrições arranca hoje

O levantamento gradual das restrições em função da vacinação contra a covid-19 arranca este domingo com regras aplicáveis em todo o território continental, inclusive o limite de horário de encerramento até às 2h00 para restauração …