Chefe do Exército volta a nomear os cinco comandantes exonerados

(dr) presidencia.pt

O Chefe do Estado-Maior do Exército, General Frederico José Rovisco Duarte

O chefe do Estado-Maior do Exército, Rovisco Duarte, voltou a nomear para os mesmos cargos os cinco comandantes que tinha exonerado para não perturbar as averiguações internas sobre o furto de material de guerra em Tancos.

“O Exército informa que os oficiais em causa foram nomeados pelo Chefe do Estado-Maior do Exército para os mesmos cargos, com efeitos a partir de 18 de julho de 2017”, é referido num comunicado do Exército.

A decisão foi tomada “considerando que com a conclusão destas averiguações se encontram ultrapassadas as razões que justificaram a exoneração dos comandantes”.

A exoneração destes militares tinha sido anunciada no passado dia 01 pelo chefe do Estado-Maior do Exército, Rovisco Duarte, em declarações à RTP.

“Não quero que haja entraves às averiguações e decidi exonerar os cinco comandantes das unidades que de alguma forma estão relacionadas com estes processos”, anunciou Rovisco Duarte, em declarações à RTP.

O porta-voz do ramo, tenente-coronel Vicente Pereira, esclareceu posteriormente que estas exonerações visavam um “afastamento temporário” e que no final das investigações internas poderiam “voltar a funções”.

Os militares exonerados eram o comandante da Unidade de Apoio da Brigada de Reação Rápida, tenente-coronel Correia, o comandante do Regimento de Infantaria 15, coronel Ferreira Duarte, o comandante do Regimento de Paraquedistas, coronel Hilário Peixeiro, o comandante do Regimento de Engenharia 1, coronel Paulo Almeida, e o comandante da Unidade de Apoio de Material do Exército, coronel Amorim Ribeiro.

A decisão do CEME de exonerar os cinco comandantes de unidade suscitou polémica no Exército, com dois generais da estrutura superior do Exército a assumirem publicamente a sua discordância face à forma como o Rovisco Duarte geriu este caso.

O tenente-general António de Faria Menezes pediu a exoneração do comando das Forças Terrestres, ocupado agora em “suplência” pelo número 2, major-general Cóias Ferreira.

A segunda “baixa” foi a do tenente-general Antunes Calçada, que pediu a passagem à reserva por, segundo noticiou o semanário Expresso, “divergências inultrapassáveis” com o CEME alegadamente devido à forma como o general Rovisco Duarte decidiu exonerar os cinco comandantes.

// Lusa

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Pior a emenda que o sinete.
    Se foi mau exonerar, ainda é pior renomear depois do que se têm falado e do muito que há ainda por saber.
    Porque foram exonerados???
    Porque foram renomeados???

  2. pois foi só uma forma de pagar uma indemnização e voltar a integrar com mais uns milhares no bolso.
    Obrigado costa por teres acabado com a austeridade e pagarmos estes actos de gestão maravilhosa

  3. De facto vá-se lá entender este Chefe do Estado Maior do Exército. Quem é o responsável pelo desaparecimento das armas? Ninguém! Não reconheço estas Forças Armadas. Será que perdi 18 meses no meu tempo de serviço militar obrigatório?

Barry Jenkins vai realizar sequela de "O Rei Leão"

O realizador e argumentista de Moonlight foi escolhido pela Walt Disney Studios para realizar a sequência do blockbuster de 2019, O Rei Leão. Ainda não há uma data de lançamento prevista para o segundo filme, mas …

"Não me sinto seguro sem uma". Venda de armas aumentou drasticamente nos EUA

Os EUA continuam a ser um dos países onde os cidadãos comuns têm mais facilidade em comprar armas de fogo. Esta é uma prática recorrente, e mais de um terço das famílias norte-americanas têm uma …

Pássaros de São Francisco aprenderam uma nova (e mais complexa) melodia durante a pandemia

Uma nova investigação científica relata que os pardais-de-coroa-branca de São Francisco, ave que vive nas zonas urbanas e rurais da cidade norte-americana, aprenderam uma nova e mais complexa melodia durante a pandemia. De acordo com …

Enorme espinha dorsal de tubarão-branco dá à costa em Massachusetts depois de uma tempestade

A espinha dorsal que se acredita pertencer a um espécime de tubarão-branco (Carcharodon carcharias) deu à costa numa praia em Massachusetts, nos Estados Unidos, depois de uma tempestade ter atingido a região. A espinha foi encontrada …

A China está a tornar-se o país com maior influência na ONU

Há dez anos, a China começou uma operação que lhe tem vindo a garantir mais influência nas Nações Unidas. Agora, o poder que possui na organização mundial protege o país asiático do escrutínio internacional. De acordo …

Uma droga pode tratar o nanismo (mas há quem defenda o "orgulho anão")

Um estudo vem agora revelar que uma droga pode tratar o nanismo. Porém, a possibilidade de haver um tratamento para esta condição clínica não é consensual. Um novo estudo, financiado pela BioMarin Pharmaceutical e publicado no …

Meghan Markle perde batalha judicial. Em causa está carta que enviou ao pai (divulgada por jornal britânico)

Depois de no passado mês de agosto, Meghan Marke vencer uma batalha judicial contra o Mail on Sunday, desta vez a Duquesa de Sussex não pode festejar mais uma vitória. A norte-americana perdeu a última …

Após acidente, robô-piloto voltou a levantar voo (e pilotou avião durante 2 horas)

O ROBOpilot, um piloto robótico não tripulado, levantou voo pela primeira vez no ano passado, mas sofreu danos durante um dos seus voos. Agora, está apto para voar novamente. No ano passado, um acidente forçou o Laboratório …

David Attenborough bateu um recorde mundial no Instagram (e destronou Jennifer Aniston)

O naturalista britânico David Attenborough destronou a atriz norte-americana Jennifer Aniston e tornou-se a pessoa a alcançar mais rapidamente um milhão de seguidores no Instagram, segundo os números do Guinness. David Attenborough, de 94 anos, …

Indonésia planeia atração turística com dragões de Komodo ao estilo de Jurassic Park

A Indonésia planeia construir uma atração ao estilo da saga Jurassic Park para que os turistas possam ver os famosos dragões de Komodo. De acordo com a revista Vice, em causa está uma proposta de …