Carles Puigdemont em paradeiro desconhecido

Olivier Hoslet / EPA

O ex-presidente do governo da Catalunha, Carles Puigdemont

O ex-presidente do governo da Catalunha Carles Puigdemont não irá amanhã a Madrid apresentar-se perante a Audiência Nacional espanhola para responder pelo crimes de rebelião e motim de que foi acusado pelo governo de Madrid.

Segundo a revista Sábado, o ex-presidente do governo da Catalunha Carles Puigdemont recusa-se a voltar para Madrid para se apresentar perante a Audiência Nacional.

A Audiência Nacional citou Carles Puigdemont e outros 13 membros do governo catalão para se apresentarem às 9:00h desta quinta-feira para responderem pelos delitos de rebelião, motim e mau uso de fundos públicos relacionados com a realização do referendo de 1 de Outubro, considerado ilegal pelo Tribunal Constituicional espanhol.

O advogado do ex-presidente do governo da Catalunha, que se encontra em Bruxelas com mais cinco membros do ex-governo catalão, justificou a tomada decisão por acreditar que o cliente “não terá um julgamento justo” em Espanha.

“É bastante óbvio que o meu cliente vai adotar agora a atitude de esperar para ver o que se passa”, afirmou o advogado belga, Paul Bekaerts, quando questionado sobre se Puigdemont se vai apresentar perante a justiça espanhola.

Os crimes de rebelião, sedição e desvio de fundos, de que são acusados os ex-dirigentes catalães, podem ter sentenças até 30, 15 e seis anos de prisão.

O ex-governante catalão saiu do hotel em Bruxelas onde estava instalado, mas não é conhecido o seu paradeiro. Dois dos ex-ministros catalães regressaram entretanto a Espanha.

O executivo de Mariano Rajoy, do Partido Popular, apoiado pelo maior partido da oposição, os socialistas do PSOE, anunciou no sábado a dissolução do parlamento regional, a realização de eleições em 21 de dezembro próximo e a destituição de todo o Governo catalão, entre outras medidas.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. os ratos sao sempre os primeiros a fugir , este nao perdeu tempo. primeiro instigado pela extrema exquerda e os marxistas do podemos lançou se contra o governo espanhol que deu tudo e mais um par de botas a catalunha durante anos e anos a fio…. agora achando que poderia ser um novo heroi, lançou os catalaes uns contra os outros num processo de dissoluçao do tecido social so no interesse dos terroristas que ja estao ocupando a catalunha e dos marxistas que sempre conviveram bem com o caos e a desordem….agora armado em vitima, esconde se.
    nao sou catalao mas tambem grito puigdemont por la prison!!!!

RESPONDER

PSD propõe solução ao Governo para reduzir injeção no Novo Banco

O PSD defende que o Governo tem um argumento jurídico que pode usar para limitar os pagamentos do Fundo de Resolução ao Novo Banco este ano. Em causa está um artigo do Código Civil que …

Quarentena de 21 dias, testes e fecho de casinos levam Macau a erradicar covid-19

Macau, um dos primeiros territórios a identificar o novo coronavírus, é agora um dos locais livres de covid-19, estando há cerca de 380 dias sem qualquer registo de infeção local, segundo os dados oficiais. O …

Costa preocupado com desconfinamento. Concelhos de risco dão dores de cabeça

Com a terceira fase de desconfinamento aí à porta, o Governo ainda tem dúvidas sobre o que fazer, mantendo algumas pontas soltas. A maior preocupação incide nos conselhos onde há mais casos. Durante a reunião do …

Para prevenir acidentes, China inaugura o primeiro semáforo para camelos do mundo

Autoridades do norte da China inauguraram este domingo o que dizem ser o primeiro sinal de trânsito para camelos do mundo perto da cidade de Dunhuang, província de Gansu. O semáforo para camelos entrou em operação …

PRR terá mecanismo de fiscalização no Parlamento. PSD quer bazuca durante a presidência portuguesa da UE

O ministro do Planeamento, Nelson Souza recebeu nesta terça-feira, os partidos com assento parlamentar e as deputadas não inscritas para conversas bilaterais sobre o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Trata-se da chamada "bazuca" que virá …

Ministro da Saúde austríaco demite-se por falta de apoio na gestão da pandemia

O ministro da Saúde de Áustria, Rudolf Anschober, anunciou esta terça-feira a sua demissão, devido à falta de apoio na gestão da crise pandémica, cessando funções na próxima segunda-feira. "A situação é dramática nos serviços de …

OMS quer suspender venda de mamíferos selvagens vivos em mercados de alimentos

A Organização Mundial de Saúde defende a suspensão da venda de mamíferos selvagens vivos nos mercados de alimentos para evitar a propagação de doenças, avança a AFP. "Os animais, especialmente os selvagens, são a fonte de …

“Frescura, juventude e capacidade“. Coligação improvável em Penafiel junta PS e partido de Tino de Rans

O PS e o partido RIR, liderado pelo ex-candidato presidencial Vitorino Silva, formaram a coligação Penafiel Unido, que vai concorrer às autárquicas em Penafiel, distrito do Porto, com Paulo Araújo Correia como cabeça de lista, …

Marcelo, IL e Chega querem avanço do desconfinamento. PSD pede travão nos concelhos de maior risco

Marcelo Rebelo de Sousa ouviu os partidos ao longo desta tarde. A renovação de mais um Estado de Emergência está na mira, mas há quem não concorde. O Presidente da República começou por receber o Iniciativa …

MP "não nos ligava patavina. Zero", disse major Vasco Brazão

O major Vasco Brazão, ex-porta-voz da Polícia Judiciária Militar (PJM), disse esta terça-feira ao coletivo de juízes do Tribunal de Santarém que o Ministério Público (MP) não "ligava patavina" à investigação e às diligências sobre …