Câmara de Lisboa disfarça atrasos nas obras mudando as datas no site

nicolasnova / Flickr

A cidade de Lisboa está com obras por toda a parte e a derrapagem nos prazos previstos de conclusão é uma realidade à vista de todos, mas a autarquia está a tentar esconder os atrasos procedendo à mudança de datas no seu site.

Diário de Notícias refere os casos das obras no Largo de Santos, no Largo da Graça e na Rua de Campolide, cuja previsão inicial era estarem concluídas até ao final de Outubro, mas que, afinal, só ficarão terminadas no primeiro trimestre de 2017. A informação consta do site da Câmara de Lisboa, onde, contudo, já não consta “a informação de que a obra está atrasada“, refere o DN.

O jornal nota que detectou que a autarquia retirou do site “os dados sobre os prazos que não iam ser cumpridos”, inserindo apenas a nova data de conclusão das obras.

Esta circunstância não espanta os vereadores da oposição, nomeadamente João Gonçalves Pereira, do CDS, que diz ao DN que a autarquia tem actuado deste modo em “inúmeras situações”, “alterando as datas no site à medida que lhes é conveniente”.

António Prôa, do PSD, fala ao diário de uma “predisposição para encobrir a verdade” que diz que “já aconteceu com a suspensão das obras na segunda circular, onde se tentou disfarçar a situação para não assumir erros”. O social-democrata considera que são demasiadas obras ao mesmo tempo, com a autarquia a ter “mais olhos que barriga” e a ir “além da sua capacidade” de as acompanhar.

Já o vereador do PCP, Carlos Moura, considera no DN que “só por muita ingenuidade é que se poderia pensar que estas obras iam estar concluídas nestes prazos”.

Para João Gonçalves Pereira, está em causa um “calendário eleitoralista”, com vista às legislativas do próximo ano.

Os comerciantes, por seu turno, estão preocupados que as obras lhes afectem os lucros esperados com as vendas de Natal. “A cidade está caótica para chegar de um lado ao outro, há sempre imenso trânsito, há zonas onde não há estacionamento, onde não há cargas e descargas”, queixa-se ao DN Carla Salsinha, da União de Associações do Comércio e Serviços.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. As obras do Bairro do Arco Cego , acabavam em Outubro , ainda nao estao prontas nem anda la ninguem .
    Na Av da Republica , ainda nao acabaram e ja precisam de obras , daqui a um ano ninguem anda nos passeios , porque entretanto ja abateram , ja
    estao ondulados e ainda nao choveu , porque tecnicamente os trabalhos
    estao mal feitos, ja ha pedras soltas e outras por colocar, nos mini lugares de estacionamento, e ver as pedras soltas e outras ja afundaram .
    O passeio em cimento se e pisado por um ligeiro, vai partir-se , foi reforçado com rede de capoeira , esta enterrado , nao se ve.
    Noa bato mais no ceguinho , porque nem esse pode seguir as marcas no piso , por estarem desencontradas, umas no meio outras encostadas aos predios , atravessar as passadeiras e mentira nao ha avisadores sonoros . Para agora ja chega , ha as viacturas que andaram a varrer o chao , que a chuva se encarregar de varrer , nas manobras de mudança de direcçao derrubaram os pilaretes para obstar ao estacionamento, tal e a largura que muitos foram derrubados , e assim, continuam…. por quanto tempo….??? Se ao entrar para a viactura se demora mais algum tempo , caso de deficientes motores , ou fivamos sem porta ou temos o pessoal a
    apitar . E as noites seguidas sem dormir, possivelmente a CML tamem vai dizer , que isso nunca aconteceu , vamos ver qual foi o valor das multas ??? nunca … perdeu-se um bom presidente ?? ganhou-se um bom primeiro ministro ??? desta vez chega

RESPONDER

Lixo espacial cadente iluminou os céus na Austrália

Na sexta-feira passada, pedaços de lixo espacial de um foguetão russo iluminaram os céus na Austrália. Os especialistas dividem-se na possibilidade de bocados dele caírem na Terra. Na sexta-feira passada, num final de tarde como tantos …

Cientistas criaram uma borracha que até rasga (mas concerta-se sozinha)

Investigadores da Universidade Flinders, na Austrália, desenvolveram um novo tipo de borracha que consegue regenerar sozinha. A equipa de investigadores da universidade australiana criou um novo tipo de borracha e um catalisador que, em conjunto, podem …

Dez anos depois, voltou a ser avistado um guepardo do noroeste africano

Naturalistas na Argélia filmaram um guepardo do noroeste africano, uma subespécie listada na Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) como estando em "perigo crítico", pela primeira vez em dez anos. De acordo …

NASA dedica novo telescópio a Nancy Grace Roman, a "mãe" do Hubble

A NASA renomeou o telescópio Wide Field Infrared Probing Telescope (WFIRST) em homenagem a Nancy Grace Roman, a mãe do Hubble. A NASA batizou o seu telescópio espacial de última geração, atualmente em desenvolvimento, - o …

Guitarrista dos Queen teve um ataque cardíaco que o deixou às portas da morte

Brian May, guitarrista dos Queen, sofreu um ataque cardíaco que o deixou às portas da morte, anunciou o próprio músico, de 72 anos. May partilhou um vídeo no Instagram no qual conta todo o episódio. Tudo …

"Missão Tianwen". China planeia lançar sonda para Marte em julho

A China planeia lançar uma sonda e um pequeno robô de controlo remoto para Marte, em julho, na sua primeira missão ao Planeta Vermelho, anunciou esta segunda-feira a agência responsável pelo projeto. "O nosso objetivo era …

Bairros de lata são incubadoras de covid-19, mas ninguém ajuda os milhões que lá vivem

Bairros de lata, como as favelas, são consideradas incubadores de covid-19. No entanto, pouca atenção lhes tem sido dada na resposta à pandemia. Tendo devastado algumas das cidades mais ricas do mundo, a pandemia do novo …

Morreu Saturn, o jacaré que sobreviveu a um bombardeamento da II Guerra (e que se diz que pertenceu a Hitler)

Saturn, um jacaré norte-americano de 84 anos, morreu esta sexta-feira no jardim zoológico de Moscovo, na Rússia, anunciou a instituição na sua conta de Facebook, dando conta que o animal morreu de velhice. O réptil …

Antiviral Remdesivir pode ser eficaz no combate à covid-19

O antiviral Remdesivir é eficaz contra a covid-19 caso seja administrado antes dos pacientes necessitarem de ventilação mecânica, indica um ensaio internacional com este medicamento, coordenado pelo Hospital Can Ruti, em Badalona, Barcelona, Espanha. Segundo um …

Há uma misteriosa ilha em Nova Iorque que quase ninguém pode visitar (e está abandonada)

A menos de 1,6 quilómetros de Manhattan, em Nova Iorque, localiza-se uma misteriosa ilha abandonada há mais de meio século. É preciso ter autorização do New York City Department of Parks and Recreation para visitar …