Autópsia terminou. Maëlys tinha o maxilar partido em dois

Jennifer Cleyet Marrel / Facebook

Maëlys de Araújo, menina luso-descendente de 9 anos que está desaparecida

Três meses depois de os restos mortais de Maëlys de Araújo terem sido encontrados pelas autoridades francesas, o corpo vai ser entregue à família.

Mais de três meses depois da confissão de Nordahl Lelandais, de que tinha causado a morte da menina luso-francesa Maëlys de Araújo, e da descoberta do corpo, as autoridades forenses francesas dão por terminada a autópsia da criança.

Segundo a televisão francesa BFMTV, citada pela TVI24, o corpo da criança de nove anos, que desapareceu durante uma festa de casamento em Pont-de-Beauvoisin, a 27 de agosto de 2017, poderá agora ser entregue aos pais, para a realização do funeral.

Apesar de os resultados da autópsia ainda não serem conhecidos, a BFMTV adianta que os peritos de medicina legal analisaram os ossos da menina, em particular a mandíbula que estava partida em duas partes.

O homicida, ex-militar, admitiu ter assassinado a criança, mas disse ter sido um ato involuntário, assumindo apenas ter dado uma bofetada à menina. Agora terá de explicar ao juiz os motivos segundo os quais Maëlys tem o maxilar superior partido em dois – que poderá ser uma consequência da bofetada.

Nordahl Lelandais está atualmente internado na ala psiquiátrica do Hospital de Lyon e vai ser chamado de novo a tribunal para ser confrontado com os resultados da autópsia, escreve o Correio da Manhã.

Desde o desaparecimento de Maëlys, Lelandais tornou-se o principal suspeito, mas negou qualquer responsabilidade durante meio ano. O ADN da criança foi encontrado na bagageira do seu carro e no sofá da casa dos pais do ex-militar.

Só a 14 de fevereiro, viria a confessar a autoria da morte e a revelar onde tinha escondido o corpo da criança. Nordahl Lelandais terá assumido também o homicídio de Arthur Noyer, um militar desaparecido em abril do ano passado.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Tantos punhos de renda com esse canalha. Estou com a impressão de que o facto da menina ser luso-descendente esteja a fazer com que a justiça francesa esteja a ser bastante leniente com esse assassino francês. Está na cara que o fulano abusou da criança e a matou de seguida, escondendo muito bem o cadáver para não haver indícios frescos do seu crime.

    • Ah?!
      Eles querem lá saber da ascendência da menina… provavelmente nem sequer sabem que ela é luso-descendente, já que o pai também é francês (os avós eram portugueses)!…
      O que importa é que ela é francesa e foi morta em França!!

  2. sugeitos como esse flano deveriam ser mortos lentamente até ao fim, savoriar as dores, infelismente vasta se fazer passar por maluco que a justiça fica com peninha deles, para fazer o que fez o esconder e bem escondido não era tolo..

  3. Penso não valer a pena perder mais tempo com um malandro desta espécie, no mínimo deveria apanhar prisão perpétua e a trabalhar, não sei se tal ainda existe em França pois infelizmente tem-se vindo a desagravar as penas por toda a Europa enquanto o crime por seu lado tem vindo a aumentar e cada vez mais com maior crueldade, os políticos são muito benevolentes com os criminosos e mais severos para com as vítimas!.

RESPONDER

João Loureiro já tem bilhete para regressar a Portugal

João Loureiro já tem bilhete para regressar a Portugal. A Polícia Federal brasileira reitera que, no caso do jato privado que transportava droga para Portugal, “todos são suspeitos”. O Jornal de Notícias avança, esta sexta-feira, que …

Carlos Moedas "tem uma costela liberal". IL pondera apoio ao candidato à câmara de Lisboa

O líder da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim de Figueiredo, disse que Carlos Moedas, candidato à câmara de Lisboa apoiado pelo PSD, tem um "perfil liberal", mas que o partido precisa de perceber projeto do …

Primeiro-ministro da Arménia acusa militares de tentativa de golpe de Estado

O primeiro-ministro da Arménia referiu-se hoje a "tentativa de golpe de Estado" depois de o Estado Maior ter pedido o afastamento do governo num contexto de protestos por causa da derrota no último conflito com …

EUA condenam Coreia do Norte a indemnizar militares torturados em 1968

A Justiça dos Estados Unidos (EUA) condenou Pyongyang a indemnizar em 2,3 mil milhões de dólares (cerca de dois mil milhões de euros) os tripulantes de um navio da Marinha norte-americana, que foram capturados e …

Ex-gestores do Novo Banco seguem para Banco do Fomento e para CGD

Os gestores Vítor Fernandes e Jorge Freire Cardoso, que saíram do Novo Banco em divergência com a estratégia da Lone Star, vão desempenhar as funções de presidente do Banco de Fomento e de administrador na Caixa …

EUA acusado de prometer contrapartidas a Cabo Verde pela extradição de testa-de-ferro de Maduro

O antigo juiz espanhol Baltasar Garzón, que coordena a defesa de Alex Saab, detido em Cabo Verde e considerado testa-de-ferro do Presidente venezuelano Nicolás Maduro, acusou na quinta-feira os Estados Unidos (EUA) de prometerem contrapartidas …

Bispo italiano sugeriu a padre que pagasse 20 mil euros a vítima de pedofilia

O bispo católico de Como, em Itália, afirmou ter sugerido a um jovem padre suspeito de pedofilia que pagasse 20 mil euros à suposta vítima para encerrar uma investigação interna ao caso ocorrido numa residência …

Governo reforça financiamento de projetos LGBTI com 50 mil euros

O Governo vai reforçar em 50 mil euros o financiamento de projetos de organizações que atuem na defesa dos direitos das pessoas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo (LGBTI), anunciou o gabinete da secretária de …

CDS pede ao Governo "um plano de desconfinamento controlado, à inglesa"

Francisco Rodrigues dos Santos quer que o Executivo apresente um plano de desconfinamento que permita a retoma da atividade de alguns setores. Esta sexta-feira, o presidente do CDS-PP insistiu na necessidade de o Governo apresentar um …

Para os idosos que estão em lares, visitar a família sem isolamento poderá acontecer em maio

A CNIS estima que, com todos os idosos residentes em lares vacinados, maio possa ser o mês da libertação depois de mais de um ano de pandemia, confinamentos e restrições apertadas. DGS diz que orientações …