Autópsia terminou. Maëlys tinha o maxilar partido em dois

Jennifer Cleyet Marrel / Facebook

Maëlys de Araújo, menina luso-descendente de 9 anos que está desaparecida

Três meses depois de os restos mortais de Maëlys de Araújo terem sido encontrados pelas autoridades francesas, o corpo vai ser entregue à família.

Mais de três meses depois da confissão de Nordahl Lelandais, de que tinha causado a morte da menina luso-francesa Maëlys de Araújo, e da descoberta do corpo, as autoridades forenses francesas dão por terminada a autópsia da criança.

Segundo a televisão francesa BFMTV, citada pela TVI24, o corpo da criança de nove anos, que desapareceu durante uma festa de casamento em Pont-de-Beauvoisin, a 27 de agosto de 2017, poderá agora ser entregue aos pais, para a realização do funeral.

Apesar de os resultados da autópsia ainda não serem conhecidos, a BFMTV adianta que os peritos de medicina legal analisaram os ossos da menina, em particular a mandíbula que estava partida em duas partes.

O homicida, ex-militar, admitiu ter assassinado a criança, mas disse ter sido um ato involuntário, assumindo apenas ter dado uma bofetada à menina. Agora terá de explicar ao juiz os motivos segundo os quais Maëlys tem o maxilar superior partido em dois – que poderá ser uma consequência da bofetada.

Nordahl Lelandais está atualmente internado na ala psiquiátrica do Hospital de Lyon e vai ser chamado de novo a tribunal para ser confrontado com os resultados da autópsia, escreve o Correio da Manhã.

Desde o desaparecimento de Maëlys, Lelandais tornou-se o principal suspeito, mas negou qualquer responsabilidade durante meio ano. O ADN da criança foi encontrado na bagageira do seu carro e no sofá da casa dos pais do ex-militar.

Só a 14 de fevereiro, viria a confessar a autoria da morte e a revelar onde tinha escondido o corpo da criança. Nordahl Lelandais terá assumido também o homicídio de Arthur Noyer, um militar desaparecido em abril do ano passado.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Tantos punhos de renda com esse canalha. Estou com a impressão de que o facto da menina ser luso-descendente esteja a fazer com que a justiça francesa esteja a ser bastante leniente com esse assassino francês. Está na cara que o fulano abusou da criança e a matou de seguida, escondendo muito bem o cadáver para não haver indícios frescos do seu crime.

    • Ah?!
      Eles querem lá saber da ascendência da menina… provavelmente nem sequer sabem que ela é luso-descendente, já que o pai também é francês (os avós eram portugueses)!…
      O que importa é que ela é francesa e foi morta em França!!

  2. sugeitos como esse flano deveriam ser mortos lentamente até ao fim, savoriar as dores, infelismente vasta se fazer passar por maluco que a justiça fica com peninha deles, para fazer o que fez o esconder e bem escondido não era tolo..

  3. Penso não valer a pena perder mais tempo com um malandro desta espécie, no mínimo deveria apanhar prisão perpétua e a trabalhar, não sei se tal ainda existe em França pois infelizmente tem-se vindo a desagravar as penas por toda a Europa enquanto o crime por seu lado tem vindo a aumentar e cada vez mais com maior crueldade, os políticos são muito benevolentes com os criminosos e mais severos para com as vítimas!.

RESPONDER

Concelho de Portalegre registou o seu primeiro caso (e revela "segredo" para combater pandemia)

Um comportamento recatado e os habitantes sempre alerta com "o bicho" são apontados como os "segredos" que têm "protegido" Fronteira (Portalegre) da covid-19, que só esta semana registou o primeiro infetado desde o início da …

Rio de Janeiro vai ter "réveillon" com espetáculos e fogo de artifício (mas sem público)

O Rio de Janeiro encerrará 2020 com espetáculos e concertos ao vivo em seis palcos montados na cidade brasileira, mas aos quais o público não terá acesso devido à pandemia. Apenas poderá vê-los nas redes …

GP de Portugal. Há 14 casos de covid-19 em equipas de Fórmula 1

Em conferência de imprensa, a Proteção Civil do Algarve revelou que foram identificados 14 casos de covid-19 entre pilotos e staff de equipas da Fórmula 1 que estiveram em Portimão. Foram identificados 14 casos de covid-19 …

Islâmicos "têm o direito" de matar franceses. Twitter retira comentário de ex-primeiro-ministro da Malásia

A rede social Twitter retirou um comentário controverso do antigo primeiro-ministro malaio ​​​​​​​Mahathir Mohamad, relativo ao debate desencadeado pelas palavras do Presidente francês, Emmanuel Macron, sobre o islão. Numa série de mensagens, em que Mahathir Mohamad …

Governo pondera decretar recolher obrigatório e restrições em mais municípios

O Governo está a avaliar avançar com o recolhimento obrigatório e alargar as restrições impostas em Paços de Ferreira, Felgueiras e Lousada a mais municípios, recusando, no entanto, um novo confinamento geral, disse hoje o …

Gigante americana Walmart retira (temporariamente) armas e munições das prateleiras

A gigante de distribuição norte-americana Walmart decidiu retirar temporariamente armas e munições das prateleiras das suas lojas, anunciou na quinta-feira um porta-voz da cadeia. A medida preventiva foi tomada a cinco dias de uma eleição presidencial …

BE afasta para já estado de emergência e defende requisição civil na saúde

A coordenadora do BE afastou para já a necessidade de um novo estado de emergência e defendeu que o Governo utilize toda a capacidade instalada na saúde, se necessário recorrendo à requisição civil dos setores …

Sismo de magnitude 7 abala Turquia e Grécia e provoca mini-tsunami. Pelo menos 4 pessoas morreram

Quatro pessoas morreram no oeste da Turquia, depois de um forte terramoto de magnitude 7 atingir o Mar Egeu na tarde desta sexta-feira. O abalo derrubou edifícios em áreas costeiras e fez pelo menos 120 …

EDP desiste de processo contra o Estado, mas vai levar tarifa social a Bruxelas

A EDP desistiu da litigância judicial com o Estado sobre a contribuição extraordinária sobre o setor energético (CESE), mas vai pedir à Comissão Europeia uma análise sobre o mecanismo de financiamento da tarifa social a …

"Fora com os pretos". Universidades e escolas de Lisboa vandalizadas com mensagens racistas

Várias universidades e escolas secundárias da região de Lisboa foram vandalizadas com mensagens de teor racista e xenófobo. "Viva a Europa Branca" ou "Fora com os pretos" são algumas das frases escritas. Várias pessoas denunciaram esta …