Autarca de Pedrógão vai apresentar queixa contra reportagem da TVI

António Cotrim / Lusa

O presidente da Câmara de Pedrógão Grande pediu a intervenção do Ministério Público e já anunciou que vai agir judicialmente contra a reportagem da TVI, transmitida no passado dia 22 de agosto.

Segundo a agência Lusa, o presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Valdemar Alves, pediu a intervenção do Ministério Público para serem averiguadas denúncias divulgadas num programa televisivo sobre a reconstrução de casas afetadas pelo incêndio de 2017.

“Face à gravidade das denúncias veiculadas na reportagem transmitida pela estação de televisão TVI em 22 de agosto, denominada ‘Repórter TVI – Compadrio‘” e às “imputações graves e difamatórias” ao presidente e vice-presidente da câmara e a funcionários camarários, Valdemar Alves pretende “submeter à apreciação do Ministério Público todas as denúncias que foram ali tratadas”, lê-se num comunicado divulgado esta quinta-feira.

O objetivo do autarca é que seja “averiguada a existência ou não de ilícitos criminais”.

De acordo com a nota, o autarca decidiu também “participar criminalmente contra a jornalista e todos os responsáveis editoriais daquela estação televisiva, designadamente pelas imputações difamatórias que são feitas a título perentório e parcial, e sem respeito pela presunção de inocência”.

Em causa está a reportagem feita pela jornalista da TVI, Ana Leal, que dá conta que o presidente da Câmara e o então vereador do Urbanismo da autarquia, Bruno Gomes, sabem, desde o ano passado, da existência de irregularidades no processo de atribuição de donativos para a recuperação das casas de primeira habitação que arderam no incêndio.

Segundo o canal televisivo, testemunhas garantem que tiveram mesmo indicações para adulterar os processos de candidatura, forjando moradas de residência, com a conivência dos poderes públicos locais.

Em sua defesa, a Câmara Municipal de Pedrógão, citada pelo Público, garante que “não deteve, detém ou deterá qualquer conta bancária ou valor monetário referente à reconstrução de habitações”.

“Todos os donativos efetuados foram diretamente para o REVITA, sendo que as instituições privadas (com ou sem fins lucrativos) que decidiram não integrar o REVITA efetivaram o seu apoio às habitações de modo direto. Estes dinheiros nunca, em qualquer circunstância, estiveram ou virão a estar na posse ou sob a gestão da Câmara Municipal”.

“Além disso, nunca a Câmara Municipal entregou qualquer verba a quem quer que fosse para que promovesse diretamente alguma construção, como foi mencionado na reportagem”, sublinha ainda a autarquia, citada pelo mesmo jornal.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Este palerma está a brincar com quem?
    Não que a TVI/Ana Leal sejam de fiar, mas a reportagem está muito bem feita e não deixa margens para dúvidas – alguém da Câmara ajudou/aconselhou esta fraude (e ninguém fez nada para a evitar)!
    E agora este “animal”, invés de meter a viola ao saco a ajudar a esclarecer as situações, ainda diz que vai processar a TVI?
    Bem… confesso que até cheguei a ter alguma afinidade por esta personagem, mas nos últimos tempos tem-se revelado o oposto de tudo o que eu defendo!!
    Tem que ser tudo investigado mesmo a fundo e fora com esses loucos!!

  2. Efetivamente, o modo como o presidente da C. de P. Grande e sua vice-presidente foram engolidos pelo microfone da Ana Leal foi elucidativo. Até os mais céticos perceberam que eles, neste caso, são o rosto do compadrio.

  3. Devia era demitir-se de presidente da Camara e pedir a investigação, espero que tenha a mesma sorte do Isaltino.
    Ninguém se vai demitir pq o porco está gordo e ninguém quer ficar sem o seu quinhão.

  4. Esse senhor revelou-se um autêntico troca tintas quando em plena crise dos fogos e campanha eleitoral à mistura decidiu mudar de partido revelando logo aí haver um certo oportunismo político, agora vem negar aquilo que para todos nós está mais do que evidente, é lamentável em todo o caso aperceber-mo-nos de que cada vez mais a política está minada de vigarice e oportunismo.

    • Supostamente, ele é independente e fez um primeiro mandato a convite do PSD.
      Em 2017 a PSD preferiu outro candidato e não o convidou; o PS convidou-o e ele aceitou, acabando por vencer – desta vez com o apoio do PS.
      De qualquer modo, tem-se revelado uma autêntica nódoa e, neste caso da reportagem, a sua postura, arrogância e estupidez roça o insulto a qualquer pessoa minimamente inteligente!!
      Ser afastado, perder o mandato e responder judicialmente pelos indícios apresentados na reportagem, é o mínimo que se pode exigir!

      • Ainda há bem pouco tempo o meu amigo se pôs em bico dos pés quando eu critiquei a forma de actuar deste autarca e havendo já rumores de que as coisas não andavam bem acerca sobretudo dos atrasos na reconstrução das habitações queimadas, mais parecia seu tutor, agora infelizmente está obrigado a reconhecer de que afinal o mal é muito mais grave!.

        • Não foi nada assim…
          Se bem me lembro, foi quando apareceram uns “mexericos políticos” (vindos da “oposição”), sem qualquer “substância”!
          E, sabendo como são os políticos quando estão do outro lado da barricada, fiquei logo de pé atrás!…
          Eu não critico só por desporto; quando não vejo indícios (e principalmente quando vem de políticos opositores), não dou grande valor; mas quando vejo factos onde nem sequer há como negar, também sou o primeiro a criticar e a reclamar!!
          Foi o que aconteceu nesta situação (e até fui logo o primeiro a comentar nesta notícia).

  5. Se era a câmara responsável pelas candidaturas e a TVI apresentou fatos e testemunhas que mostraram candidatos ilegítimos a paparem o que não deviam, o que quer o gajo agora?

  6. Então o observador observou mal as caras de quem as mostrou sem medo, as casas de segunda habitação que se vêem novas e muito bem ao longe até, os testemunhos e os “não sei que dizer” dos autarcas locais e dos que paparam o bolo… E hoje até deve ter visto mal os comentários do PR Marcelo.

    • Calma…. ele apenas estava a criticar o facto de terem escrito “fato” (e não facto)!…
      fato= vestuário
      facto=realidade

RESPONDER

O chef sírio Imad Alarnab

Imad fugiu da Síria há seis anos. Agora, tem um restaurante de sucesso em Londres

O chef sírio Imad Alarnab deixou a Síria há seis anos, onde tinha vários restaurantes, rumo a Inglaterra. Não desistiu dos seus sonhos e agora tem um novo projeto no agitado Soho, no centro de …

Máquina de venda automática de brindes

Máquina das bolas japonesa. As pequenas esferas de plástico guardam os detalhes de uma viagem surpresa

As máquinas de venda automática de brindes, conhecidas como gachapon no Japão, têm inovado nos últimos anos. Agora, são os detalhes de uma viagem que estão guardados nas pequenas bolas de plástico. O valor das bolas …

O Supremo dos EUA mudou as suas regras para que as juízas não fossem constantemente interrompidas

Revelação foi feita por Sonia Sotomayor, uma das três mulheres que compõe o coletivo de nove juízes e a primeira latina a chegar ao cargo. O facto de serem constantemente interrompidas em reuniões ou outros …

A candidata a primeira-ministra da Hungria, Klára Dobrev.

Num futuro sem Orbán, a oposição escolhe entre um novo conservador ou uma liberal divisiva

Os opositores de Viktor Orbán estão na dúvida quanto ao candidato para enfrentar o atual primeiro-ministro nas próxima eleições. Esta indecisão pode custar-lhes o assalto ao cargo. Viktor Orbán é um nome recorrente na política húngara. …

Nuno Melo, do CDS/PP

Nuno Melo ataca líder do CDS por anunciar sentido de voto sem consultar deputados

O candidato à liderança do CDS-PP criticou, este sábado, o atual líder do partido por ter comunicado publicamente a intenção de votar contra a proposta de Orçamento do Estado sem se ter reunido com os …

Vaticano tem três celas e um só prisioneiro. Uma onda de julgamentos pode mudar isso

Dez pessoas vão ser julgadas no Vaticano por crimes relacionados com a venda de um edifício em Londres. Visto como limitado e sombrio, o sistema judicial da cidade-estado está a mudar. Carlo Capella é o único prisioneiro …

Alexandra Leitão diz que "não há trabalhadores a mais na Administração Pública"

A ministra da Modernização do Estado assegura que não há trabalhadores a mais na Administração Pública e assume toda a abertura do Governo para negociar, "com humildade e responsabilidade", medidas adicionais às inscritas no OE2022. Em …

Start-up israelita quer fazer roupa a partir de algas

A Algaeing, criada em 2016, é uma empresa que converte as algas numa fórmula líquida, que depois pode ser usada como corante ou transformada num tecido. A indústria da moda é uma das responsáveis pelas emissões …

O antigo Presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton

Bill Clinton já teve alta hospitalar e deve regressar a Nova Iorque

O ex-Presidente dos Estados Unidos deixou, neste domingo de manhã, o hospital da Califórnia onde foi internado com uma infeção, informou o chefe da equipa de médicos que o tratou. "O Presidente Clinton teve alta do …

Acordo escrito. Bloco diz que Governo "conhece bem" os pontos negociais

O Bloco de Esquerda anunciou, este domingo, que vai enviar ao Governo propostas de articulado de nove pontos negociais colocados em cima da mesa no início de setembro, aos quais declara não ter obtido resposta …