Foram “apagados” ou “destruídos” documentos sobre incêndio de Pedrógão Grande

Paulo Cunha / Lusa

Uma série de erros da Proteção Civil culminou no “desaparecimento” de documentos – que foram apagados ou destruídos – sobre o incêndio de Pedrógão Grande, segundo uma auditoria da ANPC.

Uma auditoria da Autoridade Nacional de Proteção Civil ao desempenho dos seus agentes no incêndio de Pedrógão Grande revela que houve problemas de organização no combate ao fogo e documentos que foram “apagados” ou “destruídos”, segundo o Público.

O documento, pedido por Constança Urbano de Sousa, na altura ministra da Administração Interna, e recebido já pelo seu sucessor, Eduardo Cabrita, foi mantido “em silêncio” desde meados de novembro.

A auditoria foi realizada pela Direção Nacional de Auditoria e Fiscalização (DNAF) da Proteção Civil, anunciou em agosto a então ministra.

Nas conclusões, o relatório é duro no que toca à prestação dos agentes da ANPC, revelando “amadorismo”, falta de preparação e problemas de organização nas primeiras três horas de combate ao fogo, como falhas na comunicação, veículos de informação que tardaram em chegar, passagens de trabalho feitas informalmente e “ausência” de um dos comandantes de operações – Augusto Arnaut.

O documento revela também que os auditores tiveram dificuldade no apuramento de responsabilidades, uma vez que não conseguiram aceder a informação fundamental, como é exemplo os planos estratégicos de ataque, quadros de situação tática e todas as informações existentes em postos de comando.

De acordo com os autores da auditoria, “todos estes documentos tinham sido apagados dos quadros das VCOC e VPCC (viaturas de comunicação), ou destruídos os documentos em papel que os suportaram”.

Os comandantes da Proteção Civil justificaram-se argumentando que a situação ocorreu da falta de meios para trabalho num posto de comando, uma vez que os planos são desenhados e redesenhados conforme o evoluir da situação.

Para a DNAF, esta situação demonstra a necessidade de informatização deste tipo de documentação para que esta seja preservada. O relatório descreve ainda em que consistia o primeiro posto de comando: uma mesa, na qual estava um computador de um bombeiro “com o Google Earth aberto”, e quatro cadeiras.

“É falso que o Governo tenha escondido o relatório”

Num comunicado divulgado esta quarta-feira, o Governo negou ter escondido o relatório da auditoria interna à ação da Proteção Civil no incêndio de Pedrógão Grande.

O Ministério da Administração Interna explica que os documentos foram remetidos “ao Ministério Público a 20 de novembro”. Assim, o Ministério de Eduardo Cabrita justifica o “silêncio” à volta da auditoria com “segredo de justiça”.

O Público refere, no entanto, que este facto não explica o “tratamento diferencial” que este relatório teve em relação aos outros, também a serem avaliados pelo MP.

O jornal relembra que os relatórios da GNR, assim como da comissão técnica independente, foram revelados em agosto pelo Governo.

Cláudia Fernandes CF, ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Falta um Trump em Portugal para saber dizer a tanto incompetente em Portugal a começar no comandante dos bombeiros Marta Soares “youre fired”

  2. Só neste país, tantos mortos e ninguém da Proteção Civil acusada de homicídio. Se alguém tinha dúvidas, está acção de destruição de provas são o confessar do crime cometido. Eu estava lá… Nem um bombeiro vi ou veio me ajudar a combater o fogo.

RESPONDER

Inspeção da IGAS admite "responsabilidade deontológica" de médicos em Reguengos

A inspeção ordenada pelo Ministério da Saúde ao surto de covid-19 no lar de Reguengos de Monsaraz admite "responsabilidade deontológica" dos médicos que recusaram visitar a instituição no seguimento de instruções da Ordem dos Médicos …

Desconfinar creches e 1.º ciclo em março é possível, mas com "botão de pânico"

O epidemiologista Manuel Carmo Gomes considera que é possível a partir de meados deste mês abrir creches e primeiro ciclo. Contudo, tem de se estar "sempre pronto para parar". O plano de descofinamento será anunciado pelo …

UEFA suspende árbitro do PSG-Basaksehir (mas afasta conduta racista)

Sebastian Coltescu foi suspenso pela UEFA até ao final da atual temporada, devido a "comportamento impróprio" no jogo entre o PSG e o Basaksehir, mas o  organismo afastou qualquer ação racista do romeno. "Foi decidido suspender …

O maior lagarto do mundo tem uma peculiar história de reprodução

O dragão de Komodo (Varanus komodoensis), o maior lagarto à face da Terra, tem uma estranha história de reprodução, de acordo com uma nova investigação científica levada a cabo pela Universidade Nacional da Austrália. De …

Portal Goal aponta Diego Costa ao Benfica (e até avança valores)

O portal desportivo Goal apontou esta segunda-feira Diego Costa, ex Atlético de Madrid e atualmente sem clube, ao Benfica. De acordo com a mesma fonte, o clube da Luz oferece ao jogador um salário de …

Um mandato com "vários mandatos" dentro. A segunda dinastia de Marcelo começa hoje

Esta terça-feira, Marcelo Rebelo de Sousa toma posse para um segundo mandato como Presidente da República. Por volta das 10h30, na Assembleia da República, Marcelo Rebelo de Sousa vai voltar a pousar a mão direita na …

Groundforce em risco de insolvência. Governo ainda sem soluções

O Governo ainda não tem soluções para resolver o problema dos trabalhadores da Groundforce, indicou o ministro das Infraestruturas e da Habitação numa reunião, esta segunda-feira, com os representantes dos colaboradores. "O ministro informou-nos que não …

Peritos propõem plano para desconfinar lentamente ao longo de um mês e meio

Esta segunda-feira, na reunião no Infarmed, os especialistas apresentaram a sua proposta de plano de desconfinamento. A decisão final do Governo só será conhecida na quinta-feira. De acordo com o Expresso, a proposta de plano de …

Parlamento Europeu levanta imunidade a Carles Puigdemont

O Parlamento Europeu levantou, esta terça-feira, a imunidade parlamentar de que gozavam três eurodeputados independentistas da Catalunha, entre eles o antigo presidente da região, fugidos da justiça espanhola após a tentativa de independência de 2017. O …

Sem zaragatoas, basta gritar. Empreendedor cria teste inovador para detetar covid-19

O empreendedor holandês Peter van Wees criou um teste que pode ser o método mais rápido e fácil de detetar covid-19. Basta gritar ou cantar. Peter van Wees criou um teste para detetar a covid-19 que …