Tribunal dá razão ao Correio da Manhã contra Sócrates

José Goulão / Flickr

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

O Tribunal Cível de Lisboa deu razão ao Correio da Manhã na sequência da providência cautelar apresentada por José Sócrates, que exigia 250 mil euros devido à investigação jornalística acerca da vida luxuosa do ex-primeiro-ministro em Paris.

De acordo com o Correio da Manhã, o Tribunal absolveu 14 jornalistas, ficando agora o ex-primeiro ministro obrigado a pagar as custas judiciais, no valor de 1.600 euros.

Na ação cível interposta por José Sócrates contra o Correio da Manhã, e contestada pelo jornal, o tribunal confirmou a veracidade de grande parte das notícias referentes a investigações do jornal sobre o processo que envolve o ex-chefe de Governo.

Eduardo Dâmaso, diretor-adjunto do jornal, considera a “sentença histórica” na defesa da liberdade de imprensa.

Algumas das notícias do CM contestadas por Sócrates dão conta da “vida de luxo” do antigo governante em Paris, alegadamente ultrapassando os meios financeiros possuídos pelo socialista, que depois de abandonar o Governo não tinha nenhuma fonte de rendimento.

O jornal publicou que José Sócrates gastava cerca de 15 mil euros por mês. Sete mil euros seriam para a renda, enquanto o restante era gasto em alimentação, propinas, viagens e outras despesas gerais – valores que foram confirmados pelo Tribunal.

José Sócrates não prestou informações sobre quanto pagava de renda, negando apenas o valor de sete mil euros e alegando que o dinheiro provinha da mãe e de um empréstimo de 120 mil euros contraído na Caixa Geral de Depósitos.

No entanto, de acordo com o acórdão do Tribunal Cível citado pelo CM, o juiz José António Capacete sublinha “disparidade entre os seus rendimentos e a vida de luxo que ostentava”, considerando provado que após a saída do governo Sócrates não tinha fontes de rendimento, estava desempregado e sem fortuna conhecida.

No processo interposto por Sócrates, outra alegação era a de que a sua honra tinha sido afetada após a publicação das notícias, à qual o juiz respondeu que quem gere a coisa pública tem “responsabilidades acrescidas” e é “alvo de enorme interesse público” e, por isso, sujeito ao “permanente escrutínio da opinião pública, ao comentário e à investigação jornalística“, devendo estar preparado para que a sua vida seja “fortemente sindicada”.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Não é de Elvas, é de Évora, Zé… Então mas ainda não houve nenhuma acusação contra este gaijo? Dão razão aos jornalistas, confirmam as trafolhices que este homem andou a fazer, e nada fazem… Viva Portugal e viva os corruptos!!!!

  2. Quanto aos 1.600 das custas não há problema porque tem sempre o AMIGO Santos Silva para o resolver. Sobre o resto, porque não apelar ao salvador da Pátria, Rui Rangel???

RESPONDER

A Cybertruck de Musk poderá ser "incrivelmente barata" de produzir

A Cybertruck de Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, pode ser "incrivelmente barata" de produzir graças à sua inovadora tecnologia de carroçaria, afirmou um especialista em entrevista à Autoline Network. O engenheiro Sandy …

Novo estudo associa o burnout a uma consequência fatal

Uma nova investigação associa o burnout a um aumento de até 20% no risco de desenvolver fibrilhação auricular, a arritmia crónica mais frequente. O burnout é uma perturbação psicológica causada pelo stress excessivo devido a uma …

Pinto da Costa diz ter total confiança em Sérgio Conceição

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, garantiu que tem "total confiança nos jogadores e no treinador", Sérgio Conceição, que no sábado colocou o lugar à disposição, de acordo com a newsletter oficial dos …

Isabel dos Santos utilizou três identidades para entrar e sair de Portugal

A empresária angola Isabel dos Santos utilizou três documentos de identificação distintos durante as últimas viagens que fez entre Portugal e o Reino Unido. "Izabel Dosovna Kukanova", "Isabel José dos Santos" e "Santos Isabel" foram as …

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …

Portugueses vencem "Óscares" de animação em Los Angeles

O filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” da realizadora portuguesa Regina Pessoa, venceu este domingo o prémio de Melhor Curta Metragem e Sérgio Martins venceu a Melhor Direção de Animação em Longa Metragem, pelo …

Juiz Neto de Moura muda nome com que assina acórdãos

O juiz Neto de Moura, envolvido em algumas decisões polémicas sobre violência doméstica, alterou o nome com que assina os acórdãos, avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa deste domingo. De acordo com …

Violenta tempestade faz pelo menos 30 mortos em Minas Gerais

A violenta tempestade que desde quinta-feira assola o estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil, já provocou pelo menos 30 mortos e 17 desaparecidos, anunciou este domingo a Proteção Civil. De acordo com o novo balanço, …

Descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham

Foram descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham usando as suas barbatanas. Ao todo são já conhecidas nove espécies deste tipo de tubarões. Investigadores encontraram tubarões que caminham nas águas do norte da Austrália e …