Tribunal dá razão ao Correio da Manhã contra Sócrates

José Goulão / Flickr

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

O Tribunal Cível de Lisboa deu razão ao Correio da Manhã na sequência da providência cautelar apresentada por José Sócrates, que exigia 250 mil euros devido à investigação jornalística acerca da vida luxuosa do ex-primeiro-ministro em Paris.

De acordo com o Correio da Manhã, o Tribunal absolveu 14 jornalistas, ficando agora o ex-primeiro ministro obrigado a pagar as custas judiciais, no valor de 1.600 euros.

Na ação cível interposta por José Sócrates contra o Correio da Manhã, e contestada pelo jornal, o tribunal confirmou a veracidade de grande parte das notícias referentes a investigações do jornal sobre o processo que envolve o ex-chefe de Governo.

Eduardo Dâmaso, diretor-adjunto do jornal, considera a “sentença histórica” na defesa da liberdade de imprensa.

Algumas das notícias do CM contestadas por Sócrates dão conta da “vida de luxo” do antigo governante em Paris, alegadamente ultrapassando os meios financeiros possuídos pelo socialista, que depois de abandonar o Governo não tinha nenhuma fonte de rendimento.

O jornal publicou que José Sócrates gastava cerca de 15 mil euros por mês. Sete mil euros seriam para a renda, enquanto o restante era gasto em alimentação, propinas, viagens e outras despesas gerais – valores que foram confirmados pelo Tribunal.

José Sócrates não prestou informações sobre quanto pagava de renda, negando apenas o valor de sete mil euros e alegando que o dinheiro provinha da mãe e de um empréstimo de 120 mil euros contraído na Caixa Geral de Depósitos.

No entanto, de acordo com o acórdão do Tribunal Cível citado pelo CM, o juiz José António Capacete sublinha “disparidade entre os seus rendimentos e a vida de luxo que ostentava”, considerando provado que após a saída do governo Sócrates não tinha fontes de rendimento, estava desempregado e sem fortuna conhecida.

No processo interposto por Sócrates, outra alegação era a de que a sua honra tinha sido afetada após a publicação das notícias, à qual o juiz respondeu que quem gere a coisa pública tem “responsabilidades acrescidas” e é “alvo de enorme interesse público” e, por isso, sujeito ao “permanente escrutínio da opinião pública, ao comentário e à investigação jornalística“, devendo estar preparado para que a sua vida seja “fortemente sindicada”.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Não é de Elvas, é de Évora, Zé… Então mas ainda não houve nenhuma acusação contra este gaijo? Dão razão aos jornalistas, confirmam as trafolhices que este homem andou a fazer, e nada fazem… Viva Portugal e viva os corruptos!!!!

  2. Quanto aos 1.600 das custas não há problema porque tem sempre o AMIGO Santos Silva para o resolver. Sobre o resto, porque não apelar ao salvador da Pátria, Rui Rangel???

RESPONDER

Pela primeira vez em 45 anos, uma casa vitoriana "flutuou" pelas ruas de San Francisco

A manhã de 21 de fevereiro em San Francisco, nos Estados Unidos, foi um pouco diferente do normal: uma casa vitoriana passou a "flutuar" pelas ruas da cidade. De acordo com o BuzzFeed News, uma equipa …

Nação Cherokee pede à Jeep que deixe de usar o nome da tribo nos seus carros

"É hora de a Jeep reconsiderar chamar os seus SUVs Cherokee e Grand Cherokee". Pela primeira vez, a tribo norte-americana Nação Cherokee pediu diretamente à Jeep para parar de usar o seu nome nos seus …

PCP quer apoios a 100% para pais "imediatamente e com efeitos retroativos"

O secretário-geral do PCP pediu ao Governo, este sábado, apoios a 100% para os trabalhadores que estão em casa com os filhos, pagos "imediatamente e com efeitos retroativos", e defendeu um plano de desconfinamento "setor …

Naufrágio grego que levava partes do Partenon está a revelar os seus segredos

A última expedição de mergulhadores ao navio grego Mentor, que naufragou perto da ilha Citera em 1802, recuperou várias peças do cordame, moedas, a sola de couro de um sapato, uma fivela de metal, uma …

Chega vai reagir "muito veementemente" na rua à tentativa de ilegalização

O líder do Chega disse, este sábado, que o partido vai responder "muito veementemente" e com "presença na rua", já em março, à tentativa de ilegalização da estrutura promovida por Ana Gomes. "Quero deixar claro aqui, …

Procura-se candidato para dormir. Site oferece 1650 euros e uma noite num resort

Este pode ser, literalmente, um emprego de sonho: fazer dinheiro enquanto se dorme, incluindo uma noite num resort de 5 estrelas. O site Sleep Standards, que se dedica a dar informação sobre pesquisas e produtos relacionados …

Catarina Martins faz apelo a Costa. "Moratórias têm de ser estendidas já"

A coordenadora do Bloco de Esquerda fez um apelo direto ao primeiro-ministro, este sábado, para que não espere que "seja tarde demais" e decida já estender as moratórias, evitando assim uma vaga de despejos e …

Toronto apresenta providência cautelar contra projeto que constrói "casas" para os sem-abrigo

Um carpinteiro canadiano decidiu construir abrigos para as pessoas que vivem nas ruas de Toronto. A autarquia considerou que são perigosos e apresentou uma providência cautelar. De acordo com a empresa de media Vice, Khaleel Seivwright, carpinteiro …

Trinta anos depois, MI6 pede desculpa por ter banido espiões gays

Richard Moore pediu desculpa " pela forma como colegas e concidadãos LGBT+ foram tratados", tendo-lhes sido negada a oportunidade de servir o país no MI6. O chefe do MI6, o serviço secreto de inteligência do Reino …

Já foram administradas 837.887 vacinas em Portugal

Um total de 837.887 vacinas contra a covid-19 foram administradas em Portugal desde 27 de dezembro, quando foi dada a primeira dose, indicou o Ministério da Saúde este sábado. Num comunicado de balanço do processo de …