Tribunal dá razão ao Correio da Manhã contra Sócrates

José Goulão / Flickr

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

Ex-primeiro ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

O Tribunal Cível de Lisboa deu razão ao Correio da Manhã na sequência da providência cautelar apresentada por José Sócrates, que exigia 250 mil euros devido à investigação jornalística acerca da vida luxuosa do ex-primeiro-ministro em Paris.

De acordo com o Correio da Manhã, o Tribunal absolveu 14 jornalistas, ficando agora o ex-primeiro ministro obrigado a pagar as custas judiciais, no valor de 1.600 euros.

Na ação cível interposta por José Sócrates contra o Correio da Manhã, e contestada pelo jornal, o tribunal confirmou a veracidade de grande parte das notícias referentes a investigações do jornal sobre o processo que envolve o ex-chefe de Governo.

Eduardo Dâmaso, diretor-adjunto do jornal, considera a “sentença histórica” na defesa da liberdade de imprensa.

Algumas das notícias do CM contestadas por Sócrates dão conta da “vida de luxo” do antigo governante em Paris, alegadamente ultrapassando os meios financeiros possuídos pelo socialista, que depois de abandonar o Governo não tinha nenhuma fonte de rendimento.

O jornal publicou que José Sócrates gastava cerca de 15 mil euros por mês. Sete mil euros seriam para a renda, enquanto o restante era gasto em alimentação, propinas, viagens e outras despesas gerais – valores que foram confirmados pelo Tribunal.

José Sócrates não prestou informações sobre quanto pagava de renda, negando apenas o valor de sete mil euros e alegando que o dinheiro provinha da mãe e de um empréstimo de 120 mil euros contraído na Caixa Geral de Depósitos.

No entanto, de acordo com o acórdão do Tribunal Cível citado pelo CM, o juiz José António Capacete sublinha “disparidade entre os seus rendimentos e a vida de luxo que ostentava”, considerando provado que após a saída do governo Sócrates não tinha fontes de rendimento, estava desempregado e sem fortuna conhecida.

No processo interposto por Sócrates, outra alegação era a de que a sua honra tinha sido afetada após a publicação das notícias, à qual o juiz respondeu que quem gere a coisa pública tem “responsabilidades acrescidas” e é “alvo de enorme interesse público” e, por isso, sujeito ao “permanente escrutínio da opinião pública, ao comentário e à investigação jornalística“, devendo estar preparado para que a sua vida seja “fortemente sindicada”.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Não é de Elvas, é de Évora, Zé… Então mas ainda não houve nenhuma acusação contra este gaijo? Dão razão aos jornalistas, confirmam as trafolhices que este homem andou a fazer, e nada fazem… Viva Portugal e viva os corruptos!!!!

  2. Quanto aos 1.600 das custas não há problema porque tem sempre o AMIGO Santos Silva para o resolver. Sobre o resto, porque não apelar ao salvador da Pátria, Rui Rangel???

RESPONDER

Empresa norueguesa garante que pode "parar" furacões antes que estes se tornam destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de "cortina de bolhas" proposto pela empresa pode provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, uma startup norueguesa, assegura que a sua nova tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem …

Afeganistão: Familiares consideram "insuficientes" pedido de desculpas dos EUA

Familiares dos civis afegãos mortos por "engano" durante um ataque de um avião não tripulado 'drone' norte-americano no final de agosto em Cabul consideraram este sábado "insuficiente" o pedido de desculpas de Washington, numa entrevista …

Descoberta de pegadas fossilizadas em Espanha revela a existência de um "berçário" de elefantes

Pegadas fossilizadas foram encontradas numa praia no sul da Espanha e mostram o que pode ter sido o berçário de uma espécie extinta de elefantes. O local costeiro, situado na região de Huelva, estava normalmente coberto …

Morreu aos 98 anos o historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França

O historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França morreu este sábado, aos 98 anos, na casa de saúde de Jarzé, perto da cidade francesa de Angers, disse à Lusa a pintora Emília Nadal, sua …

Ventura: "Não vejo outra possibilidade senão a ministra da Saúde ou pedir desculpa ou ser afastada"

O Chega vai questionar formalmente o Governo pelo “facto de a ministra da Saúde ter utilizado um carro do Estado” para ir a uma ação de campanha no Porto na sexta-feira, anunciou este sábado André …

Ouvir 30 segundos de uma sonata de Mozart pode reduzir ataques de epilepsia

Ouvir a Sonata para Dois Pianos em Ré Maior (K448), de Wolfgang Amadeus Mozart, durante pelo menos 30 segundos, ajuda a reduzir a atividade elétrica cerebral associada à epilepsia resistente a medicação. Os resultados também sugerem …

Astrónomos resolvem mistério cósmico com 900 anos

Um mistério cósmico com 900 anos, em torno das origens de uma famosa supernova observada pela primeira vez na China no ano 1181, foi finalmente resolvido. Uma nova investigação, publicada dia 15 de setembro no The …

Bons hábitos alimentares podem reduzir a probabilidade de contrair covid-19

Um novo estudo indica que as pessoas que comem muitas frutas e vegetais podem ter menos probabilidades de contrair covid-19. Num pesquisa que envolveu 590 mil adultos, os investigadores descobriram que as pessoas que eram adeptas …

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …