Deputados aprovaram isenção do IVA sem saber o seu impacto financeiro

PSD / Flickr

O PS assegurou hoje “que é totalmente falsa a ideia de que há um aumento nos cofres partidários” com as alterações aprovadas à lei do financiamento dos partidos, rejeitando ainda a retroatividade da legislação.

Numa conferência de imprensa no parlamento, Ana Catarina Mendes, a coordenadora do PS no grupo de trabalho sobre o financiamento dos partidos, afirmou que “da lei agora aprovada não resulta nenhum aumento de subvenção estatal, ou seja, de aumento de dinheiros públicos para os partidos políticos”.

“É importante dizer-se que é totalmente falsa a ideia, que agora surge, de que há um aumento nos cofres partidários. É falsa também a ideia da retroatividade da lei”, garantiu.

Sobre a isenção do IVA, a secretária-geral adjunta do PS disse ainda que “não há nenhuma alteração à norma que isenta, há décadas, os partidos políticos do pagamento” deste imposto, tendo visado “apenas superar apreciações discricionárias da administração sem alterar a regra da isenção já existente”.

Segundo o Público, no entanto, os deputados ainda não têm qualquer informação oficial sobre o custo que o alargamento da isenção do IVA a todas as despesas suportadas pelos partidos políticos representará para o Estado.

O jornal relembra que, apesar da falta de informação, atestada pelo Ministério das Finanças, que disse não ter forma de esclarecer o impacto que as mudanças na lei do financiamento partidário teriam nos cofres da Autoridade Tributária – uma vez que o grupo de trabalho pediu esse esclarecimento de quinta para sexta-feira antes do natal -, quatro deputados (do PS, PSD, PCP e PEV) decidiram emitir um comunicado conjunto no qual realçam que “da lei aprovada não resulta nenhum aumento da subvenção estatal ou quaisquer encargos públicos adicionais”.

O parlamento aprovou no dia 21 em votação final global, por via eletrónica, alterações à lei do financiamento dos partidos, com a oposição do CDS-PP e do PAN, que discordam do fim do limite para a angariação de fundos.

Há mais de um ano que o presidente do Tribunal Constitucional solicitou ao parlamento uma alteração no modelo de fiscalização para introduzir uma instância de recurso das decisões tomadas.

Assim, com as alterações agora introduzidas, a Entidade das Contas e Financiamentos Políticos (ECFP) passa a ser a responsável em primeira instância pela fiscalização das contas com a competência para aplicar as coimas e sanções.

Se os partidos discordarem, podem recorrer, com efeitos suspensivos, da decisão da ECFP, para o plenário do Tribunal Constitucional.

Contudo, além destas e outras alterações de processo, o PS, PSD, PCP, BE e PEV concordaram em mudar outras disposições relativas ao financiamento partidário, entre os quais o fim do limite para as verbas obtidas através de iniciativas de angariação de fundos e o alargamento do benefício da isenção do IVA a todas as atividades partidárias.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Os deputados não tem ideia do que esta medida irá acarretar p/ os cofres dos Estado, automaticamente p/ os contribuintes?? Mas AINDA querem tentar enganar mais?? Os deputados devem achar que o Povo é mesmo BURRO. Ora se os partidos tem essas benesses quem as vai pagar senão o contribuinte, não é necessário ser muito inteligente p/ chegar lá. Das 2 uma ou os deputados acham que o povo é muitos Burro ou são eles os BURROS!! Qual destes 2 pontos será o melhor!!!…

  2. Porque real e objectiva razão, os partidos encontram-se isentos de IVA, quanto TODA a gente paga esse imposto, quer goste ou não dele? Ah! São os partidos QUE FAZEM AS LEIS, logo, auto-isentam-se, naturalmente…

    • Devia informar-se antes de “botar faladura”. Não é verdade que TODA a gente pague IVA. O CIVA tem todo um capítulo II dedicado a “isenções” e no seu artigo 9º estabelece uma lista de 37 situações em que as entidades estão isentas de IVA. Isso aplica-se, por exemplo a actividades de médicos, enfermeiros, associações culturais, associações humanitárias, associações sem fins lucrativos, múltiplas actividades culturais e artísticas, etc…
      Goste-se ou não dos partidos ou do partido A, B ou C e do seu funcionamento, a verdade é que estão mais próximo da natureza destas entidades do que de empresas comerciais (embora alguns sejam agências de emprego).
      Curiosamente esta campanha sobre o pagamento ou não do IVA surge mesmo a calhar para o Rui Rio que tem eleições à porta fazer declarações contra (apesar do seu partido ter aprovado a isenção…). Coincidências?…

      • Falar dos partidos A, B e C torna-o imediatamente suspeito de estar metido no assunto!
        Ao menos tenha a inteligência, a vergonha e o pudor de estar calado.

  3. Quem parte e reparte e não fica com a melhor parte, ou é burro ou não tem arte!
    Eles estão lá não é pelos lindos olhos deste povo martirizado, é pelos interesses deles próprios e das suas empresas… Não?
    Daí tratarem do assunto à porta fechada, à pressa, de modo a que fosse tudo acautelado antes que viesse a publico…

  4. Pobres meninos inocentes a praticarem marotices sem se aperceberem de tal e mais curioso ainda é que quase todos se entenderam nesta maroteira do centro à extrema-esquerda enquanto para se entenderem num assunto de interesse nacional nunca conseguem consensos.

RESPONDER

Numa vila turca, os muçulmanos têm rezado na direção errada durante décadas

Os muçulmanos de uma pequena aldeia no oeste da Turquia foram obrigados a ajustar as suas orações, depois de descobrirem que estavam a rezar na direção errada durante décadas.  A descoberta partiu do imã Isa Kaya, …

Há um superaglomerado de galáxias escondido no Universo primitivo

É a maior estrutura astronómica alguma vez conhecida do antigo Universo. As evidências sugerem que a sua massa seja equivalente às maiores estruturas encontradas no Universo atual. A equipa de investigadores, liderada por Olga Cucciati, do …

Trump anuncia saída dos EUA de tratado nuclear com a Rússia

Os Estados Unidos vão retirar-se de um tratado sobre armas nucleares assinado com a Rússia durante a Guerra Fria, anunciou hoje o presidente norte-americano, Donald Trump, acusando Moscovo de violar o acordo “há muitos anos”. “A …

Os portugueses têm menos filhos do que gostariam

A diretora da representação do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) disse que em Portugal a fertilidade desejada está bastante abaixo da realizada, tendo o país uma taxa de fecundidade baixa. Mónica Ferro, que neste …

"Piranha" da era dos dinossauros aterrorizou os mares do Jurássico

Uma nova espécie de peixe, semelhante a uma piranha e que viveu há 150 milhões, no tempo dos dinossauros, é descrita na edição desta sexta-feira da revista científica Current Biology. O peixe ósseo tinha dentes como …

OE2019. Bloco anuncia voto a favor, Rio critica "orgia orçamental"

O Bloco de Esquerda reagiu à proposta de Orçamento de Estado de 2019, afirmando que o partido vai votar a favor do documento na sua generalidade. Já Rui Rio, em sentido oposto, vai propor à Comissão …

Lâminas de gelo na lua Europa vão dificultar a sua exploração

A lua Europa, uma das principais candidatas para procurar vida fora da Terra, tem uma espécie de floresta de lâminas de gelo que pode dificultar a aterragem de veículos espaciais. Um estudo recente, publicado na Nature …

Milhares de londrinos saíram à rua para pedir novo referendo sobre o Brexit

Centenas de milhares de pessoas saíram este sábado às ruas de Londres para protestar contra o ‘Brexit’, a decisão do Reino Unido de sair da União Europeia, e em defesa de um novo referendo. Segundo a …

Em Monchique, as máquinas de lavar roupa usadas são abrigos para gatos

Máquinas de lavar e de secar roupa usadas estão a ser transformadas em obras de arte urbana para abrigar gatos na vila de Monchique, no Algarve, num projeto pioneiro no sul do país implementado pela …

Cientistas criam a câmara mais rápida do mundo para captar lasers

Três cientistas criaram uma tecnologia chamada "Fotografia ultra-rápida compactada de 10 biliões de frames por segundo" (T-CUP). Cem vezes mais rápida que o método de gravação mais rápido anteriormente usado. Investigadores a trabalhar com lasers avançados …