Testemunha diz ter visto Maddie a falar alemão em Portugal em 2017

Uma professora reformada disse, de acordo com o jornal britânico Sky News, acreditar ter visto Madeleine McCann num supermercado em Portugal em 2017, 10 anos depois de a criança britânica ter desaparecido no Algarve.

A testemunha terá dito à polícia portuguesa que viu Madeleine McCann, que hoje teria 17 anos, a falar em alemão com outra rapariga num supermercado perto de Albufeira, a quase 60 quilómetros do resort de onde a criança desapareceu em 2007.

De acordo com o Sky News, a mulher contou à polícia que a marca única no olho direito da rapariga – que decorre de uma condição rara chamada coloboma que afeta uma em cada 10 mil crianças – a fez pensar que era Madeleine. A testemunha disse que percebeu que poderia ser a menina e esperou na caixa, mas não a voltou a ver.

“Vi a mancha no olho direito e, depois de algum tempo, associei o rosto a Madeleine, mas, infelizmente, era tarde demais, já tinham saído do supermercado”, disse.

A professora reformada, que entrou em contacto com o advogado dos McCann em Lisboa, Rogério Alves, disse que a viu no supermercado Apolónia da Praia da Galé.

A mulher disse à sua família que achava que tinha visto Madeleine, mas só entrou em contacto com a polícia depois de ver a cobertura sobre Christian Brueckner, alemão suspeito de raptar a menina em 2007. Brueckner é também suspeito do assassinato da menina, que na altura estava em férias com os pais e outros dois irmãos em Portugal.

O procurador alemão Hans Christian Wolters disse que tem evidências de que Madeleine está morta. Wolters está a montar um caso de assassinato contra Brueckner, que foi condenado a sete anos de prisão por violar uma norte-americana em Portugal em 2005. O homem está a cumprir penas por violação e drogas na prisão de Kiel, perto de Hamburgo.

Acredita-se que a polícia portuguesa vá entrevistar a testemunha, mas não pensa que adolescente vista pela mulher seja mesmo Madeleine McCann, de acordo com o mesmo jornal. Houve quase nove mil supostos avistamentos em 101 países. Madeleine foi considerada o caso de pessoa desaparecida mais intensamente relatado dos tempos modernos.

A mulher deu uma entrevista ao programa “Sexta às 9”, da RTP 1, na sexta-feira passada. Questionada pelo facto de não ter contado às autoridades na altura, a mulher disse que teve medo depois de a família a ter aconselhado a estar calada, porque o seu relato não fazia sentido.

De acordo com o “Sexta às 9”, a PJ considera esta hipótese improvável, mas não a descarta e mantém todas as linhas de investigação em aberto.

Reabertura do processo

As polícias britânica e alemã, lançaram no dia 3 de junho um novo apelo público de informação sobre um homem alemão, suspeito de envolvimento no desaparecimento de Madeleine McCann em Portugal em 2007.

O homem, de 43 anos, atualmente a cumprir pena de prisão na Alemanha, terá vivido no Algarve entre 1995 e 2007, tendo a polícia revelado que registos telefónicos o colocam na área da Praia da Luz no dia em a criança inglesa desapareceu.

Madeleine McCann desapareceu no dia 3 de maio de 2007, poucos dias antes de fazer quatro anos, do quarto onde dormia juntamente com os dois irmãos gémeos, mais novos, num apartamento de um aldeamento turístico, na Praia da Luz, no Algarve.

Recentemente, a PJ procurou o corpo de Madeleine McCann em três poços de água localizados em zonas rurais do concelho de Vila do Bispo, no Algarve, mas não encontraram nenhum vestígio da menina britânica.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Acredito mais que a menina já morta fosse colocada na urna á noite na capela inglesa onde estava uma senhora morta e depois foi cremada. É a minha opinião, porque não foram investigar?
    Agora querem a encontrar a Madie, pois já não existe.
    Se não viesse os ingleses a policia Judiciária com o Inspector Amaral já tinha resolvido…
    Mas o Sócrates é que foi culpado de correrem com o Inspector Amaral…

  2. Mais uma história em cima de tantas outras e nada de concreto! Estranho é andarem por aí pedófilos com toda a liberdade, estranhas democracias estas que pouco ou nada protegem os indefesos!

RESPONDER

Ruth, a "humana digital" da Nestlé ensina como fazer as bolachas perfeitas

Graças à Inteligência Artificial, nasceu Ruth, um "humano digital" da Nestlé que interage connosco e nos ajuda a fazer as melhores bolachas com pepitas de chocolate. A internet é o maior livro de receitas a que …

“Ditador egoísta e despótico”. Margaret Tatcher comparou Saddam Hussein a Hitler após ataque ao Kuwait

Documentos do início da Guerra do Golfo revelam que a antiga primeira-ministra britânica Margaret Thatcher comparou Saddam Hussein a Adolf Hitler após a invasão do Kuwait pelo ditador iraquiano. De acordo com os documentos anteriormente confidenciais …

Cientistas criam "televisão" ultravioleta para animais (que nos vai ajudar a entendê-los melhor)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, desenvolveu uma "televisão" ultravioleta para ajudar os especialistas a entender melhor a forma como os animais veem o mundo. Os monitores de televisões ou computadores têm …

Watakano, a “ilha da prostituição” que teve o seu auge nos anos 80, está agora vazia

Conhecida como “ilha da prostituição”, Watakano já foi considera um pequeno paraíso sexual. No seu auge, do final dos anos 70 a meados dos anos 80, homens faziam um curta viagem de barco até ao …

Deputado norte-americano quer banir GTA 5 e outros jogos violentos. Tudo para diminuir roubos de carros

O deputado norte-americano Marcus Evans quer proibir a venda de videojogos violentos que promovam atividades criminosas, como o GTA 5, face ao aumento dos roubos de automóveis em Chicago e um pouco por todo o …

Estudante projetou um casaco que se transforma num saco-cama para os sem-abrigo. E deu-lhes um emprego

Nos Estados Unidos, há pelo menos 567.715 pessoas que vivem nas ruas. Embora há quem vire as costas a essas estas, também há quem esteja disposto a fazer tudo para ajudar os necessitados e tirá-los …

Um livro e uma reclusa-mediterrânica. Aranhas venenosas obrigam a encerramento temporário de biblioteca nos EUA

Aranhas venenosas da espécie reclusa-mediterrânica apareceram na cave de uma biblioteca na Universidade do Michigan, nos Estados Unidos. Os funcionários de uma biblioteca da Universidade do Michigan, nos Estados Unidos, foram obrigados a encerrar temporariamente o …

Bolsonaro diz que máscaras causam "efeitos colaterais"

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse que as máscaras causam "efeitos colaterais" e citou um alegado estudo alemão, sem acrescentar mais detalhes. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, causou polémica esta quinta-feira ao dizer que as …

Pilotos aprovam acordo de emergência na TAP

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou esta sexta-feira o acordo de emergência na TAP, adiantaram vários pilotos à Lusa. O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou o acordo de emergência na …

Britânico enviava dinheiro a residentes de uma cidade britânica. Era "um ato generoso de bondade"

Os habitantes de Frome, no Reino Unido, estão constantemente à espera do correio, depois de ter sido revelado que um homem misterioso estava a entregar dinheiro nas casas dos residentes locais. A polícia da cidade inglesa …