Kim Jong-un anuncia suspensão de testes nucleares e balísticos

KCNA / YONHAP

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

O regime norte-coreano anunciou a suspensão dos testes nucleares a partir de sábado e o desmantelamento da base de Punggye-ri. Este gesto foi bem recebido pelos EUA e aliados, embora não dê indicação de que a Coreia do Norte vai abdicar das armas que possui.

A Coreia do Norte vai suspender os testes nucleares e de mísseis balísticos intercontinentais e irá desmantelar as instalações nucleares no Norte do país “a partir do dia 21 de Abril”, este sábado, anunciou Pyongyang através da KCNA – a agência de notícias oficial do regime.

O anúncio acontece dias antes de o líder norte-coreano Kim Jong-un se encontrar com o presidente sul-coreano, Moon Jae-in numa localidade fronteiriça para uma rara cimeira entre os dois países que tem por objetivo resolver a disputa nuclear com Pyongyang.

A decisão da Coreia do Norte foi tomada numa reunião do Comité Central do partido no poder, que acordou discutir “um novo período” de políticas no país. O país disse estar a mudar o foco da sua política nacional e concentrado em melhorar a sua economia.

A decisão não manifesta uma vontade expressa de Kim Jong-un de se desfazer das armas nucleares que já tem, mas Donald Trump e os países aliados dos norte-americanos na região mostraram-se satisfeitos, salienta o Público.

“Isto são óptimas notícias para a Coreia do Norte e para o mundo – grande progresso! Estou ansioso pelo nosso encontro”, escreveu o Presidente dos Estados Unidos no Twitter. Trump fez referência à reunião que, por sua iniciativa, pode juntar um líder da Coreia do Norte e um chefe de Estado norte-americano à mesma mesa pela primeira vez na história.

Um porta-voz do Presidente da Coreia do Sul afirmou que este gesto de Kim irá ajudar a “amenizar a situação” na Península coreana, além de “contribuir para criar um ambiente muito positivo” para as negociações de paz.

Esta quinta-feira, Moon Jae-in afirmou que Kim deixou de exigir a retirada das tropas norte-americanas na região em troca da desnuclearização da Coreia do Norte. Esta hipótese será discutida entre os Presidentes das Coreias, num encontro agendado para a próxima semana (o primeiro encontro entre as duas Coreias em mais de uma década).

No entanto, esta hipótese foi recebida com cautela pelos EUA e Japão, escreve o mesmo jornal que a encaram, juntamente com a suspensão dos ensaios nucleares e balísticos, como uma tática ponderada por Kim Jong-un.

Isto é, mostrando publicamente vontade em abdicar de algumas exigências historicamente intocáveis ao regime, a Coreia do Norte pode estar a empurrar os EUA para um acordo de paz, antes de renunciar ao equipamento e tecnologia militar.

Kim justifica a suspensão dos testes com o facto de Pyongyang já ter comprovado a sua capacidade militar, afirmando que “o local de testes nucleares a Norte já completou a sua missão”.

O Japão afirma que esta suspensão não é suficiente. O ministro da Defesa japonês apelou à manutenção da pressão internacional sobre Kim Jong-un. “A comunidade internacional espera que a Coreia do Norte renuncie a todas as armas de destruição maciça de forma totalmente demonstrável e irreversível”, defendeu Itsunori Onodera.

Em novembro de 2017, um ensaio da Coreia do Norte provou que o regime é capaz de atingir qualquer ponto do território dos EUA, de acordo com os cálculos do Comando do Pacífico dos Estados Unidos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. E já não faltam por aí ignorantes a querer dar mérito ao Trump por causa disto. Então quer dizer, enquanto Trump o ameaçou com “fogo e fúria” e com porta-aviões na costa da Coreia e marimbou completamente no Trump e continuou a desenvolver o seu armamento até ter bombas que chegam aos EUA. Agora que tem o que queria e por sua livre vontade abandona OS TESTES… Andam por aí uns patetinhas a dizer que foi com medo do Trump.

    Só me faz lembrar aqueles ratos que pensam que o gato está a fugir deles, sem repararem no Rotweiller que está atrás mesmo atrás deles.

  2. Certamente o rapazola já deve ter sido informado da sorte do Sadam e da do Kadafi e decidiu voltar atrás ou então andará a descobrir nova tentativa de diversão, em todo o caso se for verdade o que vem na notícia será bom para todos certamente a começar pelo miserável povo norte-coreano.

RESPONDER

Coronavírus abala mercados mundiais. Petróleo derrapa mais de 3%

A preocupação com as consequências económicas da propagação do coronavírus na China está a ter um efeito devastador nos mercados. A derrapagem nos mercados acontece numa altura em que o número de mortos pelo surto de …

Prémio Tyler 2020: Defensores de políticas verdes ganham "Nobel do Meio Ambiente"

O Prémio Tyler 2020, também conhecido como o "Nobel do Meio Ambiente", foi atribuído à bióloga Gretchen Daily e ao economista ambiental Pavan Sukhdev, foi hoje anunciado. A bióloga especialista em conservação e o economista são …

Subsídios estão a ser pagos e aumento de 15% no ordenado "não é realista", diz a Ryanair

A Ryanair está a pagar os subsídios de férias e Natal, afirmou hoje um responsável da companhia, salientando que o sindicato dos tripulantes de cabine tenta “forçar” aumentos salariais de 15%, o que “não é …

Tia de Kim Jong-un faz a primeira aparição pública em mais de seis anos

Kim Kyong-hui, tia paterna do líder norte-coreano Kim Jong-un, reapareceu em público este sábado pela primeira vez em mais de seis anos, escreve a BBC. A emissora britânica, que avança a notícia citando a Agência Central …

Coronavírus. Madeira está a preparar-se para eventual surto

Região da Madeira “já está a delinear” quartos com pressão negativa e áreas isoladas, além de “fármacos, oxigénio, fatos protetores, máscaras e capacidade laboratorial”. O presidente do Instituto de Saúde (Iasaúde) da Madeira anunciou esta segunda-feira …

Luanda Leaks. Isabel dos Santos vai processar o consórcio de jornalistas

Depois de Rui Pinto ter assumido a autoria da divulgação dos documentos do caso Luanda Leaks, Isabel dos Santos avança que vai processar o consórcio de jornalistas. A empresária angolana Isabel dos Santos vai processar o …

Portugal vende cinco F-16 à Roménia por 130 milhões de euros

O ministério da Defesa Nacional oficializou hoje, na Base Aérea de Monte Real, no distrito de Leiria, a venda de cinco aviões militares F-16 à Roménia, num negócio de 130 milhões de euros. "Com este processo …

Pedro Proença e a violência no futebol: "É chegada a altura de o Governo assumir responsabilidades"

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol (LPFP), Pedro Proença, disse esta segunda-feira, depois de uma reunião no Ministério da Administração Interna (MAI), que o governo deve assumir responsabilidades sobre os recentes casos de violência …

Reconhecimento facial vai ser testado no acesso a serviços públicos online

O Governo quer criar um sistema de reconhecimento facial para usar a chave móvel digital, ferramenta que já permite aceder a vários serviços online do Estado. O Governo está a planear criar um sistema de reconhecimento …

Sem voz no clube, Raul José pondera abandonar o Sporting

Sem voz na pasta das contratações e construção do plantel, Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting, pode estar de saída do clube. Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting CP, estará …