Kim Jong-un anuncia suspensão de testes nucleares e balísticos

KCNA / YONHAP

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

O regime norte-coreano anunciou a suspensão dos testes nucleares a partir de sábado e o desmantelamento da base de Punggye-ri. Este gesto foi bem recebido pelos EUA e aliados, embora não dê indicação de que a Coreia do Norte vai abdicar das armas que possui.

A Coreia do Norte vai suspender os testes nucleares e de mísseis balísticos intercontinentais e irá desmantelar as instalações nucleares no Norte do país “a partir do dia 21 de Abril”, este sábado, anunciou Pyongyang através da KCNA – a agência de notícias oficial do regime.

O anúncio acontece dias antes de o líder norte-coreano Kim Jong-un se encontrar com o presidente sul-coreano, Moon Jae-in numa localidade fronteiriça para uma rara cimeira entre os dois países que tem por objetivo resolver a disputa nuclear com Pyongyang.

A decisão da Coreia do Norte foi tomada numa reunião do Comité Central do partido no poder, que acordou discutir “um novo período” de políticas no país. O país disse estar a mudar o foco da sua política nacional e concentrado em melhorar a sua economia.

A decisão não manifesta uma vontade expressa de Kim Jong-un de se desfazer das armas nucleares que já tem, mas Donald Trump e os países aliados dos norte-americanos na região mostraram-se satisfeitos, salienta o Público.

“Isto são óptimas notícias para a Coreia do Norte e para o mundo – grande progresso! Estou ansioso pelo nosso encontro”, escreveu o Presidente dos Estados Unidos no Twitter. Trump fez referência à reunião que, por sua iniciativa, pode juntar um líder da Coreia do Norte e um chefe de Estado norte-americano à mesma mesa pela primeira vez na história.

Um porta-voz do Presidente da Coreia do Sul afirmou que este gesto de Kim irá ajudar a “amenizar a situação” na Península coreana, além de “contribuir para criar um ambiente muito positivo” para as negociações de paz.

Esta quinta-feira, Moon Jae-in afirmou que Kim deixou de exigir a retirada das tropas norte-americanas na região em troca da desnuclearização da Coreia do Norte. Esta hipótese será discutida entre os Presidentes das Coreias, num encontro agendado para a próxima semana (o primeiro encontro entre as duas Coreias em mais de uma década).

No entanto, esta hipótese foi recebida com cautela pelos EUA e Japão, escreve o mesmo jornal que a encaram, juntamente com a suspensão dos ensaios nucleares e balísticos, como uma tática ponderada por Kim Jong-un.

Isto é, mostrando publicamente vontade em abdicar de algumas exigências historicamente intocáveis ao regime, a Coreia do Norte pode estar a empurrar os EUA para um acordo de paz, antes de renunciar ao equipamento e tecnologia militar.

Kim justifica a suspensão dos testes com o facto de Pyongyang já ter comprovado a sua capacidade militar, afirmando que “o local de testes nucleares a Norte já completou a sua missão”.

O Japão afirma que esta suspensão não é suficiente. O ministro da Defesa japonês apelou à manutenção da pressão internacional sobre Kim Jong-un. “A comunidade internacional espera que a Coreia do Norte renuncie a todas as armas de destruição maciça de forma totalmente demonstrável e irreversível”, defendeu Itsunori Onodera.

Em novembro de 2017, um ensaio da Coreia do Norte provou que o regime é capaz de atingir qualquer ponto do território dos EUA, de acordo com os cálculos do Comando do Pacífico dos Estados Unidos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. E já não faltam por aí ignorantes a querer dar mérito ao Trump por causa disto. Então quer dizer, enquanto Trump o ameaçou com “fogo e fúria” e com porta-aviões na costa da Coreia e marimbou completamente no Trump e continuou a desenvolver o seu armamento até ter bombas que chegam aos EUA. Agora que tem o que queria e por sua livre vontade abandona OS TESTES… Andam por aí uns patetinhas a dizer que foi com medo do Trump.

    Só me faz lembrar aqueles ratos que pensam que o gato está a fugir deles, sem repararem no Rotweiller que está atrás mesmo atrás deles.

  2. Certamente o rapazola já deve ter sido informado da sorte do Sadam e da do Kadafi e decidiu voltar atrás ou então andará a descobrir nova tentativa de diversão, em todo o caso se for verdade o que vem na notícia será bom para todos certamente a começar pelo miserável povo norte-coreano.

Empresa norte-americana quer recuperar o transmissor do Titanic que lançou as chamadas de socorro

A empresa privada norte-americana RMS Titanic Inc quer remover o equipamento de rádio da empresa Marconi que está entre os destroços do Titanic. A empresa pretende levar a cabo a "remoção cirúrgica" dos aparelhos de …

Luigi di Maio deixa liderança do Movimento 5 Estrelas

O líder do Movimento 5 Estrelas (M5S) demitiu-se da liderança, esta quarta-feira, e apelou a uma refundação do partido italiano, que atravessa uma crise interna e uma série de maus resultados em eleições regionais. Luigi Di …

Nova técnica combina injeções geladas e salgadas para combater a gordura

Uma equipa de cientistas, da Universidade de Harvard e do Hospital Geral de Massachusetts, testou um novo tratamento que derrete a gordura da barriga. A nova técnica, desenvolvida por investigadores da Universidade de Harvard e do Hospital …

Jogadores "imploraram pela vida" em Alcochete

O lateral esquerdo Lumor e o guarda-redes Salin foram ouvidos, esta quarta-feira, na 21.ª sessão do julgamento da invasão à academia leonina. Lumor, que está emprestado pelo Sporting ao Maiorca, de Espanha, foi ouvido através do …

Mais de metade dos jovens escolhe os mesmos empregos

Mais de metade dos adolescentes portugueses querem ter os mesmos empregos e, a nível internacional, muitos jovens escolhem carreiras que exigem qualificações académicas, mas para as quais não pretendem estudar. O maior inquérito que avalia o …

Salvador Sobral entra no filme de Will Ferrell sobre a Eurovisão

Salvador Sobral vai aparecer no filme "Eurovision" e já gravou uma cena com Will Ferrell. O vencedor da Eurovisão em 2017 vai cantar uma canção no filme da Netflix e ainda contracenar com o ator …

Para evitar a desertificação, há uma cidade a vender casas a 1 euro

A cidade de Bisaccia, em Itália, está a vender 90 imóveis por apenas um euro. O compromisso é que os compradores renovem as habitações. A cidade italiana de Bisaccia, no sul da Campânia, em Itália, está …

Daniel Podence a caminho do Wolverhampton

Daniel Podence deverá ser anunciado em breve como novo reforço dos Wolves, equipa inglesa orientada por Nuno Espírito Santo e na qual já jogam outros sete portugueses. De acordo com o jornal O Jogo, Daniel Podence …

"Quando o PS é oposição, os sindicalistas são valiosos. Quando é poder, empecilhos"

José Abraão, do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública, deixou duras críticas ao Governo por não se sentir incluído no processo das decisões políticas. Para José Abraão, o Partido Socialista não valoriza o papel dos sindicatos. …

Governo admite gratuitidade em creches para 40 mil crianças

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social confirmou, esta quarta-feira, a intenção de criar sete mil novos lugares de creches e admitiu a gratuitidade da frequência para 40 mil crianças. Ana Mendes Godinho falava hoje …