Sócrates “nunca teria sido PM sem ter ganho as eleições”

José Goulão / Flickr

José Sócrates, durante as gravações da mensagem de Natal de 2008

Numa entrevista à rádio pública, o ex-primeiro-ministro lançou críticas a António Costa, apesar de apoiar o Governo, e algumas farpas a Marcelo Rebelo de Sousa.

Na entrevista emitida esta quinta-feira pela Antena 1, José Sócrates abordou não só o Governo de esquerda, a atuação do novo primeiro-ministro e até o papel do Presidente da República.

O ex-primeiro-ministro diz ser um “apoiante deste Governo” mas revela que “nunca teria sido primeiro-ministro sem ter ganho as eleições”.

“Eu nunca teria sido primeiro-ministro sem ter ganho as eleições, mas esse é um problema meu, agora reconheço toda a legitimidade a este Governo e a António Costa“, afirmou, na entrevista conduzida por Maria Flor Pedroso.

Aliás, o socialista lembra o facto de  “este Governo ter começado como provisório” mas “que agora já não o é”.

Relativamente ao BPI, o ex-governante considera que foi um “erro político” do Governo, e até do Presidente da República, ter-se envolvido no caso, assim como a legislação feita à medida do banco.

“Foi um erro e uma precipitação, mas o Governo fez isso com boa intenção para resolver um problema”, justifica.

Outra das críticas deixadas ao próprio PS foi o silêncio e a falta de solidariedade por parte do partido durante o processo judicial em que se encontra envolvido e durante os meses na prisão.

“Ao fim de três meses, seis meses, agora ao fim de um ano, um ano e meio? Sabe, é que eu estava na prisão quando deputados do Partido Socialista e a direção fizeram uma crítica, que me pareceu muito razoável, ao Estado de Timor Leste pelo facto de haver um cidadão português preso preventivamente há seis meses sem acusação. Eu estava preso há mais de seis meses sem acusação”.

Marcelo é “um alvoroço”

Ainda na mesma entrevista, o antigo líder socialista afirma que nunca se candidataria à Presidência, até porque se considera um “homem mais virado para a ação e menos para a representação”.

Sócrates considera que há “um ganho” com Marcelo Rebelo de Sousa, uma vez que é mais simpático e espirituoso que Cavaco, mas não resiste em criticar o seu modo de atuação.

Não o posso acompanhar neste alvoroço. O alvoroço em que ele transforma a Presidência da República. Acho que o Presidente da República deve ser mais reservado e não aparecer na televisão todos os dias a comentar os mais diversos assuntos”, acusou.

Ainda no capítulo das Presidenciais deixa críticas ao PS, considerando que os socialistas entregaram “a eleição a Marcelo” e que “mesmo quando se sabe que se vai perder não se pode desistir”.

À Antena 1 falou também sobre o escândalo Panama Papers, retificando que o seu nome “não está lá” e que “quem anda aos papéis é o Ministério Público”.

Se não for deduzida acusação, o socialista reafirma que vai processar o Estado porque “não pode ser produzida prova sobre uma coisa que não aconteceu”.

A entrevista teve ainda tempo para falar da situação nos Estados Unidos e a escolha do ex-PM é clara: votaria em Bernie Sanders.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Uma tonelada de chocolate invadiu as ruas de uma cidade alemã

Um "rio" de chocolate invadiu as ruas de Werl, na Alemanha, nesta segunda-feira. Um tanque de uma fábrica local produtora de chocolate transbordou, derramando cerca de uma tonelada de chocolate nas ruas da cidade que …

Formações rochosas ancestrais destruídas no Utah. Vandalismo ou fraude?

Misteriosos vídeos apareceram recentemente na Internet que mostram formações rochosas antigas protegidas no deserto do Utah a ser destruídas com explosivos. Os vídeos levantam mais perguntas do que dão respostas. Num primeiro, vê-se um arco rochoso …

Bruno de Carvalho foi a personalidade portuguesa mais pesquisada no Google em 2018

O futebol liderou as pesquisas no Google em 2018. Bruno de Carvalho, ex-presidente do Sporting, foi a personalidade portuguesa mais pesquisada. Entretanto, a palavra mais pesquisada por portugueses foi "Mundial". Destituído da liderança do Sporting e …

McDonalds vai reduzir uso de antibióticos na produção da carne

A resistência aos antibióticos representa uma ameaça à saúde global e à segurança alimentar. Quanto mais antibióticos são dados ao gado, mais rapidamente as bactérias podem adaptar-se e tornar-se resistentes. Quando se trata de reduzir o …

Além de Amália e Eusébio, quem está afinal sepultado no Panteão Nacional?

Do fado de Amália Rodrigues ao espetáculo futebolístico de Eusébio, o Panteão Nacional é morada última de vários talentos nacionais, que marcaram a História de Portugal e levaram a imagem do país além fronteiras. Mas …

Espanha anuncia aumento do salário mínimo para 900 euros

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, anunciou a subida de 22% no salário mínimo - de 735,90 para 900 euros. Num discurso no parlamento espanhol, Pedro Sánchez sublinhou que a subida será de 22%, a maior desde …

Ex-advogado de Trump condenado a três anos de prisão

Michael Cohen, antigo advogado do Presidente norte-americano, foi esta quarta-feira condenado a três anos de prisão. Esta é a sentença mais pesada já atribuída nos processos saídos das investigações sobre as suspeitas de interferência da …

Demissão em bloco dos chefes de equipa de urgência do hospital D. Estefânia

Os chefes de equipa de urgência do hospital D. Estefânia, em Lisboa, consideram que houve "quebra do compromisso" feito pela instituição de contratar mais médicos. O anúncio, feito esta quarta-feira, refere que os médicos consideram que …

Lidl aumenta salário mínimo para 670 euros

O Lidl decidiu aumentar “para 670 euros o valor do ordenado de entrada” no primeiro ano na empresa, acima do salário mínimo nacional, que é de 600 euros. O Lidl Portugal anunciou esta terça-feira que …

Sindicato dos estivadores prolonga greve até 2019

O Sindicato Nacional dos Estivadores e Atividade Logística (SEAL) vai avançar com o pré-aviso para que a greve às horas extraordinárias dos estivadores do Porto de Setúbal continue em 2019 por tempo indeterminado. A greve às …