100 dos 440 carros incendiados no Andanças vão custar um milhão às seguradoras

António José / Lusa

Dia seguinte ao incêndio no "Andanças"

Dia seguinte ao incêndio no “Andanças”

Cerca de cem automóveis destruídos pelo fogo no festival Andanças, em Castelo de Vide, têm cobertura de incêndio e vão receber um total de um milhão de euros de indemnização, informou a Associação Portuguesa de Seguradores (APS).

“Cerca de um quarto dos veículos que arderam têm cobertura de incêndio”, afirma a APS em comunicado divulgado esta terça-feira, no qual dá conta de as seguradoras terem contabilizado mais de uma centena de participações ao abrigo da cobertura de incêndio do seguro de danos próprios.

O levantamento, diz a associação, foi feito com base “em informação atualizada” sobre os seguros dos veículos que arderam na quarta-feira em Castelo de Vide.

“A estas participações corresponderá um valor de indemnizações a pagar ligeiramente superior a um milhão de euros”, afirma a APS.

O valor foi estimado depois de ter sido feito o primeiro levantamento dos danos sofridos pelos proprietários das viaturas sinistradas que tinham contratado o seguro de danos próprios com a inclusão da cobertura de incêndio.

“De acordo com os dados apurados até à data, estima-se que cerca de um quarto destes veículos possui um seguro com a cobertura de incêndio, podendo resolver por esta via a sua situação”, afirmou.

A seguradora Liberty Seguros, também em comunicado, anunciou ainda ter decidido, caso venha revelar-se necessário, assumir “todos os sinistros que tenham afetado clientes seus” no incêndio ocorrido em 3 de agosto.

Mas a seguradora ressalva que, no caso de pagar um sinistro não coberto pela apólice, nomeadamente por só cobrir danos a terceiros, se reserva do direito a ser posteriormente reembolsada dos valores pagos de quem venha a apurar-se como culpado.

A Liberty Seguros assumirá a reparação dos danos dos seus clientes mesmo que estes apenas tenham contratado apólices de responsabilidade civil contra danos a terceiros, evitando o longo tempo de espera característico destes complexos processos, situação que ilibaria a Liberty Seguros de qualquer responsabilidade num incidente como o que ocorreu no festival Andanças”, afirma a seguradora no comunicado.

Na quarta-feira à tarde, um incêndio que deflagrou num dos parques de estacionamento do festival de dança e música Andanças, em Castelo de Vide (distrito de Portalegre), destruiu 422 veículos automóveis e danificou outros nove, mas não causou danos pessoais.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …

Grupo de precários da Casa da Música dispensado de serviço via e-mail "meia hora depois" de uma vigília de protesto

Cerca de 13 trabalhadores "precários" da Casa da Música, no Porto, foram dispensados dos concertos que tinham alocados para o mês de junho. Em declarações à Lusa, Hugo Veludo, um dos 13 assistentes de sala …

Sete detidos em operação na Quinta da Fonte ficam em prisão preventiva

Os sete homens que foram detidos numa operação policial no bairro da Quinta da Fonte, em Loures, na segunda-feira, ficaram em prisão preventiva, a medida de coação mais gravosa, revelou à agência Lusa a Polícia …

O parasita da malária tem o seu próprio relógio interno

Um novo estudo acaba de revelar que, mesmo quando cultivados fora do corpo, os parasitas da malária conseguem manter o seu ritmo. Quando uma pessoa contrai malária, acontece uma dança rítmica dentro do corpo. Os sinais …

Maduro e Guaidó juntam-se na luta contra a pandemia. EUA acusam país de impedir voos humanitários

O governo do Presidente venezuelano e o líder da oposição Juan Guaidó acordaram procurar conjuntamente fundos para combater a pandemia da covid-19 na Venezuela, de acordo com um documento divulgado esta terça-feira na televisão oficial. No …

Marítimo "aplaude" Costa no espectáculo de Bruno Nogueira e pede adeptos nos Estádios

Com recurso a fotografias de António Costa no Campo Pequeno, a assistir ao espectáculo "Deixem o pimba em paz" de Bruno Nogueira, o Marítimo "aplaude" o gesto do primeiro-ministro e apela a que o futebol …

Sexta extinção em massa cada vez mais próxima. Mais de 500 vertebrados estão em risco

Uma sexta extinção em massa está cada vez mais perto, alertam os cientistas. Mais de 500 espécies de vertebrados estão sob ameaça de extinção devido aos seres humanos. Em 2015, o biólogo da Universidade de Stanford …

O Oumuamua pode ser um icebergue de hidrogénio (e um dos objetos mais raros do Universo)

Uma equipa de astrónomos da Universidade de Yale e da Universidade de Chicago propôs uma nova descrição para o Oumuamua, o primeiro objeto interestelar a passar pelo nosso Sistema Solar. De acordo com a nova teoria …