Santander Totta também vai cobrar por transferências MB Way

O presidente do Santander Totta, Pedro Castro e Almeida, criticou várias vezes a isenção de encargos para os clientes do sistema multibanco e indicou que o banco passará a cobrar por transferências no MB Way, mas sem indicar valor.

“Aqui em Portugal temos custos de contexto interessantes, não se paga taxas nas ATM (caixas multibanco automáticas) e isso tem custos para o banco, tal como o MB Way tem custos para o banco”, afirmou Pedro Castro e Almeida, em Lisboa, na apresentação dos resultados do primeiro trimestre, tendo repetido várias vezes a crítica a esta isenção nas máquinas multibanco.

Já sobre o sistema de transferências online MB Way, o responsável indicou que o banco passará a cobrar transferências feitas através dessa aplicação (app, em inglês), juntando-se a bancos como BPI e BCP.

Pedro Castro e Almeida indicou que o banco quer que os clientes usem a aplicação do próprio banco para fazerem transferências online e disse que aí o banco vai isentar de custos os clientes que têm uma relação mais ativa com o banco, podendo cobrar no caso daqueles clientes esporádicos acima de determinado limite de transações. Referiu ainda que na aplicação MB Way apenas ficarão isentos os clientes jovens, mercado em que o banco tem apostado, nomeadamente universitários.

Questionado várias vazes sobre o tema MBWay, referiu o mês de julho como aquele em que haverá novidades sobre o tema, mas não avançou o valor que o Santander Totta passará a cobrar por transferências usando a aplicação MB Way.

O MBWay é uma aplicação para telemóveis que permite efetuar compras, pagamentos ou transferências de dinheiro sem ser necessária a utilização física de cartões de débito e de crédito. Foi desenvolvida pela SIBS, empresa detida pelos bancos e gestora da rede multibanco, tendo atualmente mais de 1,25 milhões de utilizadores.

Depois de nos últimos anos este sistema ter sido gratuito, este ano será o primeiro em que o BPI e o BCP passarão a cobrar. Outros bancos deverão seguir-se, fomentando o uso das suas próprias aplicações.

O banco BCP vai cobrar por transferências bancárias feitas por MBWay, a partir de 17 de junho, 1,248 euros (incluindo imposto de selo). Já aos clientes que usem a aplicação do próprio banco serão cobrados 52 cêntimos (incluindo imposto do selo). Ficam isentos desta comissão os clientes do BCP até 23 anos e aqueles que têm pacotes como programa Prestígio, o que, diz fonte oficial do banco, beneficiará “mais de um milhão de clientes, mais de metade do total” dos clientes do BCP.

Já o BPI cobra desde 1 de maio 1,20 euros por transferências que se realizem através da app MB Way. Já na BPI App “o preçário continua isento (0 euros) para todos os clientes BPI”, disse fonte oficial deste banco.

Pela Caixa Geral de Depósitos, fonte oficial afirmou que “a Caixa não está a cobrar comissões de transações em MB Way”, ou seja, está a isentar de taxas este serviço, isto “apesar de já ter há vários meses o valor de 0,20 euros no preçário”. O Novo Banco tem no seu preçário uma cobrança de 15 cêntimos, mas ainda não a pratica, segundo a imprensa.

// Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

    • Mas, a APP é que tem culpa?
      Eu uso sem pagar nada!
      Os espanhóis, mal puseram as mãos no BPI, foram os primeiros a dizer que iriam cobrar taxas no MBWay, agora, outros espanhóis (Santander) seguem o mesmo caminho… é mandar esses bancos dar uma volta, como eu fiz há uns bons anos quando o Santander comprou o Totta…

      • A App MBWAY, pertence à SIBS, que por sua vez é controlada pelos bancos.
        Usas sem pagar nada até teres uma surpresa e descobrires que já te cobram,,,

        • Essa extrapolação não faz qualquer sentido porque senão todos os bancos cobrariam – o que não acontece (até agora só o BPI e o Santander o fazem)!
          No “meu” banco não há dessas surpresas e NUNCA me cobrou nada – muito menos o faria sem me informar!!
          Além disso, eu já falei com eles e disseram-me que não tem qualquer previsão para cobrança de taxas no MBWay.
          É o ActivoBank, onde sou cliente há mais de 10 anos e recomendo.

  1. Obviamente que quando começarem a cobrar vou deixar de usar, é impensável pagar por agora que não representa qualquer tipo de custo e ainda para mais o exagero que é 1.2EUR por cada transacção!

  2. … no Santander Totta haverá algum serviço para clientes que eles não nos cobrem os olhos da cara ?
    Solução, mandar o Banco prós lados … da Laurinhâ.

Responder a Eu! Cancelar resposta

Viagens ao Espaço têm um novo perigo desconhecido para os astronautas

Há um perigo inerente às longas viagens espaciais dos astronautas desconhecido até aos dias de hoje. Um novo estudo aponta que os cosmonautas podem ver o seu fluxo sanguíneo revertido na parte superior do corpo. A …

Macrocilix maia, a misteriosa traça que tem moscas a comer fezes nas suas asas

Macrocilix maia é uma espécie de traça que se destaca pela forma como se camufla dos seus predadores. Nas suas asas vê-se duas moscas a comer excrementos de pássaro. A natureza nunca falha em surpreender-nos e …

Há provas que ligam misteriosa doença que paralisa crianças a vírus raro

Pela primeira vez, foram encontradas provas da associação do Enterovírus D68, um vírus raro até há algum tempo, à Mielite Flácida Aguda, uma doença semelhante à poliomielite que tem afectado centenas de crianças, provocando a …

Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois). As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre …

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …