BPI já cobra transferências MB Way (mas nem todos vão pagar)

O BPI é o primeiro banco a começar a cobrar a partir desta quarta-feira a alguns clientes na realização de transferências MB Way. Mas não é o único.

Dentro de mês e meio também o BCP vai começar a fazê-lo. Nem todos os clientes dos dois bancos serão atingidos por esses custos, mas poderá ser o ponto de partida para outras instituições lhes seguirem as pisadas. Mas há forma de contornar esses custos.

Foi no início de fevereiro que o BPI atualizou o seu preçário a dar conta de que a partir deste dia 1 de maio começava a aplicar uma comissão de 1,248 euros por cada transferência MB Way.

Essa quantia passa a ser cobrada apenas aos clientes do banco que optem por usar a app do MB Way, criada pela SIBS, a gestora do Multibanco e comum a todos os bancos. Isentos ficam os clientes que realizem este tipo de transferências, mas através da app BPI.

Cerca de dois meses após o BPI, foi a vez de também o BCP dar conta no início de abril de que no preçário a entrar em vigor a 17 de junho também iria passar a aplicar uma comissão sobre as transferências MB Way. No caso do banco liderado por Miguel Maya, o custo a cobrar vai variar consoante a plataforma utilizada.

Os clientes que a partir dessa data utilizem a app Millennium para realizarem transferências MB Way passam a pagar 0,52 euros por cada operação. Já os que façam o mesmo tipo de transferências, mas utilizem a app MB Way, o custo de cada operação passa a ser de 1,258 euros.

Isentos de qualquer custo estão os clientes com soluções integradas, como o “Cliente Frequente”, “Millennium GO!”, “Programa Prestige, “Programa Prestige Direto” e “Portugal Prestige”. Clientes com até 23 anos de idade também não pagam por esse serviço.

O tipo de estrutura do comissionamento das transferências MB Way que o BPI e o BCP estão a implementar promove uma relação de troca em que isentam ou cobram menos desde que os clientes mantenham uma ligação forte com a instituição.

Os clientes destes bancos que pretendam eliminar ou reduzir da sua fatura de custos a cobrança pelas transferências MB Way têm como vias as contas pacote e o uso da app do banco. Quem não esteja disposto a isso, a alternativa é trocar ou abrir conta noutra instituição financeira que não aplique comissões.

Grande parte dos bancos, contudo, já está preparada para cobrar pelas transferências MB Way, algo que já está refletido aliás nos respetivos preçários, apesar de não as estarem a aplicar. O custo pode ir até aos 1,56 euros, valor que é usado pelo ActivoBank nas transferências MB Way para contas domiciliadas noutros bancos.

A associação de defesa dos consumidores, recorda o Eco, referia a este propósito que os preços aplicados a uma operação na app móvel MB Way “são desproporcionais”. Nesse sentido, apela ao Banco de Portugal que passe a estipular um teto máximo de 0,2% ao valor das comissões a cobrar em cada transferência com MB Way.

Bancos digitais

Há ainda outra via: recorrer à oferta da banca digital. Existem diversos operadores desse universo que não cobram pelas transferências bancárias.

Entre os operadores em que tal é possível está a Revolut. É um banco digital que já tem licença para operar na Europa e já acumulou mais de 140 mil clientes em Portugal desde a chegada ao mercado nacional em outubro de 2017.

A Revolut permite a criação e o carregamento de uma conta que funciona através de uma aplicação que se instala no telemóvel. É através dessa aplicação que é possível realizar pagamentos ou transferências, após a criação de um cartão virtual, mas também físico. A realização de transferências bancárias, seja dentro ou fora do país, é gratuita, e só entre contas Revolut.

O mesmo tipo de isenção é garantida em operadores digitais como a N26, a Monese ou a Paypal, sendo que qualquer destes operadores tem autorização para operar na Europa e em Portugal.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Liga espanhola não regressa antes de 28 de maio

O presidente da Liga espanhola, Javier Tebas, disse que o futebol naquele país não regressa antes de 28 de maio, no melhor dos casos, com os campeonatos europeus a discutirem opções para completar a temporada …

Terceiro estado de emergência? "É preciso em abril preparar um maio, maduro maio"

O Presidente da Assembleia da República já deixou antever que o Parlamento irá ter de debater, na próxima semana, uma segunda renovação do estado de emergência. Em declarações ao semanário Expresso, Eduardo Ferro Rodrigues cita uma música do …

Mourinho e jogadores do Tottenham apanhados a quebrar regras de isolamento

O técnico português José Mourinho e três jogadores do Tottenham foram apanhados a quebrar as regras de isolamento social decretadas no Reino Unido, segundo avança o diário britânico The Guardian. De acordo com fotografias e vídeos …

Infetados que furem quarentena podem arriscar prisão preventiva

Em Portugal, o crime de propagação de doença tem uma moldura penal que pode ir até oito anos de prisão, admitindo ainda medidas de coação privativas da liberdade, como é o caso da prisão preventiva. Assim, …

Conquistadores espanhóis usaram técnicas indígenas para construir as suas armas

Um novo estudo concluiu que os invasores espanhóis foram obrigados a aprender com os indígenas da Mesoamérica sobre a produção de cobre. Descobertas arqueológicas em El Manchón, no México, apoiam a ideia de que invasores espanhóis, desesperados …

Açambarcamento de medicamentos por Portugal? "É um total absurdo", diz Infarmed

O Infarmed - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde reagiu à acusação feita por uma organização belga, que dizia que Portugal está a fazer um armazenamento excessivo de medicamentos essenciais para o tratamento …

Descoberto âmbar com 40 milhões de anos com duas moscas a acasalar

Há 40 milhões de anos, no supercontinente Gonduana, duas moscas que se encontravam a acasalar viram-se, inesperadamente, numa situação complicada. De alguma forma, este par de moscas de pernas longas (Dolichopodidae) ficou preso na seiva pegajosa …

40 marinheiros do porta-aviões Charles de Gaulle com sintomas de covid-19

Quarenta marinheiros do porta-aviões francês Charles de Gaulle apresentaram recentemente "sintomas compatíveis" com os da infeção pelo novo coronavírus e estão sob "observação médica reforçada", anunciou o Ministério da Defesa. "A partir de hoje, uma equipa …

Medidas para as prisões, apoios às empresas, suspensão de tarifas. Parlamento discute mais de 100 iniciativas

Medidas excecionais para prisões e banca, mais apoios às empresas ou à cultura ou a suspensão de propinas e das tarifas de gás e luz são alguns dos temas que vão passar esta quarta-feira pelo …

Trump tem "interesse financeiro" em farmacêutica que produz hidroxicloroquina (a sua "cura" para a Covid-19)

Donald Trump falou da hidroxicloroquina como uma potencial "cura milagrosa" para a Covid-19, apesar das recomendações contrárias de especialistas e da falta de estudos científicos válidos que confirmem os benefícios da substância. O The New …