Santander Totta também vai cobrar por transferências MB Way

O presidente do Santander Totta, Pedro Castro e Almeida, criticou várias vezes a isenção de encargos para os clientes do sistema multibanco e indicou que o banco passará a cobrar por transferências no MB Way, mas sem indicar valor.

“Aqui em Portugal temos custos de contexto interessantes, não se paga taxas nas ATM (caixas multibanco automáticas) e isso tem custos para o banco, tal como o MB Way tem custos para o banco”, afirmou Pedro Castro e Almeida, em Lisboa, na apresentação dos resultados do primeiro trimestre, tendo repetido várias vezes a crítica a esta isenção nas máquinas multibanco.

Já sobre o sistema de transferências online MB Way, o responsável indicou que o banco passará a cobrar transferências feitas através dessa aplicação (app, em inglês), juntando-se a bancos como BPI e BCP.

Pedro Castro e Almeida indicou que o banco quer que os clientes usem a aplicação do próprio banco para fazerem transferências online e disse que aí o banco vai isentar de custos os clientes que têm uma relação mais ativa com o banco, podendo cobrar no caso daqueles clientes esporádicos acima de determinado limite de transações. Referiu ainda que na aplicação MB Way apenas ficarão isentos os clientes jovens, mercado em que o banco tem apostado, nomeadamente universitários.

Questionado várias vazes sobre o tema MBWay, referiu o mês de julho como aquele em que haverá novidades sobre o tema, mas não avançou o valor que o Santander Totta passará a cobrar por transferências usando a aplicação MB Way.

O MBWay é uma aplicação para telemóveis que permite efetuar compras, pagamentos ou transferências de dinheiro sem ser necessária a utilização física de cartões de débito e de crédito. Foi desenvolvida pela SIBS, empresa detida pelos bancos e gestora da rede multibanco, tendo atualmente mais de 1,25 milhões de utilizadores.

Depois de nos últimos anos este sistema ter sido gratuito, este ano será o primeiro em que o BPI e o BCP passarão a cobrar. Outros bancos deverão seguir-se, fomentando o uso das suas próprias aplicações.

O banco BCP vai cobrar por transferências bancárias feitas por MBWay, a partir de 17 de junho, 1,248 euros (incluindo imposto de selo). Já aos clientes que usem a aplicação do próprio banco serão cobrados 52 cêntimos (incluindo imposto do selo). Ficam isentos desta comissão os clientes do BCP até 23 anos e aqueles que têm pacotes como programa Prestígio, o que, diz fonte oficial do banco, beneficiará “mais de um milhão de clientes, mais de metade do total” dos clientes do BCP.

Já o BPI cobra desde 1 de maio 1,20 euros por transferências que se realizem através da app MB Way. Já na BPI App “o preçário continua isento (0 euros) para todos os clientes BPI”, disse fonte oficial deste banco.

Pela Caixa Geral de Depósitos, fonte oficial afirmou que “a Caixa não está a cobrar comissões de transações em MB Way”, ou seja, está a isentar de taxas este serviço, isto “apesar de já ter há vários meses o valor de 0,20 euros no preçário”. O Novo Banco tem no seu preçário uma cobrança de 15 cêntimos, mas ainda não a pratica, segundo a imprensa.

// Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

    • Mas, a APP é que tem culpa?
      Eu uso sem pagar nada!
      Os espanhóis, mal puseram as mãos no BPI, foram os primeiros a dizer que iriam cobrar taxas no MBWay, agora, outros espanhóis (Santander) seguem o mesmo caminho… é mandar esses bancos dar uma volta, como eu fiz há uns bons anos quando o Santander comprou o Totta…

      • A App MBWAY, pertence à SIBS, que por sua vez é controlada pelos bancos.
        Usas sem pagar nada até teres uma surpresa e descobrires que já te cobram,,,

        • Essa extrapolação não faz qualquer sentido porque senão todos os bancos cobrariam – o que não acontece (até agora só o BPI e o Santander o fazem)!
          No “meu” banco não há dessas surpresas e NUNCA me cobrou nada – muito menos o faria sem me informar!!
          Além disso, eu já falei com eles e disseram-me que não tem qualquer previsão para cobrança de taxas no MBWay.
          É o ActivoBank, onde sou cliente há mais de 10 anos e recomendo.

  1. Obviamente que quando começarem a cobrar vou deixar de usar, é impensável pagar por agora que não representa qualquer tipo de custo e ainda para mais o exagero que é 1.2EUR por cada transacção!

  2. … no Santander Totta haverá algum serviço para clientes que eles não nos cobrem os olhos da cara ?
    Solução, mandar o Banco prós lados … da Laurinhâ.

Governo dos Açores impõe cercas sanitárias em todos os concelhos de São Miguel

O Governo dos Açores decidiu fixar cercas sanitárias nos seis concelhos da ilha de São Miguel, para fazer face à pandemia de covid-19 na região, anunciou esta quinta-feira o líder do executivo. Ficam interditadas, segundo Vasco …

Espanha vai rastear mais de 40 milhões de telemóveis para enfrentar pandemia

Mais de 40 milhões de telemóveis vão ser rastreados em Espanha num estudo de mobilidade anónima que permitirá conhecer os movimentos da população entre territórios e contribuir para tomar decisões para enfrentar a pandemia causada …

Assistência a filho paga a 100% deixa de fora funcionários públicos inscritos na CGA

O pagamento a 100% do subsídio de assistência a filho que entrou em vigor este mês não abrange os funcionários públicos inscritos na Caixa Geral de Aposentações (CGA), revelou fonte oficial do Ministério da Administração …

Câmara do Porto quer isentar rendas de 257 estabelecimentos até junho

A Câmara do Porto vai propor a isenção total das rendas de 257 estabelecimentos situados em prédios municipais, no período de 18 de março a 30 de junho, no valor global de cerca de 112 …

Deslocações na Páscoa limitadas ao concelho de residência

O Governo vai limitar as deslocações dos portugueses durante o período de Páscoa aos concelhos de residência de permanência. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia esta quinta-feira, entre a sexta-feira Santa …

"Dos mais novos no mundo a morrer." Bebé de seis semanas morre de covid-19 nos EUA

Morreu, nos Estados Unidos, um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim de semana, na sequência de uma infeção provocada pela covid-19. Um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim …

Reyes seguia a 187 km/h quando sofreu acidente mortal

O futebolista José Antonio Reyes conduzia a 187 km/h quando rebentou um pneu do carro, provocando o acidente que causou a morte ao antigo jogador do Benfica, indica o relatório pericial da Guarda Civil. A investigação …

OMS está "muito preocupada com o rápido aumento da infeção"

A OMS mostra-se preocupada com a evolução do número de infetados pelo novo coronavírus e pede o perdão da dívida para os países mais vulneráveis. O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) diz estar muito …

Cerco sanitário prolongado em Ovar. "Situação ainda não está controlada"

A Direção-Geral de Saúde decidiu prolongar a cerca sanitária no concelho de Ovar por mais 15 dias, avança o Jornal de Notícias esta quinta-feira. De acordo com o matutino, as autoridades de saúde vão permitir …

Liga belga propõe fim do campeonato e o Club Brugge campeão

A Liga de futebol da Bélgica recomendou esta quinta-feira que se dê por terminada a época 2019/20 do campeonato e a “aceitação da classificação atual” que faz do Clube Brugge campeão, devido ao novo coronavírus …