Santander Totta também vai cobrar por transferências MB Way

O presidente do Santander Totta, Pedro Castro e Almeida, criticou várias vezes a isenção de encargos para os clientes do sistema multibanco e indicou que o banco passará a cobrar por transferências no MB Way, mas sem indicar valor.

“Aqui em Portugal temos custos de contexto interessantes, não se paga taxas nas ATM (caixas multibanco automáticas) e isso tem custos para o banco, tal como o MB Way tem custos para o banco”, afirmou Pedro Castro e Almeida, em Lisboa, na apresentação dos resultados do primeiro trimestre, tendo repetido várias vezes a crítica a esta isenção nas máquinas multibanco.

Já sobre o sistema de transferências online MB Way, o responsável indicou que o banco passará a cobrar transferências feitas através dessa aplicação (app, em inglês), juntando-se a bancos como BPI e BCP.

Pedro Castro e Almeida indicou que o banco quer que os clientes usem a aplicação do próprio banco para fazerem transferências online e disse que aí o banco vai isentar de custos os clientes que têm uma relação mais ativa com o banco, podendo cobrar no caso daqueles clientes esporádicos acima de determinado limite de transações. Referiu ainda que na aplicação MB Way apenas ficarão isentos os clientes jovens, mercado em que o banco tem apostado, nomeadamente universitários.

Questionado várias vazes sobre o tema MBWay, referiu o mês de julho como aquele em que haverá novidades sobre o tema, mas não avançou o valor que o Santander Totta passará a cobrar por transferências usando a aplicação MB Way.

O MBWay é uma aplicação para telemóveis que permite efetuar compras, pagamentos ou transferências de dinheiro sem ser necessária a utilização física de cartões de débito e de crédito. Foi desenvolvida pela SIBS, empresa detida pelos bancos e gestora da rede multibanco, tendo atualmente mais de 1,25 milhões de utilizadores.

Depois de nos últimos anos este sistema ter sido gratuito, este ano será o primeiro em que o BPI e o BCP passarão a cobrar. Outros bancos deverão seguir-se, fomentando o uso das suas próprias aplicações.

O banco BCP vai cobrar por transferências bancárias feitas por MBWay, a partir de 17 de junho, 1,248 euros (incluindo imposto de selo). Já aos clientes que usem a aplicação do próprio banco serão cobrados 52 cêntimos (incluindo imposto do selo). Ficam isentos desta comissão os clientes do BCP até 23 anos e aqueles que têm pacotes como programa Prestígio, o que, diz fonte oficial do banco, beneficiará “mais de um milhão de clientes, mais de metade do total” dos clientes do BCP.

Já o BPI cobra desde 1 de maio 1,20 euros por transferências que se realizem através da app MB Way. Já na BPI App “o preçário continua isento (0 euros) para todos os clientes BPI”, disse fonte oficial deste banco.

Pela Caixa Geral de Depósitos, fonte oficial afirmou que “a Caixa não está a cobrar comissões de transações em MB Way”, ou seja, está a isentar de taxas este serviço, isto “apesar de já ter há vários meses o valor de 0,20 euros no preçário”. O Novo Banco tem no seu preçário uma cobrança de 15 cêntimos, mas ainda não a pratica, segundo a imprensa.

// Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

    • Mas, a APP é que tem culpa?
      Eu uso sem pagar nada!
      Os espanhóis, mal puseram as mãos no BPI, foram os primeiros a dizer que iriam cobrar taxas no MBWay, agora, outros espanhóis (Santander) seguem o mesmo caminho… é mandar esses bancos dar uma volta, como eu fiz há uns bons anos quando o Santander comprou o Totta…

      • A App MBWAY, pertence à SIBS, que por sua vez é controlada pelos bancos.
        Usas sem pagar nada até teres uma surpresa e descobrires que já te cobram,,,

        • Essa extrapolação não faz qualquer sentido porque senão todos os bancos cobrariam – o que não acontece (até agora só o BPI e o Santander o fazem)!
          No “meu” banco não há dessas surpresas e NUNCA me cobrou nada – muito menos o faria sem me informar!!
          Além disso, eu já falei com eles e disseram-me que não tem qualquer previsão para cobrança de taxas no MBWay.
          É o ActivoBank, onde sou cliente há mais de 10 anos e recomendo.

  1. Obviamente que quando começarem a cobrar vou deixar de usar, é impensável pagar por agora que não representa qualquer tipo de custo e ainda para mais o exagero que é 1.2EUR por cada transacção!

  2. … no Santander Totta haverá algum serviço para clientes que eles não nos cobrem os olhos da cara ?
    Solução, mandar o Banco prós lados … da Laurinhâ.

Responder a Eu! Cancelar resposta

Há 1.400 anos, uma estranha luz vermelha apareceu no Japão (e já sabemos o que era)

O registo mais antigo de um fenómeno astronómico observado no Japão deixou uma marca importante na história japonesa e na literatura clássica. O fenómeno data de 30 de dezembro de 620 e há séculos que …

Cientistas convertem água em combustível solar

Uma equipa de investigadores britânicos usou uma metodologia única que permite transformar água em combustível solar, que pode ser uma solução para energia renovável. Esta metodologia única utilizada por uma equipa de cientistas da Universidade de …

"Em Casa d’Amália": RTP comemora cententário da fadista

A Fundação Amália Rodrigues junta-se à RTP para assinalar o centenário da fadista. O programa Em Casa d’Amália tem estreia marcada para a próxima sexta-feira (10) e reúne várias figuras da música portuguesa da atualidade. O …

Desapareceram 21 milhões de números de telefone na China. Mas o mistério foi resolvido

O porta-voz de uma das três maiores operadoras chinesas confirmou o desaparecimento dos utilizadores, mas deu uma explicação para este mistério. Nos últimos dias, surgiram vários relatos de notícias que davam conta de que, entre janeiro …

Mercadona doa 20 mil quilos de chocolate aos profissionais de saúde e aos mais carenciados

A Mercadona anunciou, esta quarta-feira, a doação de 20 mil quilos de chocolate ao Banco Alimentar Contra a Fome do Porto. O objetivo é proporcionar uma Páscoa mais doce aos mais carenciados e aos que …

"Paciente 1" em Itália recupera (e dá as boas-vindas a Giulia, a sua filha recém-nascida)

Giulia, a filha recém-nascida do "paciente 1" de Itália, veio para trazer alguma esperança ao país, em plena pandemia de covid-19. Mattia, de 38 anos, foi internado no dia 20 de fevereiro no hospital de Codogno, …

Investigadores transformaram o coronavírus em música (e já o podemos ouvir)

Uma equipa de investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) conseguiu transformar em som a estrutura da proteína spike, que permite que o novo coronavírus adira às células para infetá-las. Até agora, já pudemos ver …

Autoeuropa quer recorrer ao lay-off (e retomar produção a 20 de abril)

A administração da Autoeuropa quer promover um regresso gradual ao trabalho a partir de 20 de abril, pretendendo recorrer ao lay-off simplificado para os trabalhadores que não regressem ao trabalho nessa data. “O regresso ao trabalho …

Ex-mulher de astronauta acusada de mentir sobre o "primeiro crime espacial"

A ex-mulher da astronauta da NASA Anne McClain, Summer Worden, foi acusada formalmente de mentir sobre o "crime espacial" que McClain terá cometido. Em agosto de 2019, o jornal norte-americano The New York Times noticiou que …

Em Singapura, os parques de estacionamento são agora quintas urbanas

A pandemia de covid-19 está a obrigar alguns países a adaptarem-se. É o caso de Singapura, que está a transformar os parques de estacionamento em quintas urbanas para aumentar a produção alimentar. Só 1% do território …