Rocha Andrade passa decisões sobre a Galp para Centeno

José Sena Goulão / Lusa

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, está no Parlamento com Mário Centeno e falou sobre a polémica viagem paga pela Galp para jogos da seleção de futebol para dizer que não tomará decisões que envolvam a empresa.

À Comissão de Orçamento e Finanças, Rocha Andrade admitiu que a “repercussão pública” do caso das viagens pagas pela Galp afetaria “a serenidade que deve rodear” as decisões do Governo se estivesse em causa a Galp e o fará remeter eventuais decisões sobre o grupo para o Ministro das Finanças.

“O meu entendimento é que se no exercício das funções vier a ser chamado a decidir sobre qualquer questão de qualquer empresa do grupo Galp, com base no código de processos administrativos, a matéria será remetida para a entidade competente que, neste caso, será o ministro das Finanças”, afirmou Rocha Andrade aos deputados, citado pelo Observador.

O secretário de Estado garantiu ainda que até agora não foi chamado a tomar qualquer decisão sobre a petrolífera.

A decisão surge na sequência do “Galpgate”, quando foi revelado, no início de agosto, que o secretário de Estado viajou a França para ver um jogo da Selecção Nacional a convite da petrolífera, que tem um contencioso fiscal na ordem dos 100 milhões de euros com o Estado português.

A poléica levou o Governo a aprovar um código de conduta para regular as ofertas das empresas a governantes.

Estas declarações ao Parlamento são a primeira vez em que fala publicamente sobre a polémica em que se viu envolvido.

As palavras do secretário do Estado surgiram na sequência de uma pergunta do deputado social-democrata Duarte Pacheco sobre se Centeno mantinha a confiança em Rocha Andrade. Centeno não respondeu à pergunta, passando a palavra ao seu secretário do Estado.

Quando se soube dos convites da Galp, na primeira semana de agosto, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, anunciou ter retirado competências relacionadas com a Galp ao secretário de Estado da Internacionalização, um dos três governantes que foi ver jogos do Euro 2016 a convite da Galp.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pois. É para tuga ver.
    O que ele devia era, pura e simplesmente, demitir-se ou ser afastado. Este caso só veio a público porque alguém deu “com a língua nos dentes” ou alguém espiolhou. Caso contrário não se sabia e o regabofe continuava. Embora me identifique com o partido socialista, estou em desacordo absoluto com este tipo de comportamentos, venham eles de que partido vierem.

RESPONDER

Mais milhões para o SNS. "Reforço" serve sobretudo para pagar dívidas, mas não resolve o "buraco"

O anúncio do Governo do "reforço orçamental" no Serviço Nacional de Saúde (SNS) está a ser encarado com desconfiança pelos Sindicatos e entidades representativas dos profissionais de Saúde que alertam que o dinheiro não vai …

Ativistas do Greenpeace pendurados no edifício da União Europeia

Cerca de 30 ativistas do Greenpeace escalaram esta quinta-feira em protesto o edifício da União Europeia, em Bruxelas, onde decorre o Conselho Europeu e será discutido o combate ao aquecimento global. Depois de chegarem num carro …

"Fui muito feliz". Gaitán admite que gostava de voltar ao Benfica

O internacional argentino, que saiu do Benfica há três anos, admitiu em entrevista que gostava de voltar a jogar pelos encarnados. "Claro que gostaria, fui muito feliz no Benfica, senti-me muito confortável no clube. Mas também …

Harvey Weinstein perto de chegar a acordo de 22 milhões de euros com vítimas

O produtor, acusado de vários casos de abusos sexuais a atrizes e funcionárias, terá chegado a um acordo de 22 milhões de euros com 30 atrizes que o processaram. O acordo exige a aprovação do tribunal …

"A minha militância é já longa, nunca tive padrinhos" na política, diz Miguel Pinto Luz

O candidato à liderança do Partido Social Democrata (PSD), Miguel Pinto Luz, disse que o financiamento para a campanha vem de si próprio e de outros militantes. Afirmou que não recusa apoios de quem quer …

Nu num cavalo branco e de saltos altos. Retrato de Emiliano Zapata gera indignação no México

Centenas de manifestantes invadiram o Palácio de Belas Artes do México, na passada terça-feira, por causa de um retrato do general Emiliano Zapata (1879-1919), considerado um herói revolucionário no país. A obra, pintada pelo artista …

Felipe VI designa Sánchez como candidato a formar o próximo Governo

O Rei de Espanha designou, esta quarta-feira, em Madrid, o secretário-geral do PSOE e primeiro-ministro em funções como candidato a chefe do próximo Governo, anunciou a presidente do Parlamento. "Sua majestade o Rei [...] comunicou-me a …

No Porto, há um painel publicitário que recicla tanto ar como 230 árvores

O painel publicitário da Volvo, instalado na fachada de um prédio entre a Avenida da Boavista e a Rua 5 de Outubro, no Porto, é mais do que publicidade. A tela ajuda a reciclar o …

Governo recua e deixa cair proposta sobre perda de férias em caso de baixa prolongada

O Governo recuou e deixou cair a proposta apresentada aos sindicatos que previa que os funcionários públicos mais antigos que estivessem de baixa prolongada perdessem dias de férias, disse esta quarta-feira o líder da Fesap, …

Marta Temido recusa ser "refém" de Centeno e anuncia maior concentração de Urgências até ao verão de 2020

"Eu nunca me senti refém [de Mário Centeno]. Tenho alguma dificuldade nessa leitura. Este reforço de meios também permitirá injetar mais confiança no sistema e criar respostas. Mas não considero que tenho estado refém do …