Caso Galpgate. Ex-secretários de Estado deverão ser acusados

Miguel A. Lopes / Lusa

Fernando Rocha Andrade

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu não acolher o pedido de suspensão provisória do processo, que envolve três ex-secretários de Estado e o alegado recebimento indevido de viagens da Galp para os jogos do Euro 2016.

Rocha Andrade, João Vasconcelos, Jorge Costa Oliveira e Vitor Escária, ex-assessor do primeiro-ministro António Costa, foram constituídos arguidos pelo crime.

A consequência será uma provável acusação contra os ex-governantes, assim como o prosseguimento da investigação contra Carlos Costa Pina (administrador da Galp e ex-secretário de Estado de José Sócrates), seis responsáveis da Galp e dois presidentes de Câmara, Álvaro Beijinha e Nuno Mascarenhas.

A recusa da juíza Cláudia Pina foi confirmada ao Observador pela desembargadora Amélia Correia de Almeida, presidente do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa. Correia de Almeida esclareceu ainda que a decisão da juíza de instrução criminal “não é recorrível” e que “a consequência é o prosseguimento dos autos” contra os arguidos.

Fonte oficial da Procuradoria-Geral da República confirmou que “no âmbito do inquérito onde se investiga o pagamento pela Galp de viagens, refeições e bilhetes para jogos do Euro 2016, o Ministério Público foi notificado da não concordância da juiz de Instrução Criminal (JIC) com a decisão do MP de suspender provisoriamente o processo em relação a 10 arguidos.

O jornal i noticiou no dia 10 de dezembro que o procurador Pedro Roque, titular dos autos no DIAP de Lisboa, tinha proposto a Rocha Andrade, João Vasconcelos e Jorge Costa Oliveira a suspensão provisória do processo a troco do pagamento de uma coima — cujo valor varia entre os 600 e os 4.500 euros.

Os autos seriam arquivados com o pagamento total da respetiva multa estipulada pelo Ministério Público para cada um dos arguidos. Se os arguidos reincidissem nos mesmos crimes antes do final do pagamento da multa estipulada, poderiam ser acusados.

Estão em causa viagens de avião e bilhetes para ver jogos da Seleção Nacional na fase de grupos e na final que custaram à Galp um valor unitário de 1.040 euros por pessoa para os jogos da primeira fase e 1.710 euros para ver a final do Euro 2016. No total, a Galp investiu mais de 150 mil euros nestes convites.

A polémica instalou-se rapidamente porque a lei que regula os crimes de responsabilidade dos titulares de cargos políticos contém um artigo onde os “recebimentos indevidos” podem dar lugar a penas de prisão que vão de um a cinco anos para os políticos que recebam “vantagem patrimonial ou não patrimonial, que não lhe seja devida”.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Pneumonia viral na China já fez seis vítimas mortais

Subiu para seis o número de mortos na China devido ao vírus de pneumonia que está a assolar o País. Esta terça-feira registaram-se 77 novos casos da misteriosa doença com origem na cidade Wuhan, elevando …

Gil Vicente tem um registo único em Portugal e apenas igualado por "gigantes" europeus

O Gil Vicente é a única equipa imbatível em casa na liga portuguesa. Apenas oito equipas no resto da Europa conseguem equiparar este registo de invencibilidade. O Gil Vicente é a única equipa da Liga NOS …

Governo avança com incentivos à natalidade. Baixas para assistência a filho vão ser pagas a 100%

O Governo vai avançar com novos incentivos à natalidade. Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, avança que as baixas para assistência aos filhos passarão a ser pagas a 100%. Em entrevista ao …

OE2020. Afinal, o risco de incumprimento é "bastante baixo"

O presidente do Eurogrupo e ministro das Finanças de Portugal mostrou-se esta segunda-feira despreocupado com os alertas da Comissão Europeia, afirmando que, enquanto responsável pela elaboração do Orçamento de Estado para 2020, não conta ter …

Claques do Sporting vão passar a estar numa caixa de segurança no Estádio de Alvalade

A partir da próxima época, o Sporting vai colocar todas as suas claques na arquibancada do Estádio de Alvalade e no interior de caixas de segurança. As claques serão assim "despromovidas" do primeiro anel do …

Rui Tavares sentiu "vergonha alheia" durante discurso de Joacine no Congresso do Livre

O fundador do Livre, Rui Tavares, disse ter sentido “a vergonha alheia dos outros” durante o discurso de Joacine Katar Moreira no congresso do fim de semana. Em entrevista ao Diário de Notícias, o fundador do …

Dono de poço onde Julen morreu condenado a um ano de prisão

O juiz do Tribunal de Instrução n.º 9 de Málaga aceitou o acordo alcançado entre os pais de Julen Roselló, o menino de dois anos que morreu depois de cair num poço, e o dono …

Caio Lucas fez escala de seis meses na Luz e deverá regressar aos Emirados

Após pouco mais de meia época no Benfica, Caio Lucas deverá agora ser emprestado ao Al-Sharjah, dos Emirados Árabes Unidos. A cedência do brasileiro vai render 1,5 milhões de euros ao Benfica. Caio Lucas chegou ao …

PGR de Angola admite emitir mandado de captura de Isabel dos Santos

No seguimento das revelações do Luanda Leaks, o procurador-geral de Angola, Hélder Pitta Grós, admite emitir um mandado de captura de Isabel dos Santos. A empresária fala de uma campanha "puramente política". O procurador-geral de Angola …

Wolves quer juntar Nélson Oliveira à armada portuguesa

O Wolves está em negociações com o AEK para a contratação do internacional português Nélson Oliveira. O jogador tem estado em destaque ao serviço do emblema helénico. O Wolverhampton está interessado na contratação do ponta-de-lança português …