Ricardo Salgado terá desviado 4,5 milhões do GES para uma conta da mulher

Mário Cruz / Lusa

Ricardo Salgado, ex-presidente do BES

O Ministério Público acredita que Ricardo Salgado, o ex-presidente do BES, desviou uma verba da ordem dos 4,5 milhões de euros do Grupo Espírito Santo para uma conta da mulher na Suíça.

Este dado é divulgado pelo Correio da Manhã e pelo Observador com base numa carta rogatória enviada pelo Procurador Rosá‭rio Teixeira para as autoridades suíças, no âmbito da Operação Marquês.

Em causa está uma conta da Begolino SA, offshore sediada no Panamá, no banco suíço Lombard Odier. O Ministério Público acredita que esta sociedade pertencerá a Maria João Bastos Salgado, a mulher do ex-banqueiro.

Os 4,5 milhões de euros sob suspeita terão saído do Grupo Espírito Santo (GES) para outro banco suíço, o Pictet, a 22 de Novembro de 2011. Só posteriormente terão sido transferidos para a conta da Begolino SA no Lombard Odier.

“Importa identificar a conta de origem dessa operação, uma vez que se suspeita estarem em causa fundos com origem em contas do próprio GES de que o referido Ricardo Salgado se tenha indevidamente apropriado“, aponta a carta rogatória enviada para a Suíça, conforme cita o CM.

Quem é Pluto 49?

A mesma carta rogatória inclui o pedido às autoridades suíças para a investigação de contas de Henrique Granadeiro e Zeinal Bava, ex-dirigentes da Portugal Telecom, que são suspeitos de terem recebido luvas de Ricardo Salgado, no âmbito da venda da Telefónica.

O MP suspeita que Salgado pagou quase 100 milhões de euros em “luvas” a José Sócrates, Zeinal Bava, Henrique Granadeiro e Armando Vara.

Há ainda, outra conta na Suíça que intriga os investigadores da Operação Marquês e que tem como beneficiária a entidade Pluto 49. Esta conta no Banco Pictet recebeu 450 mil euros do chamado “saco azul” do GES, a Espírito Santo Enterprises, a 20 de Setembro de 2007, conforme aponta o Observador.

“Suspeita-se de que a referida conta tenha como beneficiária uma pessoa da administração do GES ou da Portugal Telecom, representando o pagamento de uma remuneração oculta e indevida“, salienta a carta rogatória citada pelo CM.

Contabilista assumiu “erro” por “lealdade” a Salgado

Entretanto, o antigo contabilista do GES, Francisco Machado da Cruz, disse na quinta-feira, no Tribunal da Concorrência, da Regulação e Supervisão, que assumiu a omissão de 1,3 mil milhões de euros da dívida da Espírito Santo International por “lealdade” a Ricardo Salgado.

A dívida terá sido ocultada em 2008 e foi descoberta em 2013 e o contabilista nota que assumiu o “erro” porque tinha “muita estima” por Ricardo Salgado, conforme refere o Expresso.

“Tive que fazê-lo. Se dissesse que havia omissão da dívida desde 2008 por decisão de Ricardo Salgado, o grupo caía“, notou ainda, citado pelo Jornal de Negócios.

O contabilista também revelou que a decisão de omitir a dívida no sistema informático foi de Ricardo Salgado. “Não fico contente por o dizer, mas tenho que dizer a verdade”, apontou.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

RESPONDER

WhatsApp começa a ganhar relevância nas eleições em Portugal

Uma investigadora do ISCTE atribui muita importância aos grupos que começam agora a surgir no WhatsApp, que "não são uma coisa muito visível", mas "chega às pessoas de uma forma diferente" e "mais personalizada". Ainda …

Avioneta da Força Aérea espanhola cai no Mar Menor. Instrutor de voo e aluna morreram

Um instrutor e uma aluna morreram esta quarta-feira depois de um avioneta da Força Aérea Espanhola ter caído no Mar Menor, perto da localidade de San Javier, na região de Múrcia. As duas vítimas mortais eram …

Rosa Grilo reafirma inocência. Amante nega qualquer envolvimento no crime

A segunda sessão do julgamento foi marcada por contradições da arguida Rosa Grilo, acusada do homicídio do marido, em coautoria com o amante. Segundo a SIC Notícias, nesta segunda sessão do julgamento, no Tribunal de Loures, …

Primeiro debate a seis começou com divergências nas pensões e terminou com carne e peixe

Realizou-se nesta quarta-feira o primeiro debate da campanha eleitoral com todos os líderes dos partidos políticos com assento parlamentar. Transmitido pelas Rádios TSF, Renascença e Antena 1, o debate deixou a nu as divergências ideológicas …

Missão do PPM é alertar para "revolução bolchevique" em Portugal

A missão do Partido Popular Monárquico (PPM) nas eleições legislativas é alertar para "a revolução bolchevique" que está em curso em Portugal, país que corre o risco de se transformar numa Venezuela, segundo o presidente …

Gelado para comer na rua paga mais IVA do que se for para consumir num café

Os gelados estão sujeitos a taxas diferentes de IVA, conforme sejam consumidos num estabelecimento comercial ou se destinem a ser comidos num espaço público. Em causa está a interpretação que o Fisco faz do serviço …

Amigos, amigos, 'Champions' à parte. Ronaldo e Félix encaram-se em duelo lusitano

A primeira jornada da Liga dos Campeões reserva um duelo especial para os portugueses entre o Atlético de Madrid e a Juventus. De lados opostos estarão João Félix e Cristiano Ronaldo. Os portugueses estarão de coração …

Michel Temer usa a palavra "golpe" para falar da destituição de Dilma Rousseff

"Nunca apoiei o golpe e nem fiz nada para que isso acontecesse", disse Michel Temer - que chegou ao poder em 2016, após o processo de destituição de Dilma Rousseff - numa entrevista à emissora …

PGR denuncia irregularidades na investigação ao homicídio de Marielle Franco

Esta terça-feira, a procuradora-geral da República brasileira denunciou irregularidades na investigação do caso do homicídio da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. Raquel Dodge, que concluiu o mandato de dois anos na liderança do …

Juncker: Saída do Reino Unido é "desejável e possível", mas risco de 'no deal' é "muito real"

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, defendeu esta quarta-feira, no Parlamento Europeu, que um acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia (UE) é "desejável e possível", embora tenha reconhecido que o risco …