Restaurantes vão medir temperatura a clientes. Ginásios preparam reabertura (mas com regras)

casadacalcada.com

Fortemente afetados pela pandemia, os restaurantes e ginásios estão a preparar-se para reabrir com medidas excecionais de segurança. O setor da restauração já reuniu com o Governo e os ginásios aguardam luz verde do Executivo de António Costa.

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) reuniu com o Governo para discutir as condições em que o setor de restaurantes e cafés pode voltar a abrir ao público. Na reunião, participou o primeiro-ministro António Costa, o ministro da Economia Pedro Siza Vieira, a secretária de Estado do Turismo Rita Marques e o secretário de Estado da Saúde António Sales.

De acordo com o semanário Expresso, a medição da temperatura corporal, dos trabalhadores e dos clientes, é uma das novas “regras de controlo de entrada” que os restaurantes preparam para o momento de reabertura.

O restaurantes terão de funcionar abaixo da capacidade e cumprir normas de distanciamento social entre as pessoas.

Uma das áreas críticas é a da limpeza e desinfeção. Os restaurantes ficarão sujeitos a vários requisitos desde a preparação e confeção de alimentos, serviço de mesa, self-service de comida e buffets, até às condições em que deverão decorrer as entregas de comida take away.

A AHRESP vincou ainda que será necessário que o Governo apoie o setor na compra de medidores de temperatura corporal, equipamentos de proteção individual e fardamento do pessoal.

As condições da reabertura também envolvem “apoios às empresas, particularmente no que diz respeito à manutenção dos postos de trabalho” e à definição de regras nas áreas da saúde, higiene e segurança para clientes, trabalhadores e instalações”.

A AHRESP preparou um “Guia de Boas Práticas”, detalhando as formas em que os restaurantes e cafés deverão funcionar no momento de reabertura ao nível de organização dos espaços, capacidade máxima, formação específica para trabalhadores e empresários.

O Guia de Boas Práticas vai ser validado pela ASAE, a Direção-Geral de Saúde, a Secretaria de Estado do Turismo e a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT).

Ginásios preparados para reabrir

Os ginásios também se estão a preparar para reabrir e têm um pacote de medidas excecionais que aguarda luz verde do Governo.

Não queremos reabrir sem ter regras de segurança, sabemos que o temos de fazer em condições muito excecionais, somos um setor responsável que tem a saúde como primado”, disse José Carlos Reis, presidente da Associação de Ginásios e Academias de Portugal (AGAP), citado pelo semanário Expresso.

As medidas passam por limitar a permanência dos utentes a uma hora, ter horários específicos para idosos, proibir exercícios a dois, reduzir as aulas de grupo a 45 minutos, salvaguardando espaço de quatro metros quadrados por cada pessoa e com intervalos para arejar e limpar o espaço.

Além disso, os ginásios pretendem baixar para metade a utilização de máquinas nas salas para exercícios de cardiofitness e musculação, pôr gel desinfetante à disposição dos utentes para o aplicarem nas máquinas, restringir os balneários à troca de roupa, interditando os duches e ter cacifos intercalados para as pessoas manterem distância.

A associação defende ainda que as receções dos ginásios devem ter proteções de acrílico ou vidro, além de marcas no chão a definir intervalos de distância que devem ser mantidos entre as pessoas.

Com os clientes confinados em casa, os ginásios viraram-se para as aulas à distância. Apesar de terem conseguido reter o grosso dos clientes com aulas online, os ginásios portugueses preveem este ano uma perda de 60% a 70% nas receitas.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. E vão medir a temperatura antes ou depois da refeição? É que eu já tive alguns jantares em que entrei bem e saí de lá bem acelerado… se é que me entendem 😉

    • gin a abrir 1 de tinto ao jantar 2 macieiras no final

      ó bronco olha que anda ai muito inocente que pensa q isto é mentira.

      agora poe-lhe a atrde toda a beber minis.

  2. Ninguém vai usar um ginásio se não pode tomar duche. Ninguém quer ir trabalhar todo encharcado em suor e a cheirar a cavalo a 10 metros de distância.

    Medida parva. O que é que o coronavírus tem a ver com os duches?

    • É verdade, ninguém ou pouca gente irá ao ginásio se não puder tomar duche. O resto é que era desnecessário e basta pensar um bocadinho, se basta um infetado respirar para existir hipótese de contágio, é fácil de imaginar que num balneário onde se põe a mão em tudo, nas torneiras, nos estrados, nos cabides, cacifos, etc. até alguns têm secador de cabelo que o contágio no banho, antes, durante ou depois é mais do que uma probabilidade pequenina….

      • Discordo completamente. Não frequento ginásio mas frequento piscina. Os balneários serão idênticos. A despir e a vestir não toco praticamente em lado nenhum. Nem nunca tiro os pés dos chinelos. É preciso algum equilíbrio mas não é nada do outro mundo.

  3. Eu acho que os ginásios deviam abrir bem mais tarde. Não tenho qualquer confiança neste momento nos espaços físicos dos ginásios. Ir ao ginásio por uma hora acho pouco, não poder tomar banho, estar sujeita a horários que de certeza vão ser incompatíveis para quem trabalha. Tenho feito aulas online e não me arrependo nem um pouco. Pq posso fazer quando quero, o tempo que eu quiser, estou em segurança estou na minha casa. Posso tomar o neu banho e sento- me vem. No ginásio não sei mesmo com distâncias se está alguem com virus e assintomático. Em casa estou segura. Sei que os ginasios estão a perder receitas. Alugem o material. Já há quem o faça e concordo. Temos que ser preventivos. Não quero uma segunda leva de virus e acho que os ginásios também não. Os ginásios são locais fechados e é dificil controlar o ar que se respira e a transpiração. Pq não se vai com calma. E depois temis que pensar que nem toda a gente que vai ao ginásio tem uma higiene muito correcta. Indo fazer aulas com.as sapatilhas que andam na rua e se tivermos que pôr as mãos no chão como é? Faço flexões levanto desinfecto as mãos? O material é devidamente desinfectado no final do dia? Quem vai controlar quem se desinfecta quando entra no ginasio? Não é só criar distâncias. O material continua lá e nem foda gente o vai desinfectar. Isto é muito confuso. Xontinuem com aulas online assim dessa forma não me importo de pagar. Agora com presença física no ginasio neste momento para mim está fora de questão. Até pq tenho que pensar no resto da familia em casa. Não quero ser eu pq vou ao ginásio contagia- los. Tenham calma. Há outras formas de por agora se fazerem as coisas. Em ginásios com balnearios pequenos o uso de um entrecalado o espaço co tinua a ser diminuto nem meio metro como fazer isso? Não olhem só pelos grandes ginásio há muitos wue são pequenos e essas regras são impensáveis de cumprir. Deve ser feita uma fiscalização e ver quem realmente tem as condições para reabrir.

    • Quando a Tati vai ao supermercado comprar comida ou bens, desinfecta individualmente todo e qualquer objecto que comprou?
      Desinfecta o cabelo, o telefone, a chave do carro, a maneta da porta, e o próprio manipulo do desinfectante.

      A verdade é que é impossível fugir à um vírus desta natureza, mais tarde ou mais cedo, seja numa creche, na via publica, no multibanco, no elevador ou qualquer lugar com o virus, vai contrai-lo, se é que já não o tem ou teve, a melhor estratégia é fortalecer o sistema imunitário.

      Porque só se pode ficar em casa escondido , até o banco a vir penhora-la

    • Penso que não dado que isso iria provocar uma elevação geral da temperatura nos frequentadores masculinos do espaço de restauração… e também nas que jogam do nosso lado… se é que me entendem

  4. Ginasios: enquanto não houver vacina para covid não há regra nenhuma. Não i teresse o espaço. Desço aparelho, as restantes superfícies confinadas, proprio ar e aerossois provocados por ritmo acelarado e respiracao ptofunda, balneareis, etc. Fica la o virys e é uma autentica incubadora. Sempre hoyve negociis que terminam e outeos nem por isso. Talvez agkra apenas com prof. ou treinador pessoal. Compro halteres que guardo de baixo cana e vou correr para ar livre que sempre foi bem melhor. Tomo banho em casa e bué da fixe. Talvez sítio contaminação pior que hospital e farmácia Não vou!

  5. E as piscinas?? Não é mais fácil aí manter a distância de 2 metros? (sem utilizações de balneários)
    E o virus propaga-se na água? Morna ou fria, já que não há problemas no bodyboard e surf?
    E podemos ao menos ir à sauna e ao banho turco? Há já alguns estudos sobre a resistência do vírus a esses ambientes de extremas temperaturas/humidades?
    (e depois podemos tomar duche em casa, (e tirar o “cheiro a cavalo”) pelo menos os que estão em teletrabalho)

RESPONDER

Marinha dos EUA está a desenvolver drones para matar ovos em ninhos de pássaros selvagens

A Marinha norte-americana e a empresa Hitron Technologies uniram esforços para desenvolver um drone autónomo projetado especificamente para procurar e destruir o maior inimigo da Marinha: os pássaros. Os drones, que estão já a ser testados …

Cientistas criam hologramas que se movem pelo ar

Uma equipa de cientistas da Universidade Brigham Young, nos Estados Unidos, conseguiu desenvolver um holograma que projeta imagens em movimento. Se é fã de Star Treck, ficará impressionado com a mais recente inovação. Um grupo de …

Gangue detido por falsificar a especiaria mais cara do mundo

As autoridades espanholas detiveram um gangue que fazia milhões de euros por ano a falsificar a especiaria mais cara do mundo: o açafrão. Os 17 membros da quadrilha foram detidos na região de Castela-Mancha. Os criminosos …

Santuário medieval recebe escultura em pedra que usa máscara contra a covid-19

Uma catedral histórica do Reino Unido renovou um santuário do século XIV, acrescentando um detalhe que coloca em evidência o momento pandémico que o mundo vive. Agora, a nova escultura está a usar uma máscara …

Aos 10 anos, Adewumi chegou à elite mundial do xadrez (e fugiu ao Boko Haram)

Tanitoluwa Adewumi foi perseguido pelo Boko Haram, fugiu da Nigéria e foi sem-abrigo nos Estados Unidos. Agora, com apenas 10 anos, chegou à elite mundial do xadrez. Grande Mestre é um dos títulos vitalícios concedidos pela …

Hegemonia económica da China cada vez mais longe. Queda demográfica coloca Pequim sob pressão

O objetivo do país é tornar-se na maior potência económica do mundo nos próximos anos, mas a corrida pela hegemonia - disputada com os EUA - pode não ser uma meta fácil de alcançar. O …

Miss Universo 2021. Concorrente da Singapura usa roupa com o slogan "Stop Asian Hate"

Bernadette Belle Ong, uma concorrente do Miss Universo 2021, vestiu uma roupa com as cores de Singapura que continha as palavras Stop Asian Hate ("parem com o ódio contra os asiáticos"). Bernadette Belle Ong aproveitou o …

A Índia está a tornar quase impossível a vacinação dos sem-abrigo

A Índia está a dificultar o processo de vacinação dos sem-abrigo, uma vez que o programa requer um número de telemóvel e uma morada residencial. Muitas pessoas não têm nem um, nem outro.  Na Índia, quase …

Violência contra as mulheres é "uma pandemia", alerta ONU

Uma década após a criação da Convenção de Istambul, o marco dos tratados de direitos humanos para acabar com a violência de género, as mulheres enfrentam um ataque global aos seus direitos e segurança, alertaram …

Já se sabe qual a ocasião mais perdida do ano devido à pandemia (e há uma campanha para compensar)

Tomar um café com um amigo ou um familiar é o momento mais perdido do último ano devido à pandemia de covid-19. Nos últimos 12 meses, e em todas as cidades europeias, estima-se ter havido …